Publicidade
Noticias

O Cartel de Sinaloa está vivo e prosperando mesmo sem El Chapo

O governo mexicano tenta acabar com as plantações de maconha e papoula, mas a organização de El Chapo segue praticamente intacta.

por Juanita Ceballos
07 Fevereiro 2017, 9:00am

Esta matéria foi originalmente publicada na VICE News

O Cartel de Sinaloa, no México, é o maior do mundo, e estimas-se que o grupo faça cerca de $3 bilhões por ano. A VICE News visitou o Triângulo Dourado no México, a base do Cartel de Sinaloa, alguns dias antes da extradição do chefe do grupo El Chapo.

Dez anos atrás, o México declarou guerra aos cartéis de drogas do país, mobilizando o exército para desmantelá-los. O que significa destruir suas plantações de drogas.

Leia também: "Por dentro das plantações de papoula do Cartel de Sinaloa"

"Eles fazem a destruição manualmente das plantações e também por fumigação com aviões das forças aéreas", disso o comandante Cesar Augusto Bonilla a VICE News no "Triângulo Dourado", área notória pela produção de maconha e papoula. "Eles coletam tudo que foi destruído, depois incineram os restos."

Essas batidas deveriam cortar os lucros do cartel, assim como a prisão de chefes do tráfico como El Chapo deveria aleijar as redes de comando, removendo aqueles que estão no topo. Mas mesmo depois de uma década preso, e agora enfrentando extradição, a organização que El Chapo construiu está praticamente intacta.

"Nada mudou aqui", disse o chefe local. "O tráfico de drogas nunca vai acabar."

Tradução do inglês por Marina Schnoor.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Tagged:
mexico
tráfico
Drogas
Baseado em Fatos
El Chapo
cartel de sinaloa
papoula