Fotos

Curtindo o carnaval dentro de um cassino paraguaio

Jogatina, fio dental, dinheiro, álcool e samba paraguaio no pé.

por Débora Lopes; fotos por Ale Ruaro
04 Fevereiro 2016, 7:01pm

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Quão inusitado é estar dentro de um cassino no Paraguai torrando uma grana e, de repente, notar a presença de uma bateria de escola de samba e passistas usando fio dental? Essa cena foi vivida pelo fotógrafo gaúcho Ale Ruaro, que escolheu o clássico preto e branco para fazer seus registros.

Foto: Ale Ruaro

Depois de muita conversa e café preto com a dona do American, cassino em Ciudad del Este, Ruaro foi convidado para ir à aguardada festa de carnaval, que aconteceu na última semana de janeiro. Ele levou a câmera, óbvio. "O problema é que as pessoas não querem ser fotografadas", relata o artista. "Não é um cassino turístico que as pessoas vão pra conhecer. É meio deprimente. Elas não querem se expor." Por isso, o momento de levantar a câmera e apertar o botão era sempre discreto.

Foto: Ale Ruaro

É ainda mais curioso pensar que a escola de samba que se apresentava no dia, a Batuk Franco, é originalmente paraguaia. E o negócio foi animado. Tanto que um ou outro cliente se arriscou a dar uma sambada. Ainda assim, o clima não era propício para fotografar. Ale acredita que as pessoas não entenderiam que o que ele estava fazendo lá era um trabalho puramente autoral. "Elas acham que é jornalismo, que é denúncia. Acham que vão parar na capa dum jornal jogando no cassino."

Calma, galera, é só carnaval.

Veja mais imagens abaixo. Se quiser sacar outras fotos do Ale Ruaro, visite o site dele.

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro

Foto: Ale Ruaro