Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE - 3/5/2019

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
03 Maio 2019, 12:43pm

Brasil

Governo corre para pedir liberação de quase R$ 250 bilhões ao Congresso

Com uma base parlamentar modesta e instável, o Palácio do Planalto corre o risco de ficar sem recursos para pagar subsídios e benefícios a idosos carentes e pessoas com deficiência (BPC). Para contornar esse grave problema de caixa, a equipe econômica do ministro Paulo Guedes passou a articular a aprovação do projeto de lei que autoriza o governo a gastar R$ 248 bilhões com recursos a serem obtidos com títulos do Tesouro Nacional. É a primeira vez que o Poder Executivo precisará desse tipo de aval do Congresso Nacional para realizar despesas como as transferências assistenciais aos mais pobres. Por ser um caso incomum, o governo federal terá de obter 257 votos na Câmara dos Deputados e 41 votos no Senado depois que o projeto sair da CMO (Comissão Mista de Orçamento), onde está parado. Estariam em risco o Pronaf (programa de fortalecimento para agricultura familiar), o Proex (financiamento às exportações), o PSI (programa de sustentação do investimento) e também operações de investimento rural e de custeio agropecuário. – Folha de S. Paulo

Número de mortes por intervenção policial no RJ é o maior nos últimos 20 anos

A Polícia Militar do RJ matou 434 pessoas em confronto no primeiro trimestre de 2019. Os antigos "autos de resistência" - hoje chamados de mortes por intervenção policial - somaram 434 casos de janeiro a março, numa média de sete óbitos por dia. As mais de 400 mortes representam o maior número registrado desde 1998. No ano passado, foram 368 mortes no mesmo período. Os dados são do Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP). Os números constam do último balanço trimestral da Segurança Pública do RJ. Outro destaque é a quantidade de fuzis apreendidos, que bateu recorde. Foram 145 armas recolhidas, o maior registro desde 2007 - 25 a mais que no início de 2018. Neste total, não foram contabilizados os mais de 100 fuzis incompletos apreendidos na casa de Ronnie Lessa, preso por envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco. – G1

64 jornalistas foram assassinados no Brasil desde 1995, aponta relatório

Ao menos 64 jornalistas foram assassinados no Brasil desde 1995 em função do profissão, afirma um relatório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) com o apoio do ministério da Justiça e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O estudo foi publicado no último dia 30 e faz menção ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado amanhã. De acordo com o CNMP, uma compilação desse tipo é inédita. "O Brasil é um dos países mais violentos no que diz respeito ao ambiente de atuação dos comunicadores", diz o texto do relatório. Segundo o relatório, 19 das 27 unidades federativas da União tiveram assassinatos de jornalistas nos últimos 20 anos. O ranking é liderado por Rio de Janeiro (13 assassinatos) e Bahia (7). – UOL

Witzel contraria promessa de campanha e se interna em hospital particular

O governador do Estado do Rio de Janeiro, que passou mal na tarde de última quinta-feira (2), fez exames no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ao dar entrada em uma unidade particular, Wilson Witzel contrariou uma promessa de campanha: ele anunciou que, caso fosse eleito, só frequentaria hospitais públicos. O ex-juiz federal afirmou ainda que cancelaria os planos de saúde para frequentar somente a rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Depois da eleição, ele disse que manteria o plano para garantir o atendimento em caso de viagem. Os exames feitos pelo governador indicaram resultados dentro da normalidade, mas os médicos pediram que ele passasse por mais avaliações. – G1

Sabesp perfura duto de gás, causa incêndio e deixa homem com 90% do corpo queimado

Uma obra da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) perfurou uma tubulação de gás e causou incêndio em um apartamento na região central de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (3). Um homem de 47 anos que morava no 7º andar de um prédio na rua Carmelitas, na Sé, teve 90% do corpo queimado. Outra mulher também passou mal ao inalar grande quantidade de gás. Segundo o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi registrada por volta das 3h. Equipes do Corpo de Bombeiros resgataram o morador atingido pelas chamas, apagaram o fogo no apartamento dele e fizeram o isolamento da rede de gás afetada, que pertence à empresa Comgás. – Folha de S. Paulo

Vendedor é preso no interior de São Paulo por criticar a PM na internet

Um vendedor foi detido e levado para delegacia por policiais militares em São Carlos (232 km de São Paulo), na quarta-feira (1), após fazer um comentário no Facebook, em que criticava a corporação. Em seguida, ele teria sido obrigado a gravar vídeo pedindo desculpas pelo posicionamento. O comentário da vítima ocorreu após uma confusão na Festa do Clima, em São Carlos, que resultou em uso de bombas de efeito moral para dispersar a multidão, em que classificou a PM como um “bando de despreparados” e “um órgão do estado sem credibilidade”. Algumas horas depois de postar sua opinião, o homem foi localizado por policiais militares e obrigado a fazer um vídeo se desculpando pelo comentário. – Agora

