Saúde

O que você pode fazer a respeito do coronavírus

Se alguém tossir perto de mim, a pessoa tem o coronavírus? Devo comprar uma máscara? Sair na rua? Estocar comida? Aqui vai tudo que você precisa saber.
28 Fevereiro 2020, 8:01pm
surgeon holding gun
Foto por OSTILL via Getty Images.

O coronavíruschegou no Brasil pra tentar acabar com o Carnaval ao estilo Bolsonaro de roubar a brisa em fim de festa. Enquanto isso, nos EUA, o CDC anunciava na terça-feira que considera a propagação do coronavírus nos EUA mais uma situação de “quando” do que de “se”. Bem, o mundo todo tá surtando, e dada a incompetência dos atuais governos em boa parte do planeta, o desespero surpreende zero pessoas. E tem mais motivos pra se preocupar mesmo: no momento, mais de 82 mil casos de coronavírus foram diagnosticados no mundo, e quase 3 mil pessoas morreram como resultado da infecção.

Apesar das preocupações generalizadas sobre se é preciso estocar máscaras, água e comida pros pets, e/ou evitar totalmente outros humanos, não tem motivo pra entrar em pânico (alguma vez tem?!?). Achamos que podemos responder qualquer dúvida que você tem sobre o coronavírus e seu provável impacto de um jeito que vai te fazer sentir mais seguro, e menos inclinado a fazer cosplay de Contágio, à la Gwyneth.

Devo me preocupar com o coronavírus, tipo, agora, já?

A resposta curta: se você é jovem e saudável no geral, agora, agora, não.

Manchetes e médicos estão usando palavras tensas como “pandemia” e “surto” para caracterizar o vírus, mas o coronavírus está longe de atingir níveis epidêmicos. Uma pandemia é uma doença que infecta pessoas globalmente, enquanto “epidemia” tem a conotação de uma doença que se espalha sem controle. A Organização Mundial de Saúde ainda não declarou o coronavírus uma pandemia (mesmo que o vírus atenda dois de três critérios para uma pandemia, segundo o CDC), o que faria os países lançarem planos que já têm preparados para uma pandemia, porque não está claro se essas estratégias seriam eficientes para controlar a doença. Isso ainda pode acontecer – o vírus, por razões explicadas abaixo, tem se mostrado difícil de conter, mesmo com esforços rigorosos de quarentena. Mas não é hora de construir um bunker, comprar um kit de sobrevivência, ou fazer qualquer coisa mais séria do que o normal que os humanos fazem para continuar saudáveis (ou seja: lavar essas suas mãos imundas!!!).

Eita – uma pessoa do meu lado está tossindo. Ela tem o coronavírus?

Provavelmente não, bicho.

Um médico disse ao New York Times que se afastar de pessoas doentes é outra precaução inteligente. “Se você vê alguém tossindo no ônibus, se afaste”, disse o Dr. Stanley Perlman, especialista em doenças infecciosas e coronavírus da Universidade de Iowa, ao Times. E a gente diz: Stanley, bem-vindo ao mundo real, cara. Tem gente que caga no ônibus. Se incomodar com uma tosse quando já vivemos nessa realidade simplesmente não é prático.

Tosse é um sintoma do coronavírus. E, até agora, muitos casos de coronavírus foram descobertos em pessoas sem sintomas. Se as pessoas ao seu redor (ou você) estão tossindo, é muito mais provável ser uma alergia, gripe ou um humilde resfriado (saque a próxima pergunta). Se você está se sentindo doente, largue esse remédio pra gripe e procure um médico.

É bom tomar uma vacina de gripe se estou preocupado com o coronavírus?

Sim... SIM!!! Mesmo com anos sem preocupações com pandemias globais, você deve tomar a vacina de gripe. É bom pra sua saúde e pra saúde de todo mundo ao seu redor. Mesmo que a taxa de fatalidades da gripe (cerca de 0,1%) seja menor que a do coronavírus (cerca de 2,3%). E a gripe, que é basicamente uma pandemia que acontece todo ano, não recebe a mesma resposta de emergência que o coronavírus atualmente recebe, então é muito mais provável que as pessoas ao seu redor estejam com gripe, e passando isso umas pras outras. Isso é especialmente preocupante junto com a história do coronavírus, porque os dois vírus compartilham sintomas (febre, tosse, dor no corpo e fadiga). Tome sua vacina de gripe, fique em casa se estiver doente, e procure um médico se desenvolver qualquer sintoma.

Preciso de uma máscara médica? Preciso de um traje médico completo?!

Não. Economize seus merréis e não estoque as máscaras médicas com o preço já inflacionado. Você pode ter visto pessoas com máscaras nas fotos de países afetados, mas o CDC não recomenda atualmente que pessoas saudáveis as usem. Mesmo que, até onde a gente sabe, o coronavírus se espalhe como uma doença respiratória – de minúsculas gotas de espirro e tosse, dentro de 1,80 metro de distância – usar máscara só funciona se você trabalha num cenário médico, ou se você está doente (nesse caso, melhor ficar em casa). Estocar máscaras é jogar dinheiro fora e limita a disponibilidade para trabalhadores da saúde que realmente precisam delas.

