Noticias

Boletim Matutino da VICE 16/03/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
16 Março 2020, 11:16am
_dsc8387

Brasil

Bovespa despenca mais de 12% e tem novo 'circuit breaker'

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, abriu em forte queda nesta segunda-feira (16) e teve os negócios interrompidos logo na abertura, em meio a dúvidas nos mercados globais sobre a eficácia das medidas anunciadas pelo Federal Reserve (FED) e outros bancos centrais e temores sobre a dimensão dos impactos da pandemia de coronavírus na economia. Às 10h24, o Ibovespa caía 12,53%, a 72.32 pontos, quando foi acionado o "circuit breaker" - mecanismo da B3 que interrompe as negociações por 30 minutos quando a queda chega a 10%. Esta foi a 5ª vez em 6 pregões que as negociações foram interrompidas na B3. Antes da abertura do pregão, o contrato futuro do Ibovespa já caía 10% abaixo do fechamento do último pregão, já sinalizando que ocorreria um novo "circuit breaker". – G1

Dados do BC mostram que contágio por coronavírus é mais rápido no Brasil, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, conta que ganhou na quarta-feira (11) uma missão política do presidente Jair Bolsonaro: ir ao Congresso para pacificar a relação entre governo e parlamentares. Horas antes, eles haviam derrubado o veto do presidente à ampliação do BPC, benefício ao idoso carente, criando uma despesa adicional anual de R$ 20 bilhões à União. Era uma derrota fragorosa, fruto da disputa em torno do Orçamento impositivo. "Fui ao Congresso naquele dia numa missão eminentemente política. Não fui para apresentar nada sobre coronavírus", diz Guedes. Na reunião, o ministro foi surpreendido por uma informação: projeções do Banco Central mostravam que a velocidade de contágio no Brasil era mais veloz do que em outros países, inclusive China. "Foi alarmante", diz Guedes. – Folha de S. Paulo

Rio de Janeiro registra caso de paciente 'muito grave' com coronavírus

O estado do Rio de Janeiro registrou o primeiro caso de um doente que apresenta estado de saúde muito grave devido à contaminação por coronavírus. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o homem é um médico de 65 anos que está internado em estado gravíssimo num hospital da rede privada da capital fluminense. Não há informações de como ele contraiu o vírus. "Ele apresentou sintomas de febre, tosse, dificuldades respiratórias no dia 11 de março. Não teve histórico de viagem nos 14 dias anteriores ao início dos sintomas e também não teve contato direto com casos confirmados nem suspeitos", informou a pasta em nota. Até agora, foram confirmados oficialmente 24 casos da doença no estado. Mais 95 casos suspeitos estão sendo investigados pelas autoridades sanitárias estaduais. – UOL

Ministério da Saúde vai chamar médicos cubanos para trabalhar na pandemia

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou ontem que médicos cubanos que trabalhavam no programa Mais Médicos serão chamados para ajudar no controle da pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à Globonews, ele acrescentou que o chamado se estenderá para estudantes de medicina a partir do sexto ano e médicos aposentados. Gabbardo explicou que a medida tem como objetivo ajudar a repor parte da mão de obra perdida durante o trabalho, já que os médicos também ficam doentes. Balanço divulgado ne noite de domingo (15) pelo Ministério da Saúde mostrou que o Brasil tem 200 casos oficiais de covid-19. – UOL

Bombeiros do RJ alertam para evitar aglomerações em ronda na capital

O Corpo de Bombeiros do RJ começou nesta segunda-feira (16) a fazer uma ronda com alertas para evitar aglomerações. Em um alto-falante instalado em um carro, um bombeiro repetia a seguinte mensagem: "A Defesa Civil Estadual pede à população que evite aglomerações nas praias. Por favor, para a sua segurança de seus vizinhos, amigos e familiares, volte para casa", afirmou a mensagem. O momento é de conscientização. Faça a sua parte a ajude a prevenir e a controlar o coronavírus. Você sempre conta com os bombeiros. Podemos contar com você?", emendou. O carro parou em praias como a do Recreio, na Zona Oeste, e Vermelha, na Zona Sul. A Praça Cardeal Arcoverde, um dos acessos do metrô para a Praia de Copacabana, também foi um ponto. – G1

