Publicidade
Motherboard

Novo ataque de ransomware está sequestrando HDs inteiros pelo mundo

Achou que o WannaCry tinha sido o último? Achou errado.

por Brunno Marchetti
27 Junho 2017, 6:49pm

Shutterstock

Parece que os ataques de ransomware em grande escala viraram tendência global. Em maio tivemos o WannaCry, que fez vítimas no Brasil e no mundo todo, e hoje, pouco mais de um mês depois, o mundo está outra vez vendo seus arquivos sendo criptografados contra a sua vontade e sem poder fazer muita coisa.

Leia também: Há uma nova geração de ransomwares sequestrando discos rígidos no Brasil

Por enquanto, é difícil mensurar o alcance e o estrago real deste ataque. Os primeiros relatos de infecção começaram a ser publicados às nove horas da manhã no horário de Brasília. As vítimas eram companhias localizado no leste Europeu em países como Ucrânia e Rússia. Rapidamente começaram aparecer relatos do ransomware em computadores no restante da Europa, atingindo Espanha, França e Dinamarca. No Brasi, diversas empresas estão recomendando que seus funcionários não liguem seus computadores.

De forma semelhante ao ataque de grande escala realizado com o WannaCry, o caso de hoje também faz uso do exploit do EternalBlue, que teve o vazamento atribuído ao grupo The Shadow Brokers. Ao menos duas companhias de segurança confirmaram esta informação por meio de suas contas no Twitter, a Avira e a Symantec.

Leia o resto da matéria em Motherboard.

Tagged:
malware
HD
insegurança digital
criptografia
ransomware