Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
23 Novembro 2017, 10:53am

No interior do Paraná, traficantes foram presos com 53 porções de maconha para venda com adesivos de Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/ Polícia Civil do Paraná

Brasil

Polícia Federal prende ex-chefe da Casa Civil do governo Cabral
A PF prendeu, na manhã desta quinta-feira (23), o ex-chefe da Casa Civil do Rio Régis Fichtner. A ação é mais uma fase da Operação Lava Jato no Rio e um desdobramento das investigações da Operação Calicute, desencadeada em novembro do ano passado e que resultou na prisão do ex-governador Sérgio Cabral. Também foi preso o empresário Georges Sadala. – G1

ONU faz convite oficial para Brasil participar de missão na República Centro-Africana
A ONU encaminhou nesta quarta-feira (22), em Nova York, o convite oficial para o Brasil participar da missão de paz na República Centro-Africana. O documento, que foi recebido pela Missão Permanente do Brasil na ONU, pede o reforço de 750 militares, entre diversas patentes, para atuar na região "o mais rápido possível". O pedido vem logo depois do encerramento da missão de paz do Brasil no Haiti. – O Globo

Petrobras vende campo de gás no Amazonas por US$ 54,5 milhões
A Petrobras anunciou nesta quarta (22) a venda do campo de gás Azulão, no Amazonas, à Eneva. A operação, de US$ 54,5 milhões, é a primeira venda de ativos fechada pela estatal após a mudança determinada pelo Tribunal de Contas da União em seu plano de desinvestimentos. Localizado a 290 quilômetros de Manaus, o campo foi descoberto em 1999, mas não havia sido desenvolvido por falta de infraestrutura para o escoamento da produção. O projeto ganhou nova perspectiva com a inauguração da linha de transmissão Tucuruí-Manaus, em 2013. – Folha de S. Paulo

Gasto de Doria com manutenção de córregos e bueiros é o menor em 4 anos
É bom o paulistano preparar o caiaque para as chuvas e verão. A Prefeitura de São Paulo gastou até agora pouco mais da metade (56%) da verba para serviços rotineiros de manutenção do sistema de drenagem das chuvas, que inclui bocas de lobo, bueiros, córregos e piscinões. O montante, de R$ 84,2 milhões, é o menor para o período desde 2014, em valores corrigidos pela inflação. Além disso, só 12% do previsto para obras no orçamento para tentar controlar as cheias foi gasto pela gestão João Doria. – UOL

Terreiro de candomblé é depredado e incendiado no interior de Goiás
Um terreiro de candomblé foi depredado e incendiado em Luziânia, em Goiás, na madrugada desta quarta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, a principal suspeita é que o ataque tenha sido uma manifestação de intolerância religiosa. Na propriedade moram 14 pessoas da mesma família, mas ninguém se feriu. A sala onde ficavam as imagens e orixás foi destruída pelo fogo. Em um anexo onde fica a cozinha, objetos foram revirados e quebrados. – G1

PMs acusados de matar pixadores em prédio de SP em 2014 são absolvidos
A Justiça decidiu absolver cinco policiais militares da acusação de terem matado dois pixadores em julho de 2014 na Mooca, zona leste de São Paulo. A sentença saiu nesta quarta-feira (22). Eles eram acusados de executar Alex Dalla Vecchia Costa “Ald” (Jets) e Ailton dos Santos (Anormal) em 31 de julho de 2014 no interior do edifício Windsor. Segundo a juíza Débora Faitarone, da 1ª Vara do Júri, os policiais agiram em legítima defesa. – Folha de S. Paulo

Filho de desembargadora do MS volta para a prisão por suspeita de tráfico
A Justiça determinou nesta quarta-feira 922) a prisão preventiva de Breno Fernando Solon Vorges, filho da desembargadora Tânia Gacia de Freitas, presidente do Tribunal Regional Federal de Mato Grosso do Sul (TRE-MS). Breno havia sido preso em abril com 130 quilos de maconha, 199 munições de fuzil calibre 762 e uma pistola nove milímetros, mas teve a prisão convertida em internação clínica após alegar estado de "insanidade mental". O novo mandado de prisão contra Breno foi expedido com base em investigações que apontam a participação dele em uma quadrilha de tráfico de drogas e armas. – O Globo

Exército inocenta militar flagrado em vídeo se masturbando no metrô em SP
O comando do 2º Batalhão de Infantaria Leve do Exército, em São Vicente, no litoral de São Paulo, decidiu não punir o cabo Thiago Xavier Barboza, de 33 anos, que foi flagrado por uma mulher descabelando o palhaço no metrô de São Paulo. O resultado da sindicância interna, divulgado na noite desta quarta-feira (22), estabeleceu que não foi possível "comprovar crime". – G1

Polícia apreende maconha com caricatura de Bolsonaro no interior do Paraná
A Polícia Civil da cidade de Sarandi, no interior do Paraná, prendeu na última sexta-feira (17) dois suspeitos de tráfico de drogas. Durante a operação os agentes encontraram três tabletes e 53 porções de maconha para venda com adesivos com as caricaturas de Jair Bolsonaro. Alisson Alan Chaves e Carlos Eduardo de Souza Ferreira também mantinham um revólver calibre 38 e sete munições; além de quatro munições para arma calibre 22 e uma balança de precisão. – Diário 24H

Homem rouba moto e abandona veículo com bilhete de desculpa no CE: 'tinha festa'
Um homem roubou uma motocicleta em Ibiapina, no interior do Ceará, e abandonou o veículo junto com um bilhete de desculpas. "Me desculpe por ter pego sua moto. É porque tinha a festa e eu tinha que ir. Valeu, amigo", dizia a mensagem. De acordo com a Polícia Militar, que localizou o veículo abandonado, a motocicleta foi encontrada em boas condições e com poucos quilômetros rodados desde o momento do assalto. – G1

Mundo

Norte-americano ex-prisioneiro da Coreia do Norte morre em circunstâncias misteriosas
Aijalon Mahli Gomes, que foi preso em 2010 após atravessar a fronteira da China com a Coreia do Norte e que acabou solto após uma negociação liderada pelo ex-presidente Jimmy Carter, foi encontrado em chamas na noite desta sexta-feira (17) na Califórnia. A polícia local investiga o caso, que considera preliminarmente um acidente ou um suicídio. – CNN

'Açougueiro da Bósnia', é condenado à prisão perpétua
Ratko Mladic, o general do Exército que ficou conhecido como o "açougueiro da Bósnia", foi condenado nesta quarta-feira (22) à prisão perpétua. Comandante do Exército sérvio durante a Guerra da Bósnia (1992-1995), ele era acusado de genocídio e de crimes contra a humanidade e de ter promovido uma "limpeza étnica" na região. O processo contra Mladlic, de 74 anos, começou em 2012. Ele havia sido detido um ano antes na Sérvia após ter ficado 16 anos foragido. – BBC

E mais

Beyoncé lança linha de suéteres e ornamentos de Natal
A cantora e empresária Beyoncé vai fazer estrago no 13º dos fãs com a sua recém-lançada coleção de suéteres de Natal. Com mensagens edificantes como “Slay Bells” e “Sis The Season”, a nova linha tem peças de até US$ 85. Recentemente a rainha Bey desbancou Taylor Swift do posto de mulher mais rica do mundo do entretenimento. –NME

Tagged:
brasil
bolsonaro
petrobras
Beyoncé
candomblé
EUA
ONU
intolerancia religiosa
coreia do norte
exército
Doria
Boletim Matutino