Missy Elliott será a primeira mulher rapper a entrar para o Hall da Fama dos Compositores

Ela será a segunda musicista do hip-hop a entrar no Hall da Fama. John Prine e Yusuf/Cat Stevens também entrarão neste ano.

|
14 Janeiro 2019, 4:09pm

Missy Elliott está prestes a se tornar a primeira mulher no hip-hop a ser incluída no Hall da Fama dos Compositores. Ela se junta a Dallas Austin, Tom T. Hall, John Prine, Jack Tempchin e Yusuf Islam/Cat Stevens na classe de 2019.

"A primeira coisa que você precisa saber é que é sobre a música, a segunda coisa que você precisa saber é que é sobre a música, a terceira coisa que você precisa saber é que é sobre a música", Nile Rodgers, que se tornou presidente do Hall no ano passado, disse em um comunicado, falando amplamente sobre as seleções deste ano. "A classe de 2019 representa a diversidade e a união entre gêneros musicais e gênero, destacando nossa missão dedicada a homenagear os criadores de música que enriqueceram nossas vidas. São escritores que literalmente transformaram a música e ajudaram a tornar possível o que está acontecendo hoje."

Além de ser autora de vários discos de platina, ganhar um monte de Grammys e ser merecedora de uma estátua em sua homenagem, Missy escreveu para uma série de outros artistas nas últimas duas décadas, incluindo Beyoncé, Aaliyah, Whitney Houston e Ciara. Neste verão, ela se tornará a segunda rapper no Hall da Fama, juntando-se ao Jay-Z, que entrou em 2017.

A cerimônia de entrada no Hall da Fama dos Compositores em 2019 acontecerá em Nova York no dia 13 de junho.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.