Como apagar seu perfil no Facebook sem perder as coisas que importam

Compilamos as melhores táticas para você cortar o laço com a rede de Zuckerberg sem qualquer pingo de arrependimento.

|
mar 21 2018, 5:23pm

Crédito : Shutterstock

Penso em excluir meu perfil no Facebook há anos, mas sempre que estou prestes a fazer isso, arrumo alguma desculpa de que tal feito seria impossível. Precisaria manter o perfil para manter contato com amigos e família, precisaria pra não ficar por fora das notícias. Precisaria por causa de meu emprego e também para validar minha existência em um fluxo de engajamento constante.

Tudo isso resultou em um longo vai-e-vem com a plataforma, com momentos em que desativava meu perfil por semanas ou meses e depois voltava com o rabinho entre as pernas. Há pouco, porém, me ocorreu que eu não usava ou mesmo pensava no Facebook há mais de seis meses, então surgiu toda a polêmica em torno da Cambridge Analytica, que revelou a facilidade com que sua quantia gigantesca de dados de usuários é usada erroneamente. Parecia uma boa hora pra finalmente dar cabo da minha conta na rede.

Mesmo que você não dê a mínima para ter seus dados pessoais vendidos a terceiros que, por sua vez, poderiam manipular uma eleição ao usá-los, há diversos outros motivos para abandonar o barco. Diversas pesquisas sugerem que o uso do Facebook nos deprime. Há momentos, inclusive, em que o próprio Facebook nos deprime de propósito. Além disso, a rede é um vetor de notícias falsas. O Facebook estimula o genocídio e o racismo. Você já passa cerca de 50 minutos diários na rede, mas a empresa quer mais ainda do seu tempo. O Facebook é uma mina de ouro para hackers. O Facebook é o sonho de todo perseguidor. O Facebook domina as mídias digitais.

Excluir seu Facebook pode ser uma boa forma de retomar o controle de seus dados na rede, melhorar sua saúde mental ou mesmo de melhor aproveitar seu tempo, mas também cabe admitir que dar cabo de seu perfil é um privilégio que não é encarado como uma opção realista para muitos no mundo. Mesmo com tantas desvantagens, a plataforma se tornou uma ferramenta indispensável para muitos e a empresa ao menos tentou consertar alguns de seus problemas: pediu aos seus usuários para que denunciem notícias falsas, baniu redes de anúncios dadas à prática de spam. O Facebook também deu início a um projeto automatizado de detecção de revenge porn e criou um algoritmo para detectar usuários suicidas. Ainda assim, muitos sentem que a gigante das redes sociais não fez o suficiente para consertar de fato a plataforma — incluindo Mark Zuckerberg.

Por mais que haja um forte argumento aqui para lutar em prol de reformas no Facebook no lugar de sua completa abolição, não há porque você não se livrar de sua conta enquanto ajuda a melhorá-lo para os usuários que dependem dele.

O Facebook facilita o processo de desativação de uma conta, o que pode ser feito com uns poucos cliques, mas deletá-la pode ser um saco se você não sabe bem o que está fazendo. Eis então uma guia para deixar o Facebook de vez:

DESATIVAR OU EXCLUIR?

Primeiro é preciso determinar se quer desativar ou excluir sua conta.

Desativar basicamente te desloga e torna seu perfil invisível até que você logue na rede novamente. Seus amigos ainda poderão ver as mensagens que você mandou, mas não poderão entrar em contato a não ser que você tenha optado por manter o Messenger em funcionamento no seu celular. Para reativar sua conta, basta logar no Facebook novamente e tudo estará ali como você deixou.

Excluir sua conta, porém, tornará seu perfil inacessível para sempre. Seus amigos ainda poderão ver as mensagens enviadas e postagens em grupos continuarão no ar, mas todos seus comentários, atualizações, fotos e tudo mais armazenado em sua conta sumirá dos servidores do Facebook ao longo de 90 dias.

Cabe mencionar, porém, que apagar seu perfil não remove seus dados de quaisquer serviços de terceiros que possam estar conectadas a este perfil. Em suma: você teria que entrar em contato com cada um destes individualmente e solicitar que removam seus dados, coisa que não são obrigados a fazer já que você concedeu acesso previamente. Excluir seu perfil também pode levar a perda do acesso de apps os quais se inscreveu via Facebook, como o Tinder. Por mais que seja possível criar um novo perfil no Tinder sem o Facebook, você não terá mais acesso ao perfil antigo.

Só vai

RECOLHENDO OS CACOS

Se você é como eu, boa parte da última década da sua vida muito provavelmente está ali no seu perfil do Facebook. A hora de pular fora chegou, mas você não quer deixar todas aquelas fotos pra lá ou perder contato com seus amigos e/ou aquela pessoa que você viu uma única vez naquele lugar lá.

Felizmente, há diversas maneiras de “recolher” as fotos de seus álbuns no Facebook. Eu usei uma extensão no Chrome chamada ‘ DownAlbum’, que facilita e muito baixar fotos e vídeos assim que você aprende lidar com a sua interface. O plugin baixa seus álbuns do Facebook como se fossem páginas da web e as salva no seu HD para que possa continuar as acessando mesmo após ter deletado seu perfil.

O próximo passo é avisar seus amigos que está deixando a plataforma, o que parece muito mais chato do que realmente é. Provavelmente você nem fala com a maioria do seus ‘amigos’ no Facebook, então este processo pode envolver o envio de algumas mensagens para as pessoas com quem se quer manter contato. Outra opção é fazer uma postagem pedindo os contatos de geral.

Se você insiste em mandar por conta própria seus contatos para todos os seus 5.420 amigos do Facebook, isso também não é nada complicado. A plataforma não facilita o envio de mensagens em massa de forma a prevenir spam, mas tudo tem um jeitinho. Basta criar uma nova mensagem e digitar ‘a’, dar enter e repetir o processo, assim que acabarem seus amigos cujo nome inclui um ‘a’, basta fazer o mesmo com ‘e’ e o resto das vocais, logo você terá uma mensagem destinada a cada um de seus amigos.

Você encontra seus posts de ‘Grupos’ na esquerda, logo abaixo do ‘Registro de Atividades’. Crédito: Daniel Oberhaus

Agora é hora de darmos uma olhada nas postagens que não serão apagadas junto com seu perfil. Isso inclui todos os posts que não estão armazenados no seu perfil, caso de postagens em grupos. O Facebook mantém um registro de todas as suas postagens, que podem ser vistas no campo ‘Registro de atividades’ no menu do canto superior direito de seu perfil. Para ver apenas seus posts em grupos, basta clicar em ‘Grupos’ na barra à esquerda.

Infelizmente, o Facebook não oferece nenhuma forma simples de excluir postagens de seu registro de atividades em grandes números, nos levando a duas opções que não são lá grandes coisas. É possível verificar postagem por postagem, deletando uma a uma, o que funciona se você não era muito ativo em grupos ou quer só apagar alguns posts em especial. Agora se você era um cara muito ativo dentro da comunidade furry e quer dar fim nisso aí, rapaz, a coisa complica.

O Facebook te enviará uma cópia de todo o seu registro de atividades, caso você queira. Crédito: Daniel Oberhaus/Motherboard

Há códigos especializados que verificam seu registro automaticamente e apagam as coisas pra você. Eu experimentei o Absterge, em conjunto com o GreaseMonkey (uma extensão do Mozilla que permite ao usuários personalizarem sites com alguns códigos), mas achei o processo bem lento, além de travar constantemente, o que me obrigava a ficar de olho no código pra sacar se ainda estava rodando. Se tem alguma outra opção melhor, não encontrei.

Por fim, caso queira uma cópia de todos os seus dados do Facebook, você pode checar na seção ‘Geral’ um link para baixar uma cópia de tudo. E por tudo quero dizer postagens que você compartilhou, mensagens trocadas com amigos e informações postadas na seção ‘Sobre’ do seu perfil – um arquivo de todo seu registro de atividades. Pode demorar um pouquinho pro Facebook compilar toda essa informação, então certifique-se de ter tempo livre em mãos ou planeje-se de forma a não usar o Facebook durante o processo de compilação.

DESLOGUE, DE VEZ

Após salvar suas fotos e dar tchauzinho pro seus amigues, é hora de deslogar de uma vez. Essa parte é moleza, só ir até

https://www.facebook.com/help/delete_account

e clicar em ‘Excluir Minha Conta’. Mas se liga: ao clicar ali, você terá 14 dias para logar na sua conta de novo e mudar de ideia. Passado esse período, a conta fica inacessível. Após o clique, porém, pode ficar tranquilo que boa parte das suas pegadas digitais no Facebook se foram. Só restam mesmo dados que não estavam armazenados na sua conta, caso das mensagens trocadas com amigos.

Agora que você se livrou oficialmente do Facebook, cabe a você decidir o que fazer com essa liberdade. Talvez você leia um livro ou se dedique a lutar contra a censura na internet. Talvez você vá ao sites de notícias que ama e os ajude a ficar de pé. Talvez você mande uma carta aos políticos exigindo que eles punam empresas de redes sociais pelo que rola em suas plataformas.

Ou quem sabe você só acabe logando em outra rede social e nem perceba a diferença.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal MOTHERBOARD .
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .

Mais VICE
Canais VICE