Publicidade
Entretenimento

As reações comerciais mais toscas na internet sobre o depoimento do Lula na Lava Jato

A gente sabe que é apenas um comércio, mas nem gozados os caras conseguem ser.

por Equipe VICE
04 Março 2016, 5:40pm

Se você não estava preso em um porão escuro até poucas horas atrás sabe que o ex-presidente Lula foi conduzido coercitivamente para prestar depoimentos na 24ª fase da Operação Lava Jato sobre supostos pagamentos irregulares feitos por empresas investigadas no Petrolão, sobre o sítio de Atibaia, triplex no Guarujá, pedalinhos e etc.

Provavelmente, grande parte dos brasileiros está acompanhando as notícias via a reações de pessoas no Twitter e Facebook, já que uma coisa que brasileiro sabe fazer bem é zoeira na internet.

O depoimento de Lula obviamente fez efeito na Bolsa de Valores, que registrou uma queda significativa na cotação do dólar e arrancou suspiros de alegria nas pessoas que estão escalando a montanha da tão sonhada viagem a Miami.

Além disso, algumas lojas e empresários estão comemorando a 24ª fase da Lava Jato com pulos de dois metros de altura de alegria e usando o noticiário político como fonte para o social media em busca de mais #engajamento nas redes sociais. Por exemplo:

Imagem via.

Embora até aqui o Lula não tenha respondido nenhuma acusação formal, muita gente já está dando pulos de dois metros de altura de alegria só com a possibilidade de o ex-presidente realmente encarnar o pixuleco.

Tá rolando até desconto de rango:

hahahaha que merda. Imagem via.

Essas lojas que vendem conteúdo chupinhado da rede mundial de computadores também resolveram fazer uma promoção bem show pra você que ainda não comprou uma camiseta de memes ou de barbas.

Não perca a chance de comprar as suas três camisetas de um youtuber merda que tira foto com o Bolsonaro. Imagem via.

A pior/maior das reações comerciais de todas, talvez seja a presença do Jabba The Hut Oscar Maroni, que já apareceu por aqui antes, como um grande opositor do governo PT, concedendo entrada vitalícia ao Sérgio Moro e um sorteio de cinco convites gratuitos aos agentes da PF no seu estabelecimento Bahamas Clube.

Inclusive, o empresário egocêntrico gosta de fazer vídeos constrangedores —acompanhado por mulheres com cara de desconfortáveis — fazendo a figuração para expressar sua indignação sobre a situação política atual.

Ele também prometeu em 2015 que iria distribuir goró de graça no Bahamas Club caso o ex-presidente fosse preso.


No final, essas "ações de redes sociais" ficam parecendo o sonho molhado dos comentaristas de portais que, aliás, ficam bem resumidos neste comentário transformado em tuíte aqui:

É.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.