E, pelo amor de deus, não compre nada sendo vendido como “kit de preparação para pandemia” ou “traje de proteção contra coronavírus”. Enquanto o vírus se espalha, mais e mais pessoas oportunistas vão vender acessórios profissionais para qualquer pessoa que tenha a grana pra comprar. Não precisa se vestir com um macacão estilo Caça-Fantasmas; não seja otário.

Devo mesmo fazer a viagem de férias que planejei este ano?

Se a viagem não é pra China e/ou Coreia do Sul, sim, você ainda pode viajar. Você pode ter ouvido histórias sobre proibição de viagens, mas a maioria dos oficiais de saúde pública não recomendam isso, porque proibição de viagem não funciona. O CDC atualizou a lista de recomendações de viagem para americanos, e só recomenda evitar viagens que não sejam essenciais para a China e Coreia do Sul. Irã, Itália e Japão estão experimentando transmissões continuadas do coronavírus, mas a menos que você ou alguém com quem você esteja viajando seja idoso e/ou tenha uma condição médica séria, não precisa cancelar seus planos de visitar esses países. Navios e companhias aéreas receberam suas próprias diretrizes do CDC para ajudar a minimizar a propagação do vírus. A melhor coisa a fazer é lavar as mãos, e, se você estiver doente, ficar em casa e não embarcar num avião ou navio de cruzeiro, né.

Quem está tendo as infecções mais graves? O coronavírus pode me matar?

Como com a gripe, as pessoas que têm mais chances de ficar doente com coronavírus são os idosos, pessoas com condições médicas preexistentes e sérias, e pessoas tomando imunossupressores. Epidemiologistas alertam que muitas pessoas (talvez a maioria das pessoas) podem pegar o coronavírus, mas muitas dessas infecções podem ser tão leves que serão transmitidas sem sintomas perceptíveis ou necessidade de cuidado médico. (Para ter um contexto, 14% das pessoas que pegam gripe nunca mostram sintomas.) Nenhuma criança morreu de SARS, e até agora, crianças parecem estar sendo poupadas do coronavírus.

A variação na gravidade é parte do motivo para epidemiologistas citarem previsões tão grandes de taxa de infecção (entre 40% e 70%, segundo Marc Lipsitch, professor de epidemiologia de Harvard). Quatorze dos americanos que deram positivo para o vírus no navio de cruzeiro Diamond Princess mais cedo em fevereiro estavam se sentido bem; se as pessoas não se sentem doentes, elas continuam com suas vidas normais, espalhando a doença. E isso não é problema para pessoas jovens saudáveis, mas é pra quem está imunocomprometido.

Preciso raspar a barba pra um cavanhaque ou algo assim?

A menos que você precise usar um respirador (que, como dissemos acima, provavelmente não vai precisar), seus pelos faciais podem continuar intactos. Um gráfico sobre pelos faciais, que o CDC divulgou em 2017 e ressurgiu esta semana, é só para profissionais de saúde que entram em contato direto com pacientes. Se você é médico ou enfermeiro, então sim, dê uma aparada no bigodão para evitar comprometer a superfície selada da sua máscara. Se não é seu caso, então não precisa.

É seguro comer em restaurantes chineses?

Sim! Pelamor! Não seja racista.

Seria bom começar a estocar comida e água? Seria bom estocar maconha?

Nas palavras da pessoa mais inteligente (o que é debatível) do nosso chat em grupo: estocar comida é tipo só fazer mercado, né? Alguns especialistas recomendam estocar comida para alguns dias, ou até algumas semanas, em caso de quarentena – se vai te fazer se sentir melhor, vai lá, mas não precisa sair comprando um engradado inteiro de água mineral no varejão mais próximo. Quanto a estocar maconha... sei lá, né, se você é legal, você já faz isso.

OK, tô mais calmo, mas não sou um leitor muito atento – o que realmente posso fazer pra não ficar doente?

Reiterando: as diretrizes do CDC são superdiretas, e não são muito diferentes do que você normalmente faz pra não pegar gripe. Segundo o site da agência, o melhor a fazer é evitar contato próximo com alguém que tenha coronavírus (der?); manter seu espaço limpo e desinfetar “superfícies e objetos tocados com frequência”; e lavar as mãos regularmente, especialmente depois de usar o banheiro, tossir ou espirrar. Fácil!

O que eu falo pra minha mãe ou pai que continua postando mensagens apocalípticas no grupo da família?

Olha, copie e cole isto daqui:

Oi, mãe/pai! Sei que tem muita gente falando várias coisas sobre o coronavírus agora, mas não estou preocupado, viu, e acho que você também não precisa ficar! Especialistas dizem que, para a maioria das pessoas, o coronavírus não vai ser muito mais intenso que uma infecção respiratória padrão, e os guias de prevenção são bem parecidos com aqueles que você já segue pra não pegar gripe: eles recomendam lavar as mãos com frequência, evitar contato com pessoas que parecem doentes, e não ficar colocando as mãos nos olhos, nariz e boca. É tipo o que você sempre me fala, rs.

Claro, adapte o que for necessário, considerando seu relacionamento com seus pais, mas um conselho sério: não use o emoji chorando de rir. Pais não entendem o que ele significa, e podem achar que você está preocupado.

Boa sorte!

Siga a Hannah e a Katie no Twitter.

Matéria originalmente publicada pela VICE EUA.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.