Publicidade
Entretenimento

Conheça 'Dick Run Claire', a mulher que desenha pintos usando aplicativos de corrida

Claire correu em dezenas de rotas lembrando pênis de vários formatos e tamanhos.

por Gavin Butler; Traduzido por Marina Schnoor
21 Janeiro 2019, 9:00am

Imagem via @dick_run_claire.

Há pouco mais de três anos, Claire vem correndo ruas em formato de pintos. A mulher de 33 anos de Nova Jersey, nos EUA, começou essa história por acaso no Dia de Ação de Graças de 2015, quando estava visitando o irmão em Kansas City. Ela saiu para correr e se perdeu. Claire acabou achando o caminho de volta ao traçar uma rota indireta pelas ruas do leste da cidade. Ao olhar o rastreador do GPS, porém, ela notou uma coisa: o caminho que ela fez lembrava perfeitamente o contorno de um falo ereto – com bolas e tudo. Sem saber, Claire tinha corrido seu primeiro pinto. E assim nasceu @dick_run_claire.

Claire's first ever dick run
A primeira "corrida de pinto" de Claire. Imagens fornecidas pela entrevistada.

“Adoro procurar rotas de corrida de pênis”, Claire me disse por e-mail. “Acho que eu deveria aparece naquele programa Meu Vício Estranho... Mas honestamente, adoro correr: é meu jeito favorito de me exercitar – e desenhar uma piroca gigante pela cidade é só um bônus.”

A página de Claire no Instagram está cheia de bengas de todos os tamanhos e formatos: pintos longos, pintos curtos, pintos grossos, pintos finos. Alguns deles são detalhados com veias, bolas enrugadas ou com uma mão segurando o membro. E todos eles foram “desenhados” por meio de circuitos de corrida cuidadosamente pensados por Claire. Com os anos de experiência, ela se tornou uma autoproclamada “mestre” em achar pênis em um mapa.

“Sempre planejo a corrida de pênis e sigo a rota que salvei no meu celular”, ela diz. “Na verdade é bem difícil – especialmente rotas mais detalhadas, como as que têm mãos – e a pior coisa é quando me distraio correndo, perco uma curva e estrago o desenho todo. Aí tenho que voltar e fazer tudo de novo outro dia.”

É um hobby exigenteesse negócio de correr pintos: especialmente quando você considera o amplo portfólio da Claire. Felizmente, parece que tem um mercado para esse tipo de coisa. No momento, o Instagram @dick_run_claire tem um pouco menos de 10 mil seguidores.

“Tenho uns três amigos da vida real no Instagram, e um dos meus seguidores é o meu cachorro”, ela admite. “Então basicamente todas as outras pessoas estão ali para ver as corridas de pinto”.

Parece que tem alguma coisa num desenho tosco de um membro que atrai as pessoas. Mas um artista nunca deve descansar sobre seus louros, e Claire recentemente vem expandindo seus horizontes criativos para incluir “corridas de boceta”.

Claire diz que vem tentando aperfeiçoar as corridas de boceta “DESDE SEMPRE”, mas tinha dificuldade de mapeá-las corretamente. Como ela aponta: “Não tem muitas ruas que convergem num formato de vagina”. Aí, em julho do ano passado, ela realizou sua visão – e desde então criou muitas outras. Agora “todo mundo está pedindo peitos”.

Desde aquela Ação de Graças em Kansas City, Claire vem lentamente transformando as corridas de pênis numa fenômeno global. Pessoas do mundo inteiro estão mandando screenshots de suas próprias rotas fálicas “toda hora”, ela diz – o que a fez imaginar “quantas estradas de pênis existem no mundo?” E vale mencionar que Claire não é amadora. A maior corrida de pinto dela foi de incríveis 22,5 quilômetros – em algum lugar de Vermont enquanto ela treinava para uma maratona – e agora ela está tentando “desenhar um pinto em cada um dos 50 estados americanos”.

E ela também quer encorajar todo mundo a dar uma chance ao esporte. “É divertido planejar as corridas e sair por aí em dias que de outro jeito eu pularia a corrida”, ela diz. “E você pode correr em qualquer lugar. Nos sistemas de rede das cidades é fácil pensar num desenho, mas os melhores são em cidades e bairros menores. Você só precisa olhar atentamente.”

Algumas rotas, ela acrescenta, já foram traçadas antes. “Quando elas têm algum detalhe incrível, não consigo deixar de pensar que o comitê de planejamento urbano da cidade colocou aquele pinto no sistema de ruas. Honestamente, às vezes o desenho é tão detalhado e óbvio que acho que alguém fez de propósito.”

Siga o Gavin no Twitter e Instagram.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tagged:
penis
esportes
mapa
corrida