Uma oferenda para Iemanjá

Um ensaio de fotos com registros da devoção à rainha do mar.

|
fev 2 2017, 9:00am

A celebração do Dia de Iemanjá, que acontece anualmente no dia 2 de fevereiro, é considerada a maior festa afrobrasileira do Brasil. No bairro do Rio Vermelho, em Salvador, entre representantes de terreiros, devotos do candomblé, católicos, amantes das tradições e turistas, muita gente se reúne para reverenciar a rainha do mar.

Leia também: "Fotos de beleza e de fé num ritual de Umbanda no RJ"

Os historiadores contam que a festa surgiu por volta dos anos 20 do século XX, quando um grupo de 25 pescadores da colônia do Rio Vermelho resolveu fazer oferendas para Iemanjá, a grande Mãe das Águas, pedindo em troca peixes em abundância. Segundo o historiador cachoeirano Manoel Passos, esta é a única das festas populares de Salvador eminentemente afrobrasileira. "Não tem origem católica, europeia", diz ele. "A festa foi criada pelos ancestrais africanos que aqui viviam, e por um grupo específico, dos pescadores."

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Iemanjá, no yoruba Yèyé omo ejá, Yemọjá na Nigéria, Janaina, Iyá Ori, é a "mãe cujo os filhos são Peixes" é um dos mais importantes orixás do candomblé. Joice Berth, arquiteta e militante do movimento feminista negro de São Paulo escreve que "Iemanjá é a mãe da água que mostra as suas filhas que a beleza é de dentro para fora. As imposições estéticas que excluem mulheres negras, indígenas, gordas, trans, ou seja, aquelas belezas espontâneas que contrariam o desejado pelo imaginário impregnado de conceitos eurocêntricos, moldaram a imagem clássica da Iemanjá branca, de longos e lisos cabelos, de corpo ampulheta, ligeiramente sensualizado, cuja única semelhança com a poderosa matriarca africana que leva o nome de um rio — rio Iemanjá — está nos fartos seios, não por acaso símbolo da maternidade provedora que também representa a divindade iorubá".

Leia também: "Os orixás atualmente"

No ensaio fotográfico que você saca abaixo estão as imagens feitas pelo fotógrafo Antonello Veneri ao longo dos vários anos em que presenciou a festa no Rio Vermelho, em Salvador. 

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE


Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE


Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Foto: Antonello Veneri/ VICE

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Mais VICE
Canais VICE