Um padre da Irlanda do Norte cheirou cocaína cercado de suvenires nazistas enquanto era filmado

Cenas lamentáveis.

|
29 Fevereiro 2016, 7:41pm

Numa história que é praticamente o sonho dos tabloides britânicos, um padre católico da Irlanda do Norte foi filmado cheirando cocaína cercado de suvenires nazistas, numa festa na casa dele nos terrenos da igreja, informou o Sun.

O padre Stephen Crossan, de 37 anos, supostamente estava cheirando há dois dias antes de convidar pessoas para sua casa paroquial para continuar a festa. No vídeo, o padre pode ser ouvido dizendo "Eu não devia", antes de cheirar uma carreira numa bandeja de prata.

As coisas ficaram ainda mais estranhas quando Crossan supostamente vestiu os acessórios nazistas que tinha pela casa – bandeiras nazistas, um quepe, uma estátua com uma águia e um manto com uma suástica.

"[Coisas nazistas] estavam pela casa toda", disse uma fonte anônima que estava na festa para o Sun. "Em certo ponto, Stephen colocou o quepe e fez a saudação nazista."

"A casa era bonita, mas ficamos chocados ao ver os objetos nazistas", acrescentou a fonte, que parece não ver problema em cheirar com um padre, mas acha demais quando acessórios nazistas entram na cena.

Crossan respondeu ao vídeo admitindo ter cheirado cocaína, mas dizendo que "foi só uma noite e acabou. Não tenho um problema com drogas". Quanto a história da "casa cheia de parafernália nazista", Crossan disse "Não sou nazista. Coleciono coisas históricas".

Crossan estaria de licença da igreja por depressão quando a festa aconteceu. Na segunda, a BBC informou que ele pediu outra licença do sacerdócio e não está mais vivendo na casa paroquial.

Tradução: Marina Schnoor

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.