O Phil Anselmo fez saudação nazista e gritou "White Power" no Dimebash 2016

Porque é claro que esse babaca tinha que estragar o evento em homenagem ao Dimebag Darrell com essa tosqueira racista de "orgulho branco".

|
28 Janeiro 2016, 5:21pm

Olá, lamentamos informar, mas temos péssimas notícias. O Phil Anselmo, vocalista do Pantera e cabeça do selo Housecore Records, foi filmado gritando "white power" ("poder branco") no Dimebash deste ano. O show fez parte de um evento beneficente que aconteceu em 22 de janeiro em homenagem ao Dimebag Darrell, guitarrista do Pantera morto em 2004. Muitos amigos da banda foram convidados e até rolou um tributo bonito ao Lemmy com o Dave Grohl e o próprio Anselmo. Mas é claro que ele tinha que fazer uma merda e estragar tudo no final.

Depois da apresentação de "Walk", do Pantera, Anselmo foi até a ponta do palco, fez uma saudação nazista à plateia e ainda gritou "white power!", antes de se retirar, causando um misto de vaias e risadas na multidão. Assista abaixo:

No upload do YouTube, o próprio Phil comentou que, na verdade, se tratava de uma piada interna:

"Nós estávamos tomando vinho branco e bêbados pra caralho. Tem muitos outros caras que vocês realmente deveriam encher o saco. Eu amo todo mundo. Não vou pedir desculpas."

Bem, não é a primeira vez que o Phil faz apologia ao orgulho branco em shows, então...

Siga o Noisey nas redes Facebook | Soundcloud | Twitter