Publicidade
Noisey

Rica Pancita analisa os lançamentos da sexta #44

As novidades tão top o suficiente para dar um grau de alegria para o trabalhador brasileiro nesta sexta-emenda-de-feriado.

por Rica Pancita do Twitter
08 Setembro 2017, 6:03pm

Fala ae, marechal.

Se você pôde emendar o feriado, parabéns pra você, sinceramente espero que você esteja lendo isso só na segunda-feira, e que tenha passado o feriadão tomando uns goró, dando uns rolê ou dormindo pra caralho (que seria a minha opção). Se você teve que acordar cedinho na sexta pra ir pro trabalho, bem vindo ao meu mundo, Bora ouvir uns sons pra ver se melhora um pouco o dia.

Até porque, surpreendentemente, os lançamentos de hoje deram aquele #up no meu dia. Que eu fui dormir meio "ah mano, num vou ouvir as música não, tudo uma bosta as músicas". Aí cê vai ver e é o que: semana vários top.

Alguns não são top não.

Vem ouvir as top aqui na playlist. Fiz especialmente pra você.

----AS TOP----

Mount Kimbie - Love What Survives
Disco indiezera que gostei bem do que ouvi. Todas as variações de indie lo-fi que pode ter tão aqui. Indie eletronicozinho lo-fi, indie shoegaze lo-fi, indie stereolab lo-fi, etc. É bom de tar ouvindo.

Toby Keith - The Bus Songs
Bom disco de country. Nada de novo, é o country contemporâneo que tá nas mesmas desde os anos 90, mas, ainda assim, bom disco.

Jack Johnson - All The Light Above It Too
Olha que gostei desse disco? Gostei desse disco. O Jack Johnson ainda tem essa vibe de cara que leva o violão pros rolê e começa a tocar sem ninguém pedir ou mesmo desejar ouvir um violão, mas tá umas musiquinha bem gostosinha de ouvir. Bem de trilha de descer a serra e tá tudo nublado e talvez dê merda, mas é o dia que deu pra ir pra praia. Bom disquinho.

Tori Amos - Native Invader
Dividi o disco em duas partes: músicas com piano e músicas sem piano. Músicas com piano eu gostei de praticamente todas, sem piano eu já não gostei tanto assim. Mas tem bastante das de piano, então é um disco bom no fim das contas.

Neil Young - Hitchhiker
Meia hora de folk voz-violão. Se cê tiver afim de ouvir folk voz-violão, aí é uma boa sim. Mas é isso o disco.

Alvvays - Antisocialites
Indie pop tchubaruba com vocal feminino que ó… é legal o disco. Gostei. Indie pop tchubaruba num é bem a minha praia, mas enfim. Tá bom o negocinho.

Weyes Blood - "A Certain Kind" / "Everybody's Talkin'"
"A Certain Kind" é #absurda de linda essa música. Melhor coisa que ouvi essa semana. A outra faixa é linda também, mas não é #absurda de linda. Mas é linda também.

Charlotte Gainsbourg - "Rest"
Apesar de ser um pouquinho mais longa do que precisava, ainda assim é uma música boazinha. Gostei bem da melodia. O vocal gemidinho ASMR já não gostei tanto assim, mas também não é nada que atrapalhe muito.

Godspeed You! Black Emperor - "Anthem for no State, pt. III"
Música de 8min que parece que são 6min só de "introdução". Mas tão bonito o som das guitarras que eu acabo relevando isso. Som top.

Béla Fleck & Abigail Washburn - "Don't Let It Bring You Down"
O Béla Fleck o cara é um guitar hero, só que com o banjo. Eu sinceramente fico #shock com um negócio desses, como o cara é capaz de fazer umas sonzeras com esse banjo aí. É sonzera, inclusive. É bem sonzera.

Zola Jesus - Okovi
Pop bem maneiro. Podia ter #ousado mais, achei que #ousou pouco. Mas tá bem bonito as músicas, estou recomendando esse sim.

----AS BOAS----

The National - Sleep Well Beast
Disco com várias lentinha que em certo momento até pensei: "pô mas podia ter umas animada". Aí veio umas mais animadas e sinceramente era melhor ficar nas lentinha mesmo. O disco é bom mas não me pegou tanto assim. Tá mó sol lá fora pra eu ficar na pegada das lentinha piano-bateria eletrônica-vocal tristinho.

Kelly Clarkson - "Love So Soft"
Popzinho R&B de branco. Cê manja. É esse aí. De ouvir é até ok. Mas é bem manjadão o esquema.

Tove Lo - "Disco Tits"
Legalzinha até. Pop dançante com melodia #segurando no tecladinho. Achei boa.

Waka Flocka Flame - "Rock Paper Scissors"
O cara veio com um EDM-tipo-harlem-shake que eu gostei viu? Até que gostei. EDM dedinho pro alto eu dou valor.

Aviões do Forró - Faz o X
Quatro forrózera bem boas de ouvir. Nada de novo, mas pra mim tudo bem também. Só não tem #aquele hit pro verão.

Steve Martin & Steep Canyon Rangers - "On The Water"
Pelos singles que tá vindo, muito provavelmente eu vou acabar colocando esse disco de folk/americana do Steve Martin nas top 2017. A não ser que caia muito no resto do disco. Mas essa música eu achei legal também, não tanto quanto "Caroline", mas ainda assim gostei.

Lacrimosa - Testimonium
Vô falar que nunca tinha ouvido uma música do Lacrimosa na vida. Pelo menos não que eu lembre. Só via aquelas camisetas com o PALHAÇO TRISTE e pensava:

- Ixi.

Até que é legal esses goth metal? Gostei de umas sim. Mesmo com produção farofenta e tudo. Ouvi e falei "pô, ó, até que é umas. Bumbo duplo pá. Daorinha". É daorinha.

----AS MEDIANAS OK----

Poo Bear & Anitta - "Will I See You"
Bom, provavelmente até o #fechamento da edição quem tava afim de ouvir já ouviu. Se não ouviu é porque não tava afim de ouvir. Dito isso o que eu achei: bem mediana. Bem bossa lounge, milhas distantes do funk com violão do MC Leozinho.

Baco Exu do Blues - Esú
O que eu gostei do disco: samples. Samples samples samples samples, uma pá de samples. Samples bem trabalhadinhos, pega o sample, muda o pitch do samples, faz loop com o sample, toca o terror com o sample. Curto demais samples quando bem feito. O que eu não gostei tanto assim do disco: todo o resto.

Beck - "Up All Night"
Num é de todo mal assim também. Mas não é #aquela beleza. Tem a batidinha animadinha e tudo mais, mas achei muito manjadão a nível de indie rock batida animadinha.

Demi Lovato - "You Don't Do It For Me Anymore"
É daquelas lentinhas que fazem pra mostrar a #técnica #vocal da artista. O tipo de música que só serve pra cantar naqueles American Idol da vida, pra fazer todos aqueles uhhhuuuuhhhHHHHHHHH que dá mais ponto (deve dar mais ponto).

Taylor Swift - "...Ready For It?"
Aconteceu o que eu temia e o segundo single do disco novo da Taylor jááááá não ééééé tããããooo legal assim. Pop de FM que só essa semana teve umas 20 iguais.

Snoop Dogg - "What Is This?"
A ideia era até boa, de meter a base R&B bonitona de fundinho e tal mas parece que nada se encaixa nessa música. O baixo não encaixa com a batida, os efeitos não encaixam com o baixo, os vocais não encaixam com os efeitos, nada encaixa com nada. Provavelmente todos os envolvidos desde a gravação no estúdio até o upload do arquivo no Spotify estavam sob efeito de substância(s). Que substância(s) eu já não sei. Alguma(s).

St. Vincent - "Los Ageless"
Electro que não me interessou muito não. É ok, mas tem melhores aí.

Stereophonics - "Caught By The Wind"
Rockzinho mais ou menos, mas bem melhor do que eu estava esperando (esperava ser uma merda).

Nosaj Thing - Parallels
Eletrônico bem mediano, eu achei. Tem lá seus momentos, mas a maioria é meio monótona mesmo. Num rolou não.

----AS QUE NÃO FICARAM LÁ AQUELA COISA MAS QUEM SOU EU PRA JULGAR NÉ ETC----

U2 - "You're The Best Thing About Me"
Como diria tuiteiro & empreendedor Fransuel Nascimento: pior que receber salário em cheque. Pop rock caído no máximo que dá pra cair o pop rock.

Foo Fighters - "The Line"
Táqueopariu esses pop rock. Outro pop rock. Mais um pop rock. Cê quer ouvir um negocinho pra emendar o feriado numa boa e me vem um pop rock manjadaço e fraquinho.

Kid Rock - "Tennessee Mountain Top"
Aquelas ideia errada dele de fazer meio que southern rock, só que com uns scratches no meio bem modernão. Fica tipo as mais chatas do Bon Jovi (mais o scratch).