Publicidade
Entretenimento

Conhecida como 'montanhista de biquíni' morreu congelada depois de uma queda

A taiwanesa geralmente subia montanhas com o equipamento apropriado, e só vestia o biquíni quando chegava no topo.

por Mack Lamoureux; Traduzido por Marina Schnoor
23 Janeiro 2019, 9:00am

Uma estrela do Instagram conhecida como a “montanhista de biquíni” – famosa por suas fotos usando apenas biquíni no topo de montanhas – morreu congelada depois de cair numa ravina de quase 20 metros no começo da semana.

Gigi Wu, uma taiwanesa de 36 anos, morreu esta semana enquanto fazia a Trilha Histórica Batongguan no Parque Nacional Yushan em Taiwan. Durante a trilha, ela caiu numa ravina e sobreviveu aos ferimentos. Mas Wu não conseguia se mover e ficou presa no fundo do despenhadeiro. Ela fez uma ligação pedindo ajuda de seu telefone por satélite para amigos, dizendo que não conseguia mover as pernas, mas conseguiu dar suas coordenadas para a equipe de resgate.

O clima, porém, piorou, e o plano de resgate ficou impedido – em vez de usar um helicóptero, eles tiveram que chegar ao local a pé. Cerca de 43 horas depois da queda, o corpo de Wu foi localizado. Segundo a rede Focus Taiwan, a montanhista morreu na segunda-feira, provavelmente por hipotermia.

Deixando claro, não há indicação de que ela estava usando um biquíni quando caiu, ou que a preferência dela por biquínis teve algo a ver com sua morte. Entrevistas com Wu mostram uma montanhista experiente, que subiu mais de 100 montanhas com traje apropriado antes de vestir um biquíni no topo. Quando perguntavam por que ela fazia isso, ela simplesmente dizia que pela beleza da coisa toda.

As fotos nos topos de montanha começaram depois que ela perdeu uma aposta com um amigo alguns anos atrás. As imagens começaram a chamar atenção online, e Wu ganhou 14 mil seguidores com o tempo. A última foto dela no topo de uma montanha foi postada em 9 de janeiro deste ano.

A taiwanesa está longe de ser a primeira estrela de aventura do Instagram a morrer enquanto fazia o que amava. Ano passado, um “rapper dublê” canadense morreu enquanto filmava um clipe na asa de um avião, e dois astros de aventura do Instagram e youtubers morreram ao pular num rio para salvar a namorada de um deles, quando foram arrastados e caíram de uma cachoeira.

Indo além dos influencers, um estudo descobriu mais de 259 mortes por “selfiecídio” de outubro de 2011 a novembro de 2017. Uma semana atrás, um casal da Califórnia, conhecido por suas fotos arriscadas, morreu depois de aparentemente cair de um penhasco em Yosemite.

Desde o acidente, a página de Wu no Facebook foi transformada num memorial. Pessoas de todo mundo já foram até a página para prestar suas últimas homenagens à Montanhista de Biquíni.

Siga o Mack Lamoureux no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tagged:
Instagram
Taiwan
Selfies
influencers
gigi wu