Noticias

Bolsonaro confirma que PP recebeu propina da JBS

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o deputado justifica “Em 2014…, quem falava em propina?”

por Equipe VICE Brasil
23 Maio 2017, 3:58pm

Foto: Agência Brasil

"Que partido não recebe propina?", questionou com seu usual nervosismo o deputado Jair Bolsonaro na manhã desta terça (23) em entrevista ao jornalista Marco Antonio Villa da rádio Joven Pan. Villa perguntava ao político sobre os R$ 200 mil que a JBS, empresa que controla a Friboi, depositou em sua conta para a campanha eleitoral de 2014. Reportamos sobre o ocorrido em março.

O valor consta na 'Consulta aos Doadores e Fornecedores de Campanha de Candidatos' no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Reeleito deputado federal com o maior número de votos no Rio de Janeiro naquele ano — foram mais de 460 mil votos —, Bolsonaro, por sua vez, afirma ter devolvido para seu então partido, o PP, o valor doado pela empresa detentora da Friboi.

Bolsonaro, hoje deputado integrante da legenda PSC, sempre se vangloriou por não estar em nenhuma lista de corruptores. Ainda assim, admitiu que seu então partido recebeu dinheiro da JBS, empresa que na campanha de 2014 doou dinheiro para 1829 candidatos de 28 partidos diferentes. Sobre seu atual partido também pesam denúncias de corrupção.

Na entrevista com Villa na Joven Pan, o deputado ainda se defende questionando que, segundo delação de Alberto Youseff, estaria entre um dos dois deputados do PP que não pegaram dinheiro da Petrobras. Os R$ 200 mil, que equivalem à metade de seus gastos na campanha de 2014, teriam vindo de fundo partidário. No entanto, o deputado não soube explicar com clareza se a mesma quantia não teria sido proveniente do dinheiro da JBS que ele devolveu para seu partido na época.


Assista ao nosso documentário O Mito de Bolsonaro


Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Tagged:
brasil
bolsonaro
Política
campanha
Jair Bolsonaro
JBS
propina
Friboi
O Mito de Bolsonaro