Sexo

10 perguntas que você sempre quis fazer para um casal que não transou antes do casamento

“Decidimos esperar até para beijar. Beijos são poderosos e uma coisa leva a outra, e queríamos evitar isso.”
24 Janeiro 2020, 10:00am
casal resolveu esperar
O casal na foto não é o Stefan e a Sarah  (Foto via)

Sarah (21 anos) e Stefan (25) são estudantes de Graz, Áustria, que decidiram esperar para fazer sexo só depois do casamento e realmente conseguiram. O casal começou a namorar em 2013, mas só fez sexo depois de casamento, no verão de 2015. Conversei com eles sobre amor, os limites da intimidade e seus momentos de fraqueza.

VICE: Como vocês se conheceram?

Sarah: Na verdade nos conhecemos quase a vida inteira.

Stefan: A gente sempre se trombava em eventos da igreja, desde pequenos. Namoramos por um ano e meio até casar.

Sarah: Tivemos outros relacionamentos antes de ficarmos juntos. Da última vez que estávamos solteiros, algo pareceu se encaixar.

Por que vocês esperaram para fazer sexo depois do casamento?

Stefan: Nossas visões de amor e relacionamento são muito influenciadas por nossas crenças religiosas. Claro, não falamos de casamento logo de cara. Mas estava claro para nós que se esse relacionamento ia funcionar, então o próximo passo seria casar.

Sarah: No começo, casamento não tinha um grande papel pra mim. Mas falamos sobre isso antes de oficializar nossa relação, além de sobre nossos pensamentos sobre amor físico. Concordamos que iríamos fazer sexo só depois de casados.

Stefan: No geral, deixo minhas crenças e a Bíblia me ajudarem com decisões importantes. Estou convencido que sexo deve acontecer só no casamento, a acho que é mais especial desse jeito. Sexo é algo que só compartilhamos um com o outro.

Sarah: Também acho que é razoável esperar. Assim você se concentra mais no relacionamento, em construir confiança e se conhecer bem antes de se tornar próximos.

Vocês fizeram sexo antes desse relacionamento?

Sarah: Não. Nossos ex-parceiros também queriam esperar o casamento. Então perdemos a virgindade um com o outro.

Alguma vez vocês dormiram na casa um do outro antes de casar?

Stefan: A Sarah passou a noite em casa algumas vezes, mas sempre dormimos em quartos separados. No começo do relacionamento, conversamos sobre quais eram os limites e decidimos evitar beijos também. Dávamos beijos na bochecha e na testa, mas nunca um beijo de língua de verdade.

Por quê?

Stefan: Decidimos esperar para beijar, porque tínhamos medo de que isso nos levasse a fazer algo mais íntimo. Beijos são poderosos e uma coisa leva a outra, então decidimos evitar.

Como o relacionamento de vocês era diferente de uma amizade [antes do casamento]?

Stefan: Acho que a única diferença é que nunca tínhamos contato físico como os outros casais podem ter. Fora isso, nossa relação era como qualquer outra: estávamos apaixonados, passávamos muito tempo juntos, e conversávamos sobre tudo. Conto coisas para a Sarah que ninguém mais sabe. Sarah é a pessoa que me conhece melhor e a mais importante pra mim. Mas também expressávamos nosso amor fisicamente.

O casal na foto não é o Stefan e a Sarah | Wyatt Fisher flickr.com | CC By-Sa 2.0, via

Como vocês expressavam amor fisicamente antes do casamento?

Sarah: Como qualquer outro casal. A gente se abraçava, andava de mãos dadas, acariciava as costas um do outro – coisas assim.

Stefan: Só não beijávamos ou dormíamos juntos. Fora isso éramos como qualquer outro casal apaixonado.

Vocês tiveram momentos de fraqueza?

Stefan: Dificilmente, mas só por causa dos quartos separados. Teria sido muito difícil se dividíssemos uma cama.

Sarah: Mas teve momentos em que você realmente queria beijar.

Stefan: [_Risos_] Verdade. Quase não lembro mais disso. Mas nunca fomos realmente fracos.

Então como foi a primeira vez de vocês? Vocês foram até o fim na noite de núpcias?

Stefan: Tudo aconteceu em fases. Nos beijamos pela primeira vez no cartório. Isso foi dois dias antes do casamento na igreja.

Sarah: Sim, aqueles dois dias foram muito emocionantes.

Stefan: Na nossa noite de núpcias, estávamos muito cansados, então nada aconteceu. Mas no dia seguinte sim. Abordamos o sexo como algo para aprender – porque você tem que descobrir do que a outra pessoa gosta.

Sarah: Mas acho que abordamos a coisa toda com sabedoria. Falamos sobre sexo e trocamos ideias, lemos muito sobre o assunto antes. Você ouve muita gente dizer que a primeira vez nem sempre é legal. Isso minimizou nossas expectativas, então estávamos mais relaxados. Sabíamos que não importava o que acontecesse na primeira vez, trabalharíamos juntos para tornar o sexo bom. E não nos arrependemos de ter esperado. Se eu tivesse que fazer tudo de novo, eu não mudaria nada.

Por que vocês casaram tão jovens? É uma questão de poder fazer sexo logo?

Sarah: Quando percebemos que nosso relacionamento estava funcionando bem, fazia sentido dar o próximo passo e casar.

Stefan: Sabemos que nos casamos mais cedo do que a maioria, mas sentimos que era a hora certa. Não havia razão para esperar mais. Descobriríamos o que precisássemos um sobre o outro depois.

Siga a Sabrina no Twitter.

Matéria originalmente publicada pela VICE Alpes.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.