Brasil tem atos flopados contra a democracia e a favor de Bolsonaro

Não se sabe se foi o coronavírus, o desencorajamento do presidente em rede nacional ou o cancelamento oficial por parte de seus organizadores, mas os atos pedindo o fechamento do Congresso Nacional e do STF, em apoio a ao presidente Jair Bolsonaro (e, aparentemente, a favor do dólar a R$ 5 e do crescimento do PIB de 1%) foram substancialmente menores do que os realizados em maio de 2019 sob bandeiras parecidas. Em São Paulo apenas um grupo botou um caminhão de som na rua, na frente da FIESP, e teve que se juntar para pagar uma multa (o governo de SP não quis permitir reuniões em virtude da pandemia global de coronavírus), mas, para o bem da saúde pública, teve adesão claramente baixa, segundo o UOL. Em Brasília, onde o ato reuniu 400 pessoas, Bolsonaro ignorou as recomendações do seu próprio ministro da Saúde e saiu de sua quarentena para potencialmente contaminar seus apoiadores cumprimentando-os longamente na frente do Palácio do Alvorada. Além de piadas com o coronavírus, no caminhão de som dos atos em São Luis (MA) e na capital paulista houve declarações de que “ninguém morreu” de coronoavírus, que seria uma “invenção” do governo chinês. Ronaldo Caiado (DEM), governador de Goiás e grande apoiador de Bolsonaro, foi efusivamente vaiado ao lembrar no ato realizado em Goiânia de que qualquer aglomeração em época de Covid-19 é um risco à saúde de todas as pessoas. Uma nova manifestação foi marcada para o dia 31 de março, véspera do aniversário do golpe de 1964 e provável início do pico da pandemia no Brasil.

Protesto a favor de Bolsonaro termina com tiro e briga em São Paulo

Briga e tiro marcam ato pró-governo de Jair Bolsonaro (sem partido) na avenida Paulista neste domingo (15) em SP. Apesar da preocupação com a pandemia do coronavírus, atos miados a favor do presidente aconteceram normalmente por todo o país. Em São Paulo, a manifestação terminou em confusão. Segundo a Folha, uma pessoa foi baleada na confusão. Em um vídeo postado no Twitter, é possível ver o momento em que um homem com a camiseta do Flamengo efetua um disparo em frente ao shopping Center 3. De acordo com a CNN, o atirador é um policial reformado. outro ponto da avenida também teve confusão. Três apoiadores de Bolsonaro agrediram um homem que passava pelo ato. A briga aconteceu na esquina com a rua Frei Caneca, por volta das 18h. Segundo relatos ouvidos pela Ponte, a briga começou quando o homem agredido esbarrou nos três homens de amarelo. Um dos apoiadores do presidente dá um soco no jovem sem camisa que caiu no chão. Eram três contra um. O homem que apanhou revidou o soco. Foi quando os outros dois homens foram para cima, dando socos e chutes. -

Ponte

Brasil tem 200 casos de coronavírus, segundo relatório do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo (15) novo balanço dos casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil: são 200 casos e mais 1.913 suspeitos. No relatório, São Paulo é o estado com o maior número de casos confirmados, com 136. Isso representa 68% de todos os casos no país. O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais casos, com 24. Mais cedo neste domingo (15), o ministério divulgou que eram 176 casos em todo o país. Depois, fez nova atualização, para 191 casos. Em relação ao relatório divulgado no sábado, Amazonas e Sergipe tiveram os primeiros casos confirmados pelo Ministério da Saúde. O Ministério da Saúde informou ainda que nas duas cidades há casos de transmissão comunitária. De acordo com a pasta, os casos de transmissão comunitária são aqueles em que não é possível identificar a trajetória de infecção do vírus.Brasil precisa aumentar em 20% leitos de UTI no SUS por coronavírus, diz entidade. – G1

Brasil precisa aumentar em 20% leitos de UTI no SUS por coronavírus, diz entidade

A associação dos médicos que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva afirma que o Brasil precisa aumentar em 20,2% o total de leitos para adultos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) para garantir o tratamento de pacientes com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O cálculo é baseado em dados divulgados pela Ministério da Saúde e números fornecidos ao G1 pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). O mundo vive uma pandemia do novo coronavírus, o Sars-Cov-2. Foram registrados mais de 142 mil casos em pelo menos 118 países, com mais de 5 mil mortes. As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro já registram a chamada transmissão comunitária, quando não é mais possível rastrear a trajetória dos contágios. – G1

Primeiro paciente confirmado com coronavírus no Brasil está curado

O primeiro paciente brasileiro com coronavírus está curado. O homem, de 61 anos, foi divulgado como primeira vítima do vírus no Brasil no dia 26 de fevereiro. A informação é do coordenador do Centro de Contingência contra a doença em São Paulo, David Uip. O paciente chegou de uma viagem a Turim, norte da Itália, país mais afetado com o vírus após a China. Ele desembarcou bem no Brasil, mas dias depois se sentiu mal e foi diagnosticado com a doença no Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. De acordo com Uip, o rapaz infectou sua irmã e sobrinha antes de ser colocado em quarentena. – Jornal de Brasília

Sobe para 12 número de pessoas que encontraram Bolsonaro e estão com coronavírus

O GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência da República informou neste domingo (15) que quatro integrantes da equipe que serviu de apoio à viagem do presidente Jair Bolsonaro a Miami, nos Estados Unidos, estão infectadas com o novo coronavírus. Com isso, sobe para 12 o número de pessoas que estiveram com Bolsonaro e tiveram resultado positivo para a Covid-19. Também neste domingo, o publicitário Sérgio Lima, responsável pela comunicação da Aliança pelo Brasil, sigla que Bolsonaro quer criar, informou que está com o novo coronavírus. Além de Lima, ao menos outras seis pessoas que estiveram próximas a Bolsonaro durante viagem aos EUA, na semana passada, estão infectadas com o novo coronavírus. – Folha de S. Paulo

Amigos pedem investigação sobre morte do ex-ministro Gustavo Bebianno

A morte do ex-ministro Gustavo Bebianno, aos 56 anos, chocou amigos e parceiros políticos. Lutador de jiu-jitsu desde a juventude, Bebianno não bebia nem fumava e inspirava às pessoas de seu convívio a imagem de uma pessoa saudável, magoada com o presidente Jair Bolsonaro, a quem ajudou a eleger, mas estimulada por seu novo projeto político, a disputa à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PSDB. Por esses motivos, amigos defendem que seja investigada a causa da morte dele na última madrugada em seu sítio em Teresópolis (RJ). As informações são de que ele sofreu um infarto neste sábado (14), por volta das 4 horas. Em 29 de outubro de 2019, o ex-ministro revelou com exclusividade ao Congresso em Foco sua filiação ao PSDB e que temia que Bolsonaro desse um golpe de Estado. Recentemente, Bebianno disse em entrevistas que tinha receio do que poderia lhe acontecer em razão de suas manifestações públicas a respeito do presidente e dos bastidores de sua eleição. O advogado disse a jornalistas e amigos que tinha material guardado no exterior para que fosse revelado após sua morte. – Congresso em Foco

Silas Malafaia diz que não vai fechar igreja por causa do coronavírus

Em seu perfil no Twitter, Silas Malafaia publicou, hoje à tarde, um vídeo para encorajar as pessoas para ir à igreja. E questionou as recomendações de prevenção por causa dos casos do novo coronavírus no país. Durante 15 minutos, o pastor inclusive faz o público repetir uma oração, pedindo a Deus que o vírus não se espalhe pelo Brasil. "Repita essa oração comigo: 'Que esse vírus seja destruído da nossa nação pelo poder do nome de Jesus. Nós te pedimos que esse vírus não consiga fazer desgraça no nosso país'", pregou. O posicionamento gerou críticas na internet. "É hora de evitar aglomeração", tuitou um internauta. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, disse que cuidados básicos devem ser tomados para impedir o avanço do coronavírus. – UOL

Vídeo mostra Edir Macedo dizendo que coronavírus é inofensivo

Um vídeo em que o bispo Edir Macedo aparece endossando um médico que desacredita os alertas sobre a gravidade da disseminação do coronavírus está sendo distribuído em grupos de WhatsApp neste domingo (15). Nele, Macedo diz que tudo não passa de uma estratégia de Satanás e da mídia para induzir as pessoas ao pânico. "Meu amigo e minha amiga, não se preocupe com o coronavírus. Porque essa é a tática, ou mais uma tática, de Satanás. Satanás trabalha com o medo, o pavor. Trabalha com a dúvida. E quando as pessoas ficam apavoradas, com medo, em dúvida, as pessoas ficam fracas, débeis e suscetíveis. Qualquer ventinho que tiver é uma pneumonia para elas", diz Macedo no vídeo que circula na rede social. – Folha de S. Paulo

Praias do Rio ficam cheias apesar do alerta para conter coronavírus

Muitos cariocas e turistas ignoraram o alerta do governo e marcaram grande presença nas praias da cidade neste domingo (15), o último deste verão. Diante da pandemia do coronavírus, a orientação é para que a população evite aglomerações, o que inclui abrir mão do lazer a beira mar. Sob céu claro e sol forte, com a temperatura máxima podendo chegar a 34°C, a Praia de Copacabana, uma das mais famosas do país, estava cheia na manhã deste domingo. Apesar da grande presença de banhistas, no entanto, o movimento era menor que o habitual para um dia típico de verão carioca e havia muitos espaços vazios na areia. Em outras praias da Zona Sul, como o Arpoador, o movimento também foi intenso. – G1

CBF suspende competições nacionais a partir de segunda por coronavírus

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu suspender, a partir desta segunda-feira, dia 16/3, por prazo indeterminado, as competições nacionais sob sua coordenação que estão em andamento: Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. "Sabemos e assumimos a responsabilidade do futebol na luta contra a expansão da COVID-19 no Brasil", afirma o presidente da CBF, Rogério Caboclo. Os jogos do Brasileiro Feminino Série A1 que seriam realizados nesta segunda entre Inter x Flamengo, Santos x Audax e Corinthians x Ferroviária também foram suspensos. Em relação aos campeonatos estaduais, as Federações Estaduais de futebol, entidades organizadoras, terão deliberações específicas para cada competição, sendo respeitada a sua autonomia local. – GloboEsporte

PSOL protocola projeto para anular extinção de órgãos da Fundação Palmares

A bancada do PSOL na Câmara protocolou na quarta (11) um projeto de decreto legislativo para anular a decisão do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, de extinguir sete órgãos colegiados da instituição. O documento aponta que a construção de decisões coletivas é uma “prerrogativa prevista na Constituição Federal” e que com a medida, Camargo pretende “concentrar todo o poder decisório em suas mãos, reduzindo ao máximo a participação da sociedade civil nos processos de formulação de políticas públicas relacionadas à competência da Fundação Cultural Palmares”. Foram extintos por Camargo o Comitê Gestor do Parque Memorial Quilombo dos Palmares; a Comissão Permanente de Tomada de Contas Especial; o Comitê de Governança; o Comitê de Dados Abertos; a Comissão Gestora do Plano de Gestão de Logística Sustentável; a Comissão Especial de Inventário e de Desfazimento de Bens e o Comitê de Segurança da Informação. – Folha de S. Paulo

Patrão mata jovem por conta de R$ 200 e 'esquece' dedo na cena do crime

Um ajudante de pedreiro de 24 anos foi morto a facadas na frente da mãe após reclamar com o patrão sobre atraso de salário em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O criminoso fugiu deixando seu próprio dedo na cena do crime. De acordo com familiares, o jovem Max Santos veio de Propriá, em Sergipe, para trabalhar em busca de condições melhores de vida. Ele atuava como ajudante de pedreiro para um conhecido, que seria vizinho da família. Max teria cobrado o patrão sobre a dívida de R$ 200 por um serviço prestado de pintura. No meio da discussão formada, o patrão teria ameaçado o ajudante, dizendo que iria buscar uma arma para matá-lo. No início da noite deste sábado (14), o homem foi até a residência do ajudante e o golpeou na frente da mãe dele. Segundo a Polícia Militar, o patrão acabou decepando o próprio dedo em um dos golpes. O membro foi deixado no local do crime e o autor fugiu. – G1

Mundo

Homem que assassinou 19 deficientes é condenado à morte no Japão

Um tribunal do Japão condenou, nesta segunda-feira (16), à morte um homem considerado culpado de assassinar 19 pessoas com deficiência mental em 2016, num dos piores massacres da história recente do Japão. Satoshi Uematsu, de 30 anos, reconheceu ser o autor do massacre cometido com arma branca na residência para pessoas com deficiência mental de Sagamihara, na periferia oeste de Tóquio, onde havia trabalhado no passado. "Tirou a vida de 19 pessoas. É extremamente grave", declarou o juiz Kiyoshi Aonuma. "Não cabe a clemência", estimou. A Promotoria havia solicitado a pena de morte. Os advogados de Uematsu afirmaram durante o julgamento que o seu cliente não poderia ser responsabilizado pelo crime pois sofria de "transtornos mentais" no momento dos fatos vinculados ao uso de drogas. – G1

Número de mortos da Itália salta 25% em um dia e chega a 1.809

A Itália registrou 368 novas mortes relacionadas com o novo coronavírus em 24 horas, o que eleva o número de vítimas fatais a 1.809 no país, o mais afetado da Europa, segundo um balanço divulgado neste domingo (15) pela Proteção Civil. Como no sábado (14), o número de infectados também aumentou, com 3.590 novos casos em 24 horas, quase 100 a mais que o aumento do dia anterior, elevando o total a quase 25.000. A região de Milão, na Lombardia (norte), continua sendo a mais afetada, com 1.218 mortos e 13.272 casos. O chefe do instituto nacional de saúde da Itália, Silvio Brusaferro, disse que não se sabe se a Itália está atingindo seu pico e pode começar a ver o número de novos casos diminuir. A Europa tenta estabelecer medidas de proteção ante o avanço da pandemia do novo coronavírus, que já causou 2 mil mortes no continente. – G1

Trump quer comprar vacina do coronavírus de laboratório alemão para ser exclusiva dos EUA

A Alemanha está tentando impedir que um laboratório que está desenvolvendo uma vacina contra o novo coronavírus seja aliciado para transferir suas pesquisas para os EUA. De acordo com a edição deste domingo do jornal Die Welt, o presidente americano, Donald Trump, ofereceu fundos para a transferência da empresa CureVac. A informação foi confirmada neste domingo pelo Ministério da Saúde alemão, que apresentou uma contraproposta para manter a companhia no país. “O governo alemão está muito interessado em garantir que vacinas e substâncias ativas contra o novo coronavírus também sejam desenvolvidas na Alemanhã e na Europa”, afirmou o ministério, segundo o jornal. “Nesse sentido, o governo está em intensa negociação com a companhia CureVac." Procurado pela agência Reuters, uma porta-voz do Ministério da Saúde afirmou que confirmava a reportagem. O ministro do Interior, Horst Seehofer, disse que a questão seria discutida nesta segunda pelo grupo de crise formado pelo governo para lidar com a pandemia. Citando uma fonte anônima, o jornal alemão afirmou que Trump estava tentando garantir o direito exclusivo ao trabalho dos cientistas, e que faria qualquer coisa para conseguir uma vacina para os EUA, “mas apenas para os EUA”. – O Globo

Banco Central dos Estados Unidos corta taxa de juros para quase 0

O Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) promoveu neste domingo (15), após reunião emergencial, um corte de 1 ponto percentual nas taxas de juros do país. Agora, a taxa de juros dos Estados Unidos varia de 0% a 0,25%. Esté o segundo corte em menos de duas semanas. No início de março, o Fed já havia feito uma redução na taxa de juros. Na ocasião, a taxa foi rebaixada em 0,5 ponto, chegando na faixa de 1% a 1,25%. O corte deste domingo é mais uma medida de emergência para ajudar a sustentar a economia dos EUA em meio à pandemia do coronavírus. Pouco depois do anúncio do Federal Reserve, o presidente Americano, Donald Trump, parabenizou a iniciativa, que classificou como "formidável". – G1

Arábia Saudita inunda mercados com petróleo a US$ 25 em meio à disputa com Rússia

A Arábia Saudita está inundando os mercados de petróleo com preços que chegam a US$ 25 por barril, mirando especificamente nas grandes refinarias que utilizam óleo russo na Europa e na Ásia, em uma escalada da guerra com Moscou por fatias de mercado, disseram cinco fontes comerciais nesta sexta-feira. As fontes, que vão de gigantes do petróleo a refinarias que processam a commodity na Europa, afirmaram que a Saudi Aramco, petroleira estatal saudita, disse a eles que fornecerá em abril todos os volumes adicionais requisitados. Antes disso, fontes já haviam dito à Reuters que a Arábia Saudita está buscando ocupar o lugar do petróleo russo comprado por chineses e indianos. Os preços do petróleo recuaram pela metade desde o início do ano, uma vez que a demanda foi afetada pelo coronavírus e o acordo de cortes de produção entre Rússia e Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) entrou em colapso. – UOL

E mais

Membro da Academia Brasileira de Letras Affonso Arinos de Mello morre no Rio

O acadêmico Affonso Arinos de Mello Franco, de 89 anos, sexto ocupante da cadeira 17 da Academia Brasileira de Letras (ABL) morreu, na manhã deste domingo, em casa, no Rio. Affonso Arinos faleceu, por volta das 10h deste domingo. Segundo a família, o acadêmico foi vítima de problemas respiratórios. Detalhes sobre o sepultamento ainda estão sendo definidos. “O embaixador Affonso Arinos de Mello Franco foi um memorialista de águas cristalinas. Dotado de profunda intuição, compreendeu, como poucos, o sentimento do tempo: a longa duração diante da impermanência. Foi também um ensaísta primoroso, arguto e sutil. Escreveu sobre dois amigos notáveis: Vinicius de Moraes e Guimarães Rosa. Affonso foi um historiador atento às raízes do Brasil, com larga erudição, além de profundo italianista. Conhecia bem Dante e Varnhagen, Machado e Manzoni. Perco um amigo querido. Um homem probo e severo. Um grande brasileiro”, afirmou o presidente da ABL, acadêmico Marco Lucchesi. – G1

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter , Instagram e YouTube .