Publicidade
Music by VICE

O clássico do funk "Rap do Silva" completa vinte anos com clipe novo e um filme a caminho

Conversamos com o MC carioca Bob Rum, que falou sobre a atualidade da música e revelou detalhes do docudrama ‘A História de um Silva’, com estreia marcada para o Festival do Rio.

por Eduardo Ribeiro
20 Setembro 2016, 1:00pm

Divulgação

Bob Rum, o lendário funkeiro carioca que ficou conhecido há precisos vinte anos pelo hit dos bailes "Rap do Silva", agilizou um pacote de novidades para celebrar a data. O combinado inclui um videoclipe para a música, um longa-metragem e um álbum comemorativo. O clipe saiu quinta (15) nas redes, e, o trailer, no dia seguinte. Inclusive, olha a fita: o primeiro view do trailer no YouTube foi meu. Entrei no canal do Bob pra ver como tinha ficado o clipe bem no instante em que ele havia colocado o trailer no modo público.

Daí que resolvi ligar pra ele a fim de saber mais do que estava rolando. "Foi até um paulista que fez o clipe, o Julio Piconi", me saudou o artista ao notar que a ligação vinha de São Paulo. E prosseguiu: "Esse clipe entraria ano que vem no filme, mas como o filme já estava ficando muito longo, resolvemos liberar separado, até mesmo para ser um aperitivo do que teremos ano que vem".

Segundo o Bob, a produção foi realizada no começo deste ano como uma forma de acertar as contas com o passado. "Já tentamos fazer clipe para essa música na época, mas sempre acontecia algo que impedia. Junto com o lançamento não deu porque era tudo muito inacessível. Numa outra vez, tempo mais tarde, a proposta não foi aprovada por causa do contexto político conturbado. Acharam que não seria positivo. Aí quando estava se aproximando essa data muito especial de vinte anos, falei: 'pô, é agora ou nunca!'".

O filme não se trata de um roteiro baseado na letra do "Rap do Silva", que fala de um camarada gente fina, amigo e trabalhador, que é morto futilmente a caminho do baile. "Só mais um Silva cuja estrela não brilha", lamenta o refrão. Bob Rum, ele mesmo um Silva, no RG Moisés Osmar da Silva, 47 anos, terá sua vida e obra contada num recorte de docudrama. "Já estamos rodando há três anos e ficou uma coisa linda", conta.

Foda é assistir o clipe, sacar a música depois de todo esse tempo, e se surpreender com a sua atualidade. Perguntado a respeito disso, Bob lamenta-se. "Continuam banalizando a vida, e só Deus mesmo pra nos ajudar nesse mundo perverso em que a gente vive. Infelizmente uma minoria continua tendo o poder de oprimir uma grande maioria".

Em fase de montagem, edição e acertos técnicos finais, A História de Um Silva tem planos de ser lançado junto com o álbum da trilha em 2017, no Festival do Rio, com passagem pela programação de outros festivais do Brasil e exterior, e, no final do ano, entrar em cartaz no circuito. O enredo cruza relatos e depoimentos recontando a história pessoal de Bob, desde a infância, com os eventos de sua carreira artística, assinalando os altos e baixos e com um foco também no caso específico da música "Rap do Silva". Os MCs Buchecha, Catra, Marcinho e Naldo são alguns dos entrevistados.

No meio disso tudo, a narrativa se abre para iluminar contextos culturais de cada passagem, e faz uma viagem no tempo pelo mundo do funk. Bob adianta que podemos contar com imagens maravilhosas dos bailes de antigamente, raridades ao vivo, e um panorama que pega desde o surgimento do ritmo lá fora até os dias de hoje. "É um docudrama bastante abrangente que vai ficar posteriormente até pra estudo", orgulha-se. "Porque foi um pesquisador que fez, um dos cineastas, o Marcelo Gularte. E o cara é um gênio, ele foi buscar coisas de lá do primeiro DJ que existiu no Brasil, uma coisa de louco. Está tudo inserido nesse filme".

O pacote comemorativo se completa com o relançamento do livro Era Só Mais Um Silva, que saiu em 2015, mas vai ganhar uma nova edição. "Estamos tentando uma editora maior, pra dar mais visibilidade. Com certeza o filme vai trazer tudo isso à toa", aposta Bob Rum.

O Bob Rum está no Facebook, no Instagram e no SoundCloud

Siga o THUMP nas redes: Facebook // Twitter // SoundCloud