Noticias

Boletim Matutino da VICE 13/04/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
13 Abril 2020, 12:07pm
saudegoverno_covid-19_saude_coronavirus0407201803

Brasil

Morre no rio de Janeiro aos 72 anos o cantor Moraes Moreira

O novo baiano Moraes Moreira morreu no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira (13), aos 72 anos. Segundo a família, ele estava bem e ainda não se sabe as causas da morte, aparentemente natural. Além de sucessos solo como “Pombo Correio” e “Vassourinha Elétrica”, que ajudaram a pavimentar o nascimento da axé music através do “eletrificação” do frevo, Moreira também é conhecido por ser um dos fundadores do Novos Baianos (“todas as músicas da banda foram compostas na base do LSD”, disse Moraes em entrevista recente), um dos grupos mais importantes do rock brasileiro nos anos 1970 – o disco Acabou Chorare, de 1972, foi considerado o melhor álbum brasileiro de todos os tempos em uma lista de 2007 da revista Rolling Stone. – Correio

Aparentemente em busca de demissão, Mandetta pede "6, marreco" e truca Blorosano

Como se tivesse um bom acumulado de FGTS para receber no caso de demissão sem justa causa, o ministro da Saúde forçou a barra para cima do chefe e contumaz 'láiveiro' de Facebook Jair Blaronoso em entrevista à TV Globo neste domingo (12). Ele disse que que espera "uma fala unificada e o fim da dubiedade" entre suas orientações e as ações do idoso em grupo de risco Bosoranol. "Isso leva para o brasileiro uma dubiedade, ele não sabe se ele escuta o ministro da saúde ou se escuta o presidente da República", trucou Mandetta. Em tom mais comedido que no início da pandemia, Mandetta voltou a defender que a população brasileira permaneça em casa. "Quando você vê pessoas entrando em padarias, em supermercados, fazendo aquelas filas, uma atrás da outra, encostadas, grudadas, pessoas fazendo piqueniques em parques, aglomeradas. Isso é claramente equivocado", afirmou o ministro, obviamente se referindo aos rolezinhos de Jair. – UOL

Brasolono de rolê em Brasília demonstrando falta de higiene básica

O idoso em grupo de risco Jair Brolonosa (sem partido) ouviu gritos de apoio e também panelaço em novo passeio por Brasília, nesta Sexta-Feira Santa (10), em meio ao isolamento social em vigência no Distrito Federal devido à pandemia de coronavírus. Em um dos momentos, o entusiasta de ditador narcotraficante foi cercado por moradores e, antes de entrar no carro, ignorou orientações sanitárias e, sem demonstrar nenhuma preocupação com a crise do coronavírus, primeiro coçou o nariz com o dorso da mão direita e, segundos depois, passou a cumprimentar uma idosa e outros apoiadores. Essa não foi a primeira vez que Ronalsobo ignorou a pandemia. No mês passado, por exemplo, em meio a um protesto pró-governo, ele participou dos atos, tocou simpatizantes e manuseou o celular de alguns apoiadores para fazer selfies. "Isso não tem preço", disse, à época, em suas redes sociais. – Folha de S. Paulo

Número de mortes por coronavírus mais que dobra em uma semana no Brasil

O balