FYI.

This story is over 5 years old.

Os Manuscritos dos seus Artistas Favoritos, Vol. 1

Tem "Finado Neguin", dos Racionais MC's, Odair José, Pitty e Fernanda Takai no mesmo papel, Nenê Altro e Periferia S.A. E é só a primeira parte.
08 Abril 2015, 2:00pm

É 2015 e, para nossa alegria, muitas das nossas músicas favoritas ainda nascem com papel, caneta e lápis. Tem rabisco, tem garrancho, tem caligrafia nota 10, tem alinhamento à direita, tem alinhamento à esquerda, tem justificado, tem tremedeira, tem firmeza, tem ponto final enfático e tem timidez na pontuação. Não importa. Daí que, além da gente ser geralmente nerd de música e ter fetiches de fã adolescente, aproveitamos aquela recente modinha de Twitter e de Instagram do #aletradaspessoas para cavucar, pesquisar e publicar alguns manuscritos de artistas que amamos e/ou importam para o mundo de alguma forma. Todas as imagens foram gentilmente cedidas pelos artistas.

As damas primeiro. A mineira Fernanda Takai e a Pitty assinam essa letra cheia de graça sobre mulheres que perguntam o signo, colam selos e guardam sigilos. A música “Seu Tipo” entrou no último disco da Fernanda, Na Medida do Impossível (2014), e quase foi batizada como "Sou do Tipo pra Você".

O Nenê Altro, do Dance of Days, nos mandou uma marcante letra registrada com canetinha vermelha. É a oportunidade de cantar “Comerciais de Cigarro”, do Insônia (2008), sem errar nenhum verso. Essa letra mostra a desistência de algumas frases inteiras que não conseguimos decifrar.

O Odair José fez mais discos do que eu fiz aniversário, e recentemente lançou o 35º álbum da sua carreira, Dia 16. Ele nos cedeu o manuscrito original de “Cores" (rolou até uma assinatura):

O Periferia S.A., punkoso trio da Vila Piauí (São Paulo) e spin-off do Ratos de Porão, senta o papo reto na tua orelha em “Pindorama Pindaíba”, escrita por ele mesmo, a lenda, Jão:

Os paulistanos do Terno Rei capricharam na apresentação da letra de “Trem Leva Minhas Pernas”. Tem até símbolo musical pra dar uma quebrada na estrutura verso abaixo de verso. A letra foi composta pelo Ale Sater.

Eu nem acredito que estamos publicando um Scan da Letra de Forma do Mano Brown. Cacetada! A rapaziada nos presenteou com o valioso manuscrito de “Finado Neguin”, composta pelo Mano Brown e sétima parte do épico "lado A" do último disco do Racionais MC's, Cores & Valores (2014):

EU NEM CONSIGO ACREDITAR QUE ESSA LETRA FOI ESCRITA NUM CADERNO DO STAR WARS!!!!!

O volume 2 dos nossos manuscritos já está no ar. Confere aqui.