Publicidade
Music by VICE

Rica Pancita analisa os lançamentos da sexta #141

É importante almoçar, galera, almoce aí você também, antes que o governo tire esse direito da gente.

por Rica Pancita do Twitter
08 Novembro 2019, 6:15pm

Fala ae tu. Bem? Que bom.

Vem aqui comigo sacar o que que teve de lançamento essa semana. Ou até onde eu conseguir ir, antes de esgotar toda a minha capacidade de análise. O single do Frank Ocean (“In My Room”) que teve aí, por exemplo, quando eu fui ouvir a minha capacidade de raciocínio já desceu o prédio aqui e tá guardando o meu lugar no self-service, porque ainda não almocei. E é importante almoçar, galera, almoce aí você também, antes que o governo tire esse direito da gente.

E é com este importante recado que eu entrego a lista de hoje. Está entregue.

——AS TOP SHOW DA SEMANA—--

Beck - “Dark Places”

Caralho, bateu. Mas bateu demais. A junção do folk do Beck com a produção eletrônica do Pharrell é um negócio que eu nunca pensei no quão daria certo, mas até o momento está mostrando o quão daria certo. Essa faixa tá muito boa, parece um remix do NERD pro Sea Change. As expectativas pro disco acabou indo lá pro teto depois desse single. É bom não me decepcionar.

Rosalía - “A Palé”

Baita som. A produção eletrônica tá muito boa (muito foda). Gravão moendo, a montagem com os samples tá perfeitinha, aí junta com a melodia vocal e fica boa demais demais demais. Top mas muito top mesmo.

Tennis - “Runner”

Som fera. Indie pop eletrônico na moral, suingadinho, tem o momento subida-dedinho-pro-alto, o vocal é muito do bonitinho. Enfim, tá tudo bem montado. Gostei legal.

——AS OUTRAS BOAS DA SEMANA—-

Simply Red - Blue Eyed Soul

Foi um disco muito bom de ouvir. É o Simply Red, é a onda AOR/R&B-de-branco da banda, mas que soa contemporâneo sem ficar cafona. Muito longe do cafona, inclusive. Tudo bem que tem um ou outro ponto baixo (“Chula”), mas a grande maioria é como se fosse um blocão da Alpha FM que eu não conhecesse nenhuma música, mas tudo bem, porque a sequência tá maneira. Num tem um “Stars” né, mas também num dá pra sair um “Stars” todo dia. O disco em si tá bem bom, sim.

Mount Eerie - Lost Wisdom, Pt. 2

É folkzinho com vocal de dueto. E é isso, num tenho muito o que falar, não. Cê quer folkzinho, pá, na moral? Tá aí o folkzinho. Se num quer, aí vai pra outra. Eu gostei, pois é um bom folkzinho.

Best Coast - “For The First Time”

Ó… esperava um pouquinho mais. É um pop-rock que ok, animadinho, muito tchubaruba, vocal bonitinho, mas a melodia é muito simplona. Mas muito muito, de me incomodar um pouquinho. Mas vá lá, ainda é uma música boa. Meio boba, mas boa.

FKA twigs - Magdalene

Eeeeentão… No episódio de hoje de “discos JÁ aclamados pela crítica que eu fui ouvir e ééééé veja beeeem”... Mas num bateu não. Enfim, faz parte. As faixas são muito bem produzidas, que é aquele minimalismo que não é minimalismo, porque tem um monte de camada, um monte de coisinha uma em cima da outra, e o vocal dela é muito muito bom mesmo, vai do ASMR pro agudo longo afinadíssimo com uma tranquilidade que num é fácil não. Aí junta isso tudo numas faixas baladinha eletrônica viajandão, às vezes meio Kate Bush, às vezes meio trip hop, às vezes sei lá. É um bom disco? É um bom disco. Eu gostei? Na primeira audição eu gostei mais ou menos.

——AS MAIS OU MENOS (DA SEMANA)----

Francis Hime - Hoje

Mais sambinhas do Francis Hime, iguais os outros sambinhas do Francis Hime, só que feito agora. Aí tem os problemas de ser feito agora, como chorinho ser trilha de restaurante, como a voz do Francis já ter ido embora já, além de estar totalmente descolado dos tempos atuais, como em “Samba Funk” que, como o próprio nome da faixa diz, é um sambinha. De toda forma é um disco bem produzido, tem aquela limpeza em excesso que me incomoda um pouco, mas que é necessário pro estilo também, porém tem esses negócios aí que eu falei. Alguma faixa aí deve dar pra aproveitar na próxima novela do Maneco (se tiver uma próxima).

Iza - “Evapora”

Mais uma vez temos o Diplo com o Major Lazer pra fazer mais um som qualquer nota com uma artista brasileira. Legal Diplo, que bom. Produçãozinha senso comum total, que ok vai tocar bem nas rádios, mas se jogasse na mão do Rick Bonadio ia sair a mesma coisa também, e sabe qual é o nome disso? Preeeeeeguiiiiçaaaaa. Se liga aí, ô Wesley. Okzinho.

The Chainsmokers - World War Joy… Push My Luck

Num tenho nenhum interesse nessas baladinha pop EDM deles. É os mesmos negócios de sempre, batidinha de violão, dueto, bateria eletrônica muito na moral, putz sempre esse esquema. Ruim não é, mas não tenho muito saco não.

Ozzy Osbourne - “Under the Graveyard”

Bom, sei lá o que vai se esperar de uma música nova a essas alturas do campeonato. Saiu um hard rock bem bobildo, bem simplezinho, sem nada de grandes novidades. Ao menos na gravação o vocal do Ozzy ainda tá nos conformes. Num sei como, mas tá. Mas a música é bem fraquinha.

Tagged:
brasil
lançamentos
Sexta lançamentos por Rica Pancita