Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE 17/01/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
17 Janeiro 2020, 1:44pm

Brasil

Secretário de Cultura faz discurso nazista e depois diz que frase de Goebbles é "perfeita"

O secretário especial de Cultura Roberto Alvim, subordinado ao investigado ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio, publicou nas redes sociais da Secult um vídeo digno de vilão de filme do James Bond para anunciar o Prêmio Nacional das Artes (que promete milhões de reais para ÓPERAS produzidas no país). Ao lado de uma Cruz de Caravaca (utilizada por católicos como símbolo da chamada “Reconquista” da Península Ibérica), embalado ao som do compositor favorito do nazismo Richard Wagner, o secretário não se furtou em repetir com grande precisão o trecho dum discurso proferido pelo ministro da Propaganda de Adolf Hitler Joseph Goebbels em 8 de maio de 1933, dois dias antes da queima de livros promovida em Berlim pelo Partido Nazista alemão. "A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande pathos e igualmente imperativa e vinculante, ou será nada", diz o trecho do discurso do nazista tungado por Alvim do livro “Joseph Goebbels: Uma Biografia”, de Peter Longerich. Além de agitar o Twitter na noite desta quinta-feira (16), com direito a pedido de demissão por gente como o cineasta olavete Josias Teófilo, o vídeo assanhou as cadelinhas do fascismo pátrio e, claro, rendeu ao secretário mais um espacinho no rol da infâmia que é o nosso humilde boletim. – O Globo

ATUALIZAÇÃO: Depois de muita grita, vindo inclusive da extrema-direita (e também muito nazista saindo do armário nas redes sociais), Bolsonaro finalmente decidiu demitir Alvim - Estadão

Acuado por denúncias contra Secom, Bolsonaro pede penico e chora: ‘deixem nosso governo em paz’

Durante a solenidade de passagem de comando da Operação Acolhida que ocorreu no Palácio do Planalto na tarde, o presidente Jair Bolsonaro disse com voz de choro para a imprensa “tomar vergonha na cara”. “Essa imprensa que está me olhando, não tomarei nenhum medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara. Deixem nosso governo em paz, para levar harmonia ao nosso povo.” Momentos antes, Bolsonaro respondeu com agressividade ao ser questionado pela Folha sobre a revelação de que o chefe da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República), Fabio Wajngarten, possui uma empresa que recebe dinheiro de emissoras e agências de publicidade contratadas pelo governo. "Você está falando da tua mãe?", reagiu Bolsonaro ao responder se tinha conhecimento dos contratos assinados pela FW Comunicação e Marketing, da qual Wajngarten tem 95% das cotas. – Folha de S. Paulo

Bolsonaro diz não ser 'contra o canabidiol', mas não quer plantação de maconha

O presidente Jair Bolsonaro falou, na manhã desta quinta-feira (16), sobre a indicação do contra-almirante da Marinha, Antônio Barra Torres, para o cargo de presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Na ocasião, o mandatário elogiou o trabalho de Barra, que também é médico, na liberação do uso de canabidiol para tratamentos médicos, em dezembro do ano passado, e disse não ser contrário a essa utilização. "Não sou contra o uso do canabidiol para tratamentos, mas se não fosse a participação do Barra de forma direta na licença do uso do cannabis, talvez o Brasil hoje seria um produtor legal da maconha", disse. – Pleno News


Assista ao nosso doc "A legalização da cannabis no Brasil"


Casos de violência contra jornalistas no Brasil crescem mais de 50% entre 2018 e 2019

Um relatório da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) aponta que o número de casos de violência contra veículos de comunicação e jornalistas subiu 54,07% de 2018 para 2019. Foram registrados 208 casos contra 135 no período de comparação. Entre os 208 registros, 114 foram de "descredibilização" da imprensa e 94 de agressões diretas a profissionais. O documento, ‘Relatório da Violência contra Jornalistas e liberdade de imprensa', é anual e foi divulgado nesta quinta-feira (16), no Sindicato dos Jornalistas, no Rio de Janeiro. Segundo o levantamento, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) foi responsável - sozinho - por 121 desses ataques (58,17%). O relatório diz que cinco dos ataques do presidente foram agressões verbais diretas a jornalistas durante entrevistas que não foram reproduzidas no site do Palácio do Planalto. – G1

Relatora de CPI cogita quebrar sigilo de contas de WhatsApp da eleição 2018

A relatora da CPI das Fake News no Congresso, deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), afirma que a comissão irá encaminhar para perícia da PF (Polícia Federal) os números telefônicos apontados como maiores disparadores de mensagens irregulares de WhatsApp nas eleições de 2018. Após a análise de informações fornecidas pelo WhatsApp aos parlamentares, foi possível peneirar os números suspeitos e chegar aos 24 maiores disseminadores de mensagens que de alguma forma ferem a lei eleitoral. O conteúdo ainda é desconhecido. Com a perícia da PF, a CPI pode ter material que motive uma votação entre os parlamentares para determinar a quebra de sigilo destes 24 números de telefone e chegar possivelmente aos autores dos disparos, para então tipificar de fato os crimes e determinar punições, se for o caso. – UOL

Governo tira poder da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos

O governo publicou nesta quinta-feira (16) novas regras de funcionamento da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos. Entre outras medidas, retirou dela o poder de emitir atestados de óbito. O texto determina que “só serão iniciados procedimentos administrativos de busca e localização de mortos e desaparecidos políticos mediante solicitação expressa de pessoas legitimadas pela lei como cônjuges e parentes até o quarto grau, observados os prazos legais”. A ex-presidente da Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos Eugênia Augusta Gonzaga Fávero disse que sempre foi dever do Estado tomar a iniciativa de procurar e entregar os corpos de desaparecidos políticos. Ela afirmou que, se aplicado o novo regimento, não há mais como as famílias fazerem novos pedidos de busca do corpo. – G1

Toffoli suspende portaria de Moro com regras para atuação da PRF em operações

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quinta-feira (16) uma portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública que estabelece regras para a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações policiais conjuntas. O texto foi assinado em outubro passado, pelo ministro Sergio Moro, e trata de operações com outras forças de segurança em rodovias federais e outras “áreas de interesse da União”. A decisão liminar (provisória) atende a pedido da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, feito em dezembro. Na decisão, Toffoli afirmou que decidiu de forma monocrática porque os argumentos apresentados demonstram a “relevância do caso e o risco de atuação ilegítima da Polícia Rodoviária Federal em áreas de interesse da União, fazendo as vezes da Polícia Federal”. – G1

Cúpula da PGR nomeia amigos para cargos sem concurso no órgão

Empossada em setembro, a nova gestão da PGR (Procuradoria-Geral da República) nomeou pessoas com vínculos com a sua cúpula para cargos comissionados no órgão. De outubro a dezembro, foram contratados, sem concurso público, pelo menos três pessoas ligadas ao procurador-geral da República, Augusto Aras, e ao novo secretário-geral do MPU (Ministério Público da União), Eitel Santiago. Uma delas é Ana Laura Pires de Sá Espinola, que advogou em processos com o pai do procurador-geral, o advogado Roque Aras, na Bahia. Ana Laura estava morando no estado da Paraíba, até ser contratada como secretária executiva no gabinete de Aras para receber R$ 12.940. – UOL

MEC recebe e não usa mais de R$ 1 bilhão recuperado na Lava Jato

Apesar de o governo Jair Bolsonaro alardear o direcionamento dos recursos recuperados pela Operação Lava Jato para a educação, o ministro Abraham Weintraub não usou o dinheiro destinado às ações de educação básica. O fundo, de R$ 2,6 bilhões, foi alvo de disputa e acabou tendo os recursos destinados à educação e à preservação ambiental, divididos entre sete ministérios. Apesar de ter recebido a maior fatia, acima de R$ 1 bilhão, Weintraub foi o único que não deu finalidade à verba —o ministro nem sequer empenhou o recurso. O empenho é a primeira etapa da execução do orçamento público e garantiria que os recursos seriam de fato aplicados na educação básica, mesmo que futuramente. – Folha de S. Paulo

Nível dos reservatórios de hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste é o menor desde 2015

Os reservatórios de hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste registram o mais baixo armazenamento de água para esta época do ano desde 2015, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). As duas regiões abrigam as usinas responsáveis pela maior parte da geração hidrelétrica do Brasil. Em 14 de janeiro, os reservatórios registravam armazenamento médio de 21,05%. Em janeiro de 2015, neste mesmo dia, eles estavam com 18,94%, na média. Já em janeiro de 2019, no mesmo dia, o nível médio nessas hidrelétricas era de 28,52%. Menos água nos reservatórios das hidrelétricas significa mais acionamento de térmicas e energia mais cara. Segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, a preocupação hoje é com o custo que pode acabar na conta dos consumidores. – G1

Joice chama Bolsonaro de "botequeiro de 5ª categoria" e se diz arrependida

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cometeu "estelionato eleitoral" e o chamou de "botequeiro de quinta categoria", durante entrevista concedida à rádio CBN. A parlamentar também admitiu o seu "arrependimento" no apoio dado a Bolsonaro. "Eu fui, de fato, traída. Fui traída não por deixar a liderança. Isso é uma besteira. A traição foi na promessa de mudança, na promessa de que seria diferente. Então, sim, eu me sinto traída porque acreditei em algo que não está acontecendo. Eu acreditei em algo que caminha para ser um 'estelionato eleitoral'. Mais um, como foi a Dilma, como foi o Lula. Nesse ponto, eu me arrependo profundamente", afirmou ela, em tom de desabafo. – UOL

ANTT publica nova tabela do frete, com reajuste que varia de 11% a 15%

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estabeleceu novas regras para cobrança do frete rodoviário em resolução publicada nesta quinta-feira, 16. Entre elas, está a obrigação do pagamento do chamado frete retorno para os caminhoneiros. Além disso, a resolução também determina novos valores para cálculo do frete. Com as alterações, o valor do piso mínimo no país sofreu um reajuste que varia de 11% a 15%, de acordo com o tipo de carga e operação. Os valores de itens, como pneu e manutenção dos caminhões, também foram atualizados. As novas regras entram em vigor na próxima segunda-feira, 20. Demanda dos caminhoneiros, a nova regra vale para situações em que a regulamentação do setor proíbe que o caminhoneiro retorne transportando um novo tipo de carga. Isso ocorre, por exemplo, com um caminhão que transporta combustível e não pode voltar com outro tipo de carga. – UOL


PM arrasta mulheres pelos cabelos e não deixa ato do MPL sair em SP


A Polícia Militar do Estado de São Paulo, comandada pelo governador João Doria (PSDB), agrediu manifestantes no terceiro ato contra o aumento no valor das tarifas do transporte público, puxado pelo MPL (Movimento Passe Livre) nesta quinta-feira (16/1). Os policiais puxaram uma manifestante pelos cabelos e outra pelo pescoço enquanto as prendia na Praça da República, centro da cidade de São Paulo. A tropa ainda prendeu ao menos 10 manifestantes. A Ponte flagrou o momento em que dois policiais homens iniciaram a ação ao dar golpes de mata-leão em duas garotas que seguravam a faixa do protesto. Os PMs as escolheram aleatoriamente. Com a agressão, as pessoas se revoltaram e tentaram interromper os golpes. Em meio à tentativa, a ativista Andreza Delgado, do MPL e PerifaCon, também acabou agredida. – Ponte


MG informa quarta morte suspeita de intoxicação por cerveja da Backer

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou, no início da noite de hoje, que quatro pessoas morreram sob suspeita de intoxicação por dietilenoglicol, uma substância identificada em cervejas da marca Backer. A fabricante afirma que não emprega esse componente em sua linha de produção, mas um similar (monoetilenoglicol) no processo de resfriamento dos tanques. Professores afirmam que uma substância pode se transformar em outra por reações químicas. A secretaria contabiliza 18 casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol. "Foram notificados 18 casos suspeitos de intoxicação exógena por Dietilenoglicol. Desses, 16 pessoas são do sexo masculino e duas do feminino. Quatro casos foram confirmados e os 14 restantes continuam sob investigação, uma vez que apresentaram sinais e sintomas com relato de exposição", informou a pasta. – UOL


Pai que não permitiu aborto de filha grávida aos dez anos é achado morto no Acre


O pai da menina que engravidou aos dez anos foi encontrado morto dentro de casa, na manhã desta quinta-feira (16), no município de Tarauacá, no interior do Acre. O delegado Valdinei Soares, que investiga o caso, disse que foi suicídio. De acordo com Soares, o pai era um dos investigados no caso e já tinha sido ouvido duas vezes pela polícia. "Ele negou os fatos e disse que estava disposto a fazer o exame de DNA e estava esperando essa questão. Para mim, foi uma surpresa ele aparecer morto", afirmou. A menina chegou a ser levada pelo pai à maternidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, para fazer um aborto, mas ele não autorizou a interrupção da gravidez. – G1


Ponte é destruída para impedir agentes do Ibama, PM e Bombeiros de retornar de operação no PA


Policiais militares, agentes ambientais e bombeiros foram impedidos de deixar a comunidade Vila Mocotó, que fica na região Assuriní, entre Senador José Porfírio e Anapu, sudoeste do Pará. Os agentes estavam em uma operação para fechar dois postos de combustíveis clandestinos. Não houve prisão. Após negociação, as autoridades já conseguiram sair do local. Cerca de cinco mil litros de combustível foram apreendidos. Os agentes estavam retornando a Altamira, no início da tarde desta quinta (16), quando foram surpreendidos pela presença de pessoas que queimaram uma ponte e bloquearam vias que dão acesso ao distrito, para impedir a retirada do combustível apreendido nos locais alvos da operação. – G1


Facções criminosas invadem áreas indígenas no Ceará e recrutam índios para o crime

A Associação para Desenvolvimento Local Coproduzido (Adelco), entidade que atua em defesa dos direitos dos índios e do meio ambiente, e uma liderança indígena relatam que facções criminosas estão ocupando áreas habitadas por índios no Ceará. O grupo organizado tenta, segundo os relatos, ampliar a região de alcance do tráfico de drogas e recrutar índios para suas organizações. As denúncias falam da existência de, pelo menos, quatro etnias ameaçadas por esses grupos criminosos, tanto na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quanto no Litoral Oeste do Ceará. A facção vêm disputando territórios no Ceará desde 2015. A liderança indígena que faz a denúncia já foi incluída no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos (PPDDH). – G1


Hospital em Minas recomenda uso de peças íntimas claras e funcionárias protestam


Funcionárias do Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, montaram ontem uma manifestação contra uma recomendação da gerência. Uma imagem que Universa teve acesso mostra o texto, que sugere que os funcionários dessem preferência às roupas íntimas lisas e de "tons claros". Uma ex-funcionária do hospital, que preferiu não se identificar, disse para Universa que a norma entrou em vigor nas últimas semanas e não houve uma justificativa plausível sobre o motivo da recomendação. "Os uniformes são verde-escuro, então não haveria a necessidade de usar roupas íntimas claras", diz a enfermeira, que trabalhou na instituição por dois anos. O protesto, que aconteceu nesta quarta-feira (15) em frente ao hospital, contou com um "varal de calcinhas" que ficou estendido na frente da unidade localizada na região centro-sul da capital mineira. – UOL


Projeto cria calendário ilustrado para lembrar homens de lavarem a rola


Não é só em novembro que o homem precisa ser protagonista de sua saúde íntima a fim de se evitar o câncer. E para reforçar isso, um projeto chamado Lave o Dito-Cujo, lançado no Instagram, publica diariamente um lembrete bem-humorado com diferentes ilustrações de pênis. A ideia é publicar 365 posts até o fim de 2020. A ação, de iniciativa do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), é para conscientizar sobre a importância da higiene na prevenção ao câncer na piroca. Cada ilustração diária é publicada com um nome popular de pinto e uma mensagem de alerta sobre a doença. – Catraca Livre


Cocaína com foto de 'La Casa de Papel' é apreendida com traficantes em PE


Agentes do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) prenderam, em flagrante, dois homens suspeitos de tráfico de drogas. Junto com eles, estavam quatro tabletes de cocaína estilizados — três deles com rótulos da máscara do pintor Salvador Dalí, utilizada pelos personagens da série espanhola La Casa de Papel, disponível na Netflix. O caso aconteceu no final de noite dessa quarta-feira (15), em Petrolina, no Sertão do estado. A equipe da PMPE realizava uma operação de combate a crimes contra taxistas e motoristas de aplicativos na cidade sertaneja, quando notou os dois homens em atitude suspeita dentro de um táxi. – Correio Braziliense


Loja não oficial da Xiaomi confirma fim da operação e não entrega celulares vendidos


Uma loja on-line de venda de celulares chamada MiStore Brasil — que apesar de ter o nome das lojas da Xiaomi, não tem vínculo oficial com a gigante chinesa — confirmou o fim das operações nesta quinta-feira (16), em nota oficial. Diversos consumidores, que adquiriram produtos pelo site desde a Black Friday, ainda estão sem receber os smartphones e encontram dificuldades para conseguir reaver o dinheiro gasto na loja. A MiStore Brasil está com mais de 150 reclamações no site Reclame Aqui e um grupo no Telegram, criado no dia 9 para reunir pessoas que não receberam os produtos, já tem quase 200 membros. – G1


Mundo


PIB da China tem crescimento mais baixo em 29 anos


No ano passado, a economia da China cresceu no seu ritmo mais lento desde 1990, enquanto a taxa de natalidade do país caiu ao nível mais baixo da história, destacando os desafios domésticos que Pequim enfrenta apesar de uma trégua em sua guerra comercial com os Estados Unidos. O PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 6,1% em 2019, dentro as expectativas de analistas, mas também revelando uma economia sob a pressão de gastos fracos dos consumidores, desemprego crescente e problemas no sistema bancário. O crescimento entre outubro e dezembro chegou a 6%, abaixo do que alguns economistas esperavam. O Escritório Nacional de Estatística da China disse na manhã de sexta-feira (17) que a economia chinesa "manteve o impulso geral" durante um período difícil, mas alertou para os riscos de "problemas estruturais, sistemáticos e cíclicos dentro de casa". – Folha de S. Paulo


EUA cogitam enviar imigrantes brasileiros irregulares para o México


O Departamento de Segurança Doméstica dos EUA cogita enviar brasileiros que entraram de forma ilegal no país de volta ao México enquanto eles aguardam o desfecho de seus processos judiciais de imigração. As deliberações —segundo informações de dois oficiais, um americano e um mexicano— ocorrem após uma alta no número de brasileiros que viajam até a fronteira terrestre entre EUA e México para pedir asilo às autoridades americanas. O governo de Donald Trump também analisa o envio dos brasileiros a outros países. Se o plano for executado, os imigrantes podem ser deportados para o México sob o programa conhecido como Protocolos de Proteção a Migrantes. Mais de 57 mil não mexicanos já foram devolvidos ao território do país latino desde que a política foi lançada, há cerca de um ano, segundo o Departamento de Segurança Doméstica (DHS, na sigla em inglês). – Folha de S. Paulo


Protestos no Chile derrubam apoio a Piñera a 6%, menor desde a ditadura


Os protestos que atingiram o Chile nos últimos meses derrubaram a 6% a aprovação ao governo do presidente Sebastián Piñera, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira (16). A pesquisa do Centro de Estudos Públicos (CEP) mostrou que o apoio ao presidente conservador caiu 19 pontos ante levantamentos anteriores, enquanto a rejeição subiu 32 pontos percentuais e chegou a 82%. "Esta é a pior avaliação que teve um presidente desde o retorno à democracia", disse Ricardo González, coordenador de Opinião Pública do CEP. O resultado relativo ao presidente se soma ao acentuado declínio generalizado na confiança nas instituições, com quedas superiores a 10 pontos entre serviços de segurança e militares. – G1


E mais


Morre aos 91 anos o compositor e radialista Luiz Vieira


O cantor, compositor e radialista Luiz Vieira morreu nesta quinta-feira (16), aos 91 anos. Ele estava internado na Casa de Saúde José, na Zona Sul do Rio, para onde foi levado após passar mal, em casa, na noite de ontem. Ao GLOBO, Eurídice Pereira, casada há 30 anos com Vieira, conta que ele já vinha apresentando a saúde fragilizada. Depois de passar a noite internado, ele teve uma parada cardíaca e morreu às 7h30 desta quinta-feira. Autor de sucessos como "Prelúdio para ninar gente grande (Menino passarinho)", "Paz do meu amor" e "A voz do povo", Luiz Vieira nasceu em Caruaru (PE), mas se mudou para o Rio de Janeiro ainda criança. Foi criado pelo avô em Alcântara, no município de São Gonçalo, e na década de 1940 começou a se apresentar como crooner em bares da Lapa. Tornou-se "príncipe do baião" durante sua passagem pela Rádio Tamoio, quando se apresentou ao lado de Luiz Gonzaga no programa "Salve o baião". – O Globo

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter , Instagram e YouTube .

Tagged:
brasil