Trabalhadora doméstica é multada em R$ 10 mil por ironizar médico

Processada por um médico de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Campo Grande, a trabalhadora doméstica Vera Lúcia Lopes, 49, todos os dias faz contas para descobrir como juntará R$ 10 mil para pagar uma multa aplicada a ela pelo Tribunal de Justiça do Estado. Ela foi condenada no mês passado por postar no Facebook uma foto com uma ironia a dois médicos que conversavam enquanto sua sobrinha, depois de atendida, aguardava para ser internada. "Vera Lúcia Lopes está se sentido exausta em UPA Leblon", dizia a reação que marcava a página do posto de saúde na rede social e exibia a foto de uma paciente acamada e de dois médicos conversando. – UOL

Advogada é barrada no TJ-RO após ter roupa considerada inadequada

O Poder Judiciário em Rondônia determinou, nesta quarta-feira (1º), a apuração do caso envolvendo uma advogada que foi impedida de entrar no Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) na semana passada, em Porto Velho. Na ocasião, funcionários do TJ-RO consideraram a vestimenta da advogada Eduarda Meyka Ramires "inadequada". A decisão de instaurar uma apuração ocorreu após a repercussão negativa do caso nas redes sociais. Nesta semana, comissões da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) manifestaram-se contrárias ao tratamento dado a Eduarda, de 26 anos. Segundo a OAB-RO, o caso aconteceu na última sexta-feira (26) logo no início do expediente, com o local cheio de pessoas que presenciaram o "imenso desconforto à advogada". O órgão afirma, ainda, que a ação gerou "olhares maldosos e comentários", constrangendo a profissional. – G1

E mais

Morre aos 89 anos o dramaturgo e diretor teatral Antunes Filho

O corpo de Antunes Filho começou a ser velado na manhã desta sexta-feira (3) no Teatro Sesc Anchieta, no Sesc Consolação, região central de São Paulo. O diretor de teatro morreu na noite desta quinta-feira (2) aos 89 anos. Ele foi internado no Hospital Sírio-Libanês há cerca de duas semanas, após sentir um mal-estar. Depois de passar por exames, o diretor descobriu estar com câncer de pulmão em estágio avançado. O corpo do diretor chegou às 7h da manhã ao teatro e está sendo velado com o caixão fechado. Cerca de 20 familiares e amigos acompanhavam o velório antes da abertura para o público geral, que se iniciou às 8h15. O velório acontece até 15h, quando o corpo segue para o crematório da Vila Alpina. – G1

Bandeirantes vai transmitir o Campeonato Brasileiro de futebol feminino

A TV Bandeirantes acertou nesta semana os trâmites com a CBF para transmitir o Campeonato Brasileiro de futebol feminino. A emissora, que tradicionalmente abraçou a modalidade nos tempos do narrador Luciano do Valle, na década de 1990, voltará ao cenário do futebol das mulheres mostrando os jogos da principal competição nacional. Desde 2017 não havia transmissão na TV dos jogos. O acordo envolverá a transmissão de jogos da Série A1, a primeira divisão do Campeonato Brasileiro de futebol feminino, que inclui alguns times de camisa do masculino, como o Corinthians, atual campeão, o Santos, o Flamengo, o Internacional, o Vitória e o Sport. – UOL

David Luiz processa construtora por campanha que faz ironia ao 7 a 1

O jogador David Luiz acionou na Justiça uma construtora, por fazer uma campanha publicitária utilizando sua imagem sem autorização e que ironizou a derrota da seleção brasileira diante da Alemanha na Copa de 2014, por 7 a 1. O material divulgado pela empresa em redes sociais contém uma imagem de David Luiz chorando, acompanhada da frase "só queria dar alegria ao meu povo". O texto que acompanha a foto diz "quando você contrata amadores para cuidar do sonho de sua família, é quase certeza de 7 a 1". No processo, os advogados do zagueiro afirmam que o texto é "sensacionalista, vulgar e cínico" e "tenta ganhar novos seguidores ou clientes constrangendo o autor". – UOL

Cine Belas Artes, em SP, anuncia patrocínio de cerveja após fim do contrato com Caixa

O Cine Belas Artes, tradicional cinema de rua em São Paulo, vai ser patrocinado pela cerveja Petra, anunciou nesta quinta-feira (2) o diretor do espaço, André Sturm. O valor do contrato não foi divulgado, mas é superior ao anterior da Caixa Econômica Federal, segundo Sturm. O espaço estava ameaçado depois da retirada do patrocínio da Caixa Econômica Federal, em fevereiro. A medida faz parte da revisão dos incentivos estatais que acontece neste primeiro ano de governo do presidente Jair Bolsonaro. O diretor do Belas Artes disse que a Petra procurou o cinema – a única condição era que o contrato fosse de cinco anos, e não de três, como previsto na proposta inicial. – G1