Publicidade
Notícias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
27 Setembro 2018, 11:51am

Agência Brasil

Eleições

Por 7 votos a 2, STF mantém 3,4 milhões de títulos de eleitor cancelados

Em julgamento nesta quarta-feira (26), por 7 votos a 2, os ministros do STF Supremo Tribunal Federal votaram para manter cancelados os títulos de 3,4 milhões de eleitores que não compareceram à revisão cadastral da Justiça Eleitoral. Com a medida, essas pessoas não poderão votar nas eleições de outubro. Foi analisada uma ação do PSB que pedia a reversão do cancelamento dos títulos de quem não compareceu à revisão feita entre 2016 e 2018. Um dos procedimentos da revisão é o cadastramento biométrico. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, cerca de 3,4 milhões de eleitores tiveram o título cancelado, em 1.248 municípios. Mais da metade (54%) dos cancelamentos foi em estados das regiões Norte e Nordeste do país. – UOL

Brasileiros que conviveram com ex de Bolsonaro na Noruega confirmam relatos de ameaça

Cinco brasileiros que vivem na Noruega e conviveram com Ana Cristina Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro (PSL), confirmaram ao jornal Folha de S. Paulo o relato que consta em documento oficial do Itamaraty, redigido em 2011. O registro diplomático informa que ela afirmou ao vice-cônsul naquele país que havia sido ameaçada de morte pelo ex-marido e que por isso havia fugido do Brasil. O caso foi revelado pela Folha, nesta terça (25). Logo após a publicação da reportagem, Ana Cristina divulgou vídeo nas redes sociais no qual negava ter falado sobre o assunto com a embaixada brasileira, rechaçava ter sido alvo de qualquer ameaça e defendia Jair Bolsonaro, atacando a imprensa. – Folha de S. Paulo

Brasil

Número de assassinatos de quilombolas em 2017 foi o maior em dez anos

Nos últimos dez anos, 2017 foi o ano mais violento para as comunidades quilombolas com 18 assassinatos registrados contra essa população. Em comparação a 2016, houve um aumento de 350% no número de quilombolas assassinados. O dado é parte de um trabalho de pesquisa promovido pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) e a Terra de Direitos, em parceria com o Coletivo de Assessoria Jurídica Joãozinho de Mangal e a Associação de Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais da Bahia (AATR). As ocorrências foram identificadas em todas as regiões do país, sendo a Nordeste a mais afetada (49% das situações mapeadas). A Bahia e o Pará foram os estados mais afetados, seguidos de Minas Gerais, do Rio de Janeiro e do Piauí. – Agência Brasil

Ministro da Defesa admite que pode interromper intervenção no Rio para votar Previdência

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, afirmou que, em uma situação ideal, a intervenção federal no Rio de Janeiro deveria chegar ao dia 31 de dezembro -- ou o mais perto possível dessa data. Mas, se for necessário interrompê-la para votar a reforma na Previdência, já há um plano de transição pronto, que poderia ser antecipado. Na terça-feira (25), o presidente Michel Temer (MDB) afirmou que poderia interromper provisoriamente ou definitivamente a intervenção federal na segurança pública no Rio para tentar votar a reforma da Previdência ainda em 2018. A reforma só pode ser feita por meio de emenda constitucional, e a vigência da de uma intervenção federal impede esse tipo de votação. A intervenção no Rio começou em 16 de fevereiro e está programada para terminar em 31 de dezembro. – UOL

Joaquim Roriz, ex-governador do Distrito Federal, morre aos 82 anos

O ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz morreu às 7h50 desta quinta-feira (27), após um choque séptico decorrente de complicações de infecção pulmonar. Ele tinha 82 anos. Roriz estava internado no Hospital Brasília desde 24 de agosto, após sofrer um quadro de pneumonia e febre. Nesta quarta (26), o quadro clínico do ex-governador piorou. Segundo familiares, ele sofreu um infarto à tarde e duas paradas cardíacas e respiratórias no fim da noite, além de enfrentar um quadro infeccioso. Nas primeiras horas da noite, um padre foi chamado para ministrar a extrema-unção. – G1

Mundo

Suprema Corte da Índia derruba lei que criminalizava adultério

A Suprema Corte da Índia descriminalizou nesta quinta-feira (27) o adultério apesar de considerá-lo um motivo legítimo de divórcio. Para os juízes, a lei do período colonial discriminava as mulheres. "Considerar o adultério de um ponto de vista criminal é uma medida retrógrada", afirmou o painel de cinco juízes da Corte Suprema, em uma decisão unânime. Um artigo da lei permitia até então a condenação a até cinco anos de prisão de qualquer homem que tivesse relações sexuais com uma mulher casada sem o consentimento de seu marido. Porém, de acordo com a lei derrubada nesta quinta, as mulheres não eram autorizadas a apresentar nenhuma ação por adultério, nem poderiam ser julgadas responsáveis por esse motivo - o que deixava a questão como um caso sempre relacionado aos homens. – G1

E mais

Ziraldo é internado em estado grave no Rio após sofrer AVC

O cartunista Ziraldo foi internado em estado grave nesta quarta-feira (26) após sofrer um AVC hemorrágico. O mineiro de 85 anos está no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital. Em 2013, o cartunista sofreu um infarto leve em Frankfurt, na Alemanha, e foi submetido a um cateterismo. No ano seguinte, foi internado novamente para exames após passar mal. – G1