Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE - 17/10/2019

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
17 Outubro 2019, 1:37pm

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil 

Brasil

PSL tem noite de bagunça na Câmara e talvez Dudu seja o novo líder na Casa

A ala de deputados capitaneada por Jair Bolsonaro (PSL) se mobilizou na noite desta quarta (16) para trocar o líder do partido na Câmara e teve êxito. Em meio às tensões na bancada, 27 dos 53 parlamentares protocolaram um pedido para destituir o atual líder, Delegado Waldir (PSL-GO), e substituí-lo por Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A movimentação teve interferência direta do presidente da República, que chegou a ter um áudio vazado de uma conversa com parlamentares. Minutos após a lista protocolada por Vitor Hugo, aliados de Bivar foram à Secretaria-Geral protocolar outro documento. Essa segunda lista tinha 32 assinaturas defendendo Waldir como líder do PSL, e não Eduardo Bolsonaro. "Vai haver uma checagem da assinaturas [pela Câmara], na sequência passa-se à chancela do presidente da Câmara e o secretário da Mesa [Diretora] dá ciência para todo mundo", disse o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO). – UOL

'Tem que manter isso, viu?': juiz absolve Michel Temer da acusação de obstruir Justiça

O juiz Marcos Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, absolveu nesta quarta-feira (16) o ex-presidente Michel Temer da acusação de embaraço a investigação de organização criminosa, a chamada obstrução de Justiça. Cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), com sede em Brasília, e o Ministério Público avaliará se vai recorrer. Temer foi denunciado em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em razão de uma conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, do grupo J&F. Segundo Janot, a fala de Temer “tem que manter isso, viu?” era uma tentativa de silenciar o operador Lúcio Funaro e o ex-deputado Eduardo Cunha, presos na Lava Jato. O ex-presidente sempre negou a acusação. – G1
Ex-assessor que denunciou 'rachadinha' do Carteiro Reaça passou réveillon com Bolsonaro e filhos
Conhecido como “Carioca de Suzano”, Alexandre Junqueira frequentava até pouco tempo atrás o círculo mais próximo da família Bolsonaro. O que o incluiu até na restrita festa de réveillon que o presidente Jair Bolsonaro promoveu na Granja do Torto na virada de 2018 para 2019, horas antes da posse. Junqueira denunciou ao Ministério Público de São Paulo que o deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP)), conhecido como "Carteiro Reaça", comandava a prática de "rachadinha" em seu gabinete na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Junqueira foi contratado como assessor de Gil Diniz e afirma ter ouvido do próprio deputado que teria que devolver parte de seus vencimentos. – O Globo

Ministério da Educação demite secretário de regulação do ensino superior particular

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, demitiu o titular da secretaria responsável pela regulação e supervisão do ensino superior privado, Ataide Alves. Por cuidar de autorizações de faculdades particulares, o cargo é alvo de forte assédio do setor empresarial e de políticos. Essa é a segunda baixa na equipe de alto escalão montada pelo próprio Weintraub. Em maio, ele havia demitido o delegado Elmer Vicenzi da presidência do Inep. A saída estaria ligada a descontentamentos do ministro e de empresários do setor privado de ensino superior com o ritmo de credenciamentos e outros andamentos da subpasta. Weintraub já declarou que o MEC enxerga o setor privado como prioridade para a expansão de vagas. – Folha de S. Paulo

Witzel propõe fechar acesso a favelas para combater roubo de cargas no Rio

Um plano de combate ao roubo de cargas anunciado nesta quarta (16) pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) propõe fechar acessos a comunidades na região metropolitana do estado. O governador acumula medidas polêmicas para refrear a crise na segurança pública do estado. A iniciativa, prevista para o começo de 2020, se inspira no projeto Segurança Presente e agirá em "corredores das estradas e acessos onde tem entrada do roubo de cargas nas comunidades", disse Witzel. Ela "vai praticamente zerar e reduzir muito o dinheiro que financia o tráfico de armas e de drogas no nosso estado", continuou. – Folha de S. Paulo

Deputado do PSL cria projeto de lei para criminalizar estilos musicais 'ofensivos'

O deputado federal Charlles Evangelista (PSL-MG) criou projeto de lei que pretende criminalizar "qualquer estilo musical que contenha expressões pejorativas ou ofensivas". Na descrição do projeto, o deputado mira o conteúdo explícito de letras que incentivem "o uso e o tráfico de drogas e armas; a prática de pornografia, a pedofilia ou estupro; ofensas à imagem da mulher; e o ódio à polícia." "Desse modo, a criminalização de estilos musicais nesse sentido seria uma forma de garantir a saúde mental das famílias e principalmente de crianças e adolescentes que ainda não têm o discernimento necessário para diferenciar o real do imaginário", diz um dos trechos do PL. – UOL

Diferença de rendimentos entre pobres e ricos no Brasil é recorde, aponta IBGE

O rendimento médio mensal obtido com trabalho do 1% mais rico da população brasileira atingiu, em 2018, o equivalente a 33,8 vezes o ganho obtido pelos 50% mais pobres. No topo, o rendimento médio foi de R$ 27.744; na metade mais pobre, de R$ 820. A diferença entre os rendimentos obtidos pelo 1% mais rico e dos 50% mais pobres no ano passado é recorde na série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua do IBGE, iniciada em 2012. A desigualdade aumentou porque o rendimento real do trabalho da metade mais pobre caiu ou subiu bem menos do que o dos mais ricos, sobretudo nos últimos anos. – Folha de S. Paulo

Buscas por sobreviventes do prédio que desabou em Fortaleza chegam ao terceiro dia

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luis Eduardo Holanda, confirmou mais uma morte em decorrência do desabamento do Edificío Andrea, em Fortaleza. O corpo foi retirado da área dos escombros por volta das 6h40 desta quinta-feira (17), terceiro dia seguido de buscas. Segundo o coronel, o corpo é de um homem, mas ainda não há identificação da vítima. Até o momento havia 4 mortos e 7 resgatados com vida, segundo o comando do Corpo de Bombeiros. Pelo menos 6 pessoas estão desaparecidas sob os escombros. Mais de 300 profissionais trabalham no local dos escombros do prédio. – G1

Justiça de MG autoriza epiléptico a plantar maconha no quintal

O TJ-MG autorizou que um paciente epiléptico plante Cannabis para o uso medicinal em casa do composto canabidiol. É a primeira vez que o tribunal decide nesta direção. Os advogados Henrique Torres e Leonardo Campos Lima afirmam que o cliente teve a importação do canabidiol custeada pelo Estado apenas uma vez e, “no desespero”, deu início ao plantio. Na decisão, o desembargador Dirceu Walace Baroni pondera “o fato de o paciente não ostentar qualquer tipo de passagem policial, sem olvidar seu estado clínico”. Além disso, o autor da ação já tem autorização para importar a substância. – Folha de S. Paulo

Vídeo mostra assaltante beijando idosa durante roubo no Piauí: ‘não quero seu dinheiro’

Durante um assalto na tarde dessa terça-feira (15) a um estabelecimento comercial, uma idosa, cliente da loja em Amarante, a 160 km de Teresina (PI), chegou a oferecer seu dinheiro ao autor do crime, que recusou dando um beijo na testa da mulher. A ação foi registrada em vídeo pelas câmeras de segurança. “Eles anunciaram o roubo, pediram para o meu funcionário passar todo o dinheiro, aí ela estava perto e quis dar o dinheiro dela também, mas ele disse que não precisava. Deu um beijo nela e disse: ‘não, senhora, pode ficar sossegada, não quero seu dinheiro’”, relatou o proprietário do comércio, Samuel Almeida. – G1

Mundo

Reino Unido e União Europeia chegam a um acordo sobre o Brexit

O Reino Unido e a União Europeia chegaram a um novo acordo sobre o Brexit, anunciaram na manhã desta quinta-feira (17) o premiê britânico, Boris Johnson, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, após uma maratona de negociações para evitar um divórcio sem acordo. "Temos um ótimo novo acordo. Agora o parlamento deve concluir o Brexit no sábado, para que possamos passar para outras prioridades, como o custo de vida, o [combate] ao crime violento e [a defesa do] meio ambiente", declarou Boris Johnson em uma rede social. "Onde há vontade, há acordo. Nós temos um! É um acordo justo e equilibrado para a UE e o Reino Unido. Recomendo ao Conselho Europeu que respalde este acordo", afirmou Juncker no Twitter. – G1

MP da Espanha pede oito anos de cana para brasileiro detido com cocaína na comitiva presidencial

A promotoria da Espanha pediu oito anos de prisão ao militar brasileiro Manoel Silva Rodrigues, que entrou no país com cocaína durante viagem da comitiva presidencial ao encontro do G-20, ocorrido no Japão em junho. A denúncia diz que o militar foi flagrado com 37 pacotes retangulares de cocaína, que, juntos, somavam 37 kg. Até então, a informação era de que os policiais prenderam 39 kg. Além dos oito anos de prisão, a promotoria pede que Rodrigues pague multa de 4 milhões de euros – mais de R$ 18 milhões. Manoel Silva Rodrigues, sargento da Aeronáutica, foi preso em Sevilha em 25 de junho com cocaína na bagagem. – G1

E mais

Vereador Zico cria projeto de lei para proibir uso de VAR em partidas de futebol no Rio

O vereador Zico (PTB-RJ) quer proibir o uso do árbitro de vídeo em partidas organizadas pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Um projeto de Lei de sua autoria publicado hoje do Diário Oficial da Câmara Municipal propõem que a arbitragem não tenha qualquer contato com vídeos durante os jogos e estipula uma multa de R$ 250 mil para quem descumprir a norma. O valor arrecadado deve ser destinado para o Fundo Municipal de Defesa do Consumidor. A justificativa para suspender o uso da tecnologia seria o fato do VAR "não estar contribuindo para a melhora do futebol, apesar de ser uma tecnologia muito cara". – Extra

Tagged:
Cannabis
cocaina
Michel Temer
PSL
Boletim Matutino
Dudu Bolsonaro