FYI.

This story is over 5 years old.

O Guia para Shufflear como um Profissional

Vamos ao passo a passo.
24 Março 2015, 12:00pm
Francisco Gómez

Os melhores gêneros musicais têm suas próprias danças e obviamente que o hardstyle não ficaria para trás, portanto, o Shuffle ou o Melbourne Shuffle, é o estilo oficial deste grande gênero que assim como o hardstyle, é um estilo de dança visivelmente pesado, que envolve movimentos rápidos de pés e pernas, porém tudo depende do beat.

O shuffle nasceu no final da década de 80 em uma época onde o hardstyle underground começava a pegar força em Melbourne, na Austrália, depois de alcançar sucesso entre os amantes do gênero, de ser reconhecido nos clubes mais importantes e de chamar atenção de alguns programas de televisão, o Melbourne Shuffle não demorou em virar sensação dentro da maior plataforma mundial de vídeos: o Youtube, criando uma viralização desenfreada, fazendo com que países como Reino Unido, Alemanha, Malásia e o México começassem a praticar a dança mais querida dos amantes do hardstyle.

Em 2011, quando LMFAO usou a dança como coreografia de seu vídeo clipe para "Party Rock", causou certa repulsão na comunidade de dançarinos, pois foi contra toda a ideologia da dança nascida e focada no underground, que nunca pretendeu ser comercial, fazendo com que a dupla pedisse desculpas públicas a toda a comunidade de shufflers.

Fizemos uma seleção de passos básicos para você começar a dançar, lembrando do ditado, a prática leva à perfeição. Se você pretende começar a dançar Melbourne Shuffle, leve em conta que no começo não terá sucesso, pratique e você irá começar a ver mudanças em seu modo de dançar, também conseguirá alcançar um estilo próprio e original, e digo isso por experiência própria, porque já fazem muitos anos que comecei a dançar e por diversos motivos não continuei, mas se você quiser, não tenho dúvida que se tornará um profissional nessa estilo de dança.

Kick + Meia volta + RM

Kick, se dá um chute lateral, para frente ou para trás, depois vem a meia volta, que consiste em girar o corpo 180º e depois vem o Running Man (RM), um dos passos básicos que consistem em fingir que está correndo sem tirar um dos pés do chão até que se dê o passo.

Slide com Kick

No slide você arrasta os pés de tal maneira que se consiga um deslocamento amplo, com um Kick à direita.

Running Man com uma volta de parafuso

Se começa com um RM para pegar impulso para fazer uma volta de parafuso, que consiste em dar duas voltas completas e voltar ao RM.

Semi RM + T-Step e Kick

Semi RM, se faz metade de um RM para começar um T-Step que é o deslocamento lateral na outra direção criando uma forma de "T" com os pés e depois manda um Kick.

Meia Volta + Slide e Kick

Se dá uma meia volta e ao terminar se faz um Semi-RM para mandar um Slide para a direita com um Kick.

T-Step, Semi-RM e RM

Começando com o T-Step para em sequencia mandar um Semi-RM e logo fazer um RM.

Slide + Kick e um Semi-RM

Se faz um Slide para a direita para terminar com um Kick e começar um Semi-RM

Muito obrigado a Adrian "Drifter" por dançar para nós e aguentar todas as pessoas na rua o achando esquisito.

Siga @Vale_QL no Twitter

Publicidade