Publicidade
Esta história tem mais de 5 anos de idade.
Outros

Peitos e Bundas de Classe

Paradis é uma das nossas revistas preferidas. Ela lembra os tempos áureos das publicações sofisticadas, de quando era bacana misturar coisas inteligentes com pornô artístico para pessoas cabeça.

por DARYOUSH HAJ-NAJAFI
12 Janeiro 2010, 12:51pm

Paradis é uma das nossas revistas preferidas. Ela lembra os tempos áureos das publicações sofisticadas, de quando era bacana misturar coisas inteligentes com pornô artístico para pessoas cabeça. Mas eles preferem chamá-la de "erótica", o que não significa que não tenha um monte de nus classudos (Raquel Zimmerman e Charlotte Rampling foram fotografadas no Louvre) e entrevistas detalhadas com personalidades do mundo da ciência tal como Albert Hofman e o cara que inventou a pílula, e perfis de 10.000 palavras de pessoas como Sir Norman Foster e Damien Hirst.

A Revista Paradis foi lançada em 2006 e é publicada mais ou menos duas vezes por ano com edições inglesa e francesa. A qualidade é de altíssimo padrão: A última edição tem capa dura. Ela é feita pelo elegante diretor de arte Thomas Lenthal e pelo Jonathan Wingfield, que é editor da bacanérrima revista de moda francesa Numéro. Nós estamos tão fascinados pela quinta edição (aquela com a capa dura) que de forma nada intencional chamamos Jonathan pra dizer, "Nós gostamos de você!", o nos leva a isto:

Vice: A Paradis parece um pouco com aquelas primeiras edições da Playboy que os editores mais fodões adoravam. Você vê isso como parte de uma retomada dos tempos em que se misturava o pornô com intelectualidade?
Jonathan:
Bom, ela é erótica. Playboy era ótima e vendia milhões, mas a revista francesa Lui era tão importante quanto. Existe um ciclo. Antes das mulheres encontrarem uma voz nos anos 80, as pessoas politizavam peitos e bundas fazendo ensaios de fotos baseados em tropas de choque e Hitler. De certa maneira, as coisas estão voltando para isto.

O quão difícil foi conseguir fazer um ensaio de nu no Louvre?
A princípio havia uma resistência do museu em relação as fotos de Jurgen Teller, mas observe ao redor do Louvre, é rodeado de lindos quadros de mulheres nuas. Nós não estamos fazendo nada de novo. Veja a história da arte. Tem pessoas que nos procuram e pedem para posarem nuas e tablóides pedem nossa autorização para publicarem nossas fotos, mas publicidade em tablóides não é a nossa meta.

Vocês, às vezes, produzem editoriais extremamente longos. Você acha que há uma contenção dessas grandes produções ultimamente porque a internet domina a vida da maioria das pessoas?
Bom, nós temos uma ideologia jornalística, podemos fazer um matéria de 45 páginas sobre David Hockney. Quando a Playboy fez o Lennon e o Muhammed Ali, eles fizeram quatro entrevistas separadas com eles para concluir uma. Se matéria levar um ano para ser escrita, por nós tudo bem. Gostamos de nos aprofundar e cobrir os fatos de uma maneira mais extrema; é uma tentativa de fazer o melhor sempre, não somente de preencher a página.

Tagged:
Porno
erotismo
Vice Blog
Daryoush Haj-Najafi
Revista Paradis