Patrocinado

Um rolézinho em Manguinhos com os amigos da zona norte

por Matias Max
19 Agosto 2016, 4:00pm

Quando me convidaram pra escrever sobre um pico maneiro de skate no Rio de Janeiro eu não tive dúvida, e escolhi aquele que chamam de "ZNake Side", os obstáculos de street construídos pelos próprios skatistas ao lado do Snake do Maracanã. Sendo assim, contatei para um rolézinho os amigos Robson Affini, fundador da ZN Skateboard e outro que atende pela alcunha de "Dinheiro é Papel". Por morar próximo a pista e dispor de um carro do seu trabalho para a missão, Papel acabou ficando o responsável por juntar as doações, comprar e transportar os materiais para construir, mais ou menos um obstáculo por semana, totalizando uns dois meses até a conclusão do circuito. A cada rampinha concluída, uma sessão de inauguração com direito a churrasco para arrecadar mais grana para a próxima fase.

O encontro com os amigos deu-se a um par de semanas, coincidentemente no mesmo dia em que foi anunciado que o skate faria parte das Olimpíadas de Tóquio de 2020. Para nossa surpresa, demos com a porta na cara, a pista estava cercada com grade dupla e um arame farpado boladão, daqueles de guerra. O motivo, a pista da prefeitura e o circuito street da galera ficam embaixo da passarela que atravessa a avenida e linhas de trem dando acesso ao Estádio do Maracanã. Durante todo o período olímpico a passarela e a pista estarão cercadas, sendo apenas permitido o acesso a pessoas credenciadas ou com ingresso nos dias dos jogos. No portão, um soldadinho da Força Nacional portando fuzil.

Nos cinco minutos em que colamos lá deu pra trombar um outro moleque tristão, dando com a grade na cara também. Rumamos para a pista pública mais perto, em Manguinhos. No caminho indaguei aos caras acerca o anuncio do skate nas Olimpíadas. Seria isso um upgrade ou downgrade? "Eu acho a maior merda, estão chupando nossa força numa parada nada a ver, claro que sempre tem uma galera que gosta, os que se acham atletas, e a galera do mercado que acha que vai ganhar mais dinheiro com isso, até deve ganhar, mas vai perder muito do underground da parada", conta Papel. Ele emenda: "se eu fosse um moleque hoje em dia, não sei se seria um skatista, porque as paradas que me atraíam no skate aos 15 não tem mais". Robson completa: "o skate perdeu a onda já faz muito tempo...". Ainda sem muita informação disponível, ficamos nos indagando em como seria esse skate olímpico e suas modalidades: street? Vertical? Mega rampa? Segundo Papel, a cena é triste: "Veja os X-Games, os caras gastam milhões pra construir a mega rampa, uma estrutura temporária em que só oito malucos andam. Que que é isso!? Essa é a parada que virou o skate??? Um grande espetáculo midiático? Um 'stuntman'?"

Finalmente chegamos em Manguinhos, uma favela da zona norte que acompanha a extensão de uma linha de trem. A pista construída sob encomenda da prefeitura pelo estúdio "Rio Ramp Design" foi inaugurada em junho deste ano em frente a Biblioteca Parque de Manguinhos, a 1km da estação de trem local. Apesar de não ser muito grande é uma das melhores das pistas recentemente construídas pela prefeitura, por conta da perfeição dos obstáculos e da qualidade dos materiais. O único porém para um skatista mais entusiasmado é que por estar próxima a uma escola e dentro de uma comunidade superpopulosa, dependendo do horário está cheia de crianças correndo de um lado pra outro em bicicletas, patinetes, a pé, de patins e até mesmo skates, com as madeiras mais loucas que tu pode imaginar. Ainda assim encontramos por lá skatistas de outras regiões da cidade, explorando novas rampas. Deu pra dar um rolé maneiro e fazer uns clicks.

O Rio de Janeiro conta ainda com várias outras pistas públicas maneiras, como no Aterro do Flamengo, na Lagoa Rodrigo de Freitas e no Parque Madureira.

Pista de Skate do Manguinhos
Av. Dom Helder Câmara, 1184
(Em frente à Biblioteca Parque de Manguinhos e ao Colégio Estadual Compositor Luiz Carlos da Vila, próximo à UPA de Manguinhos).

Este conteúdo é um oferecimento de Converse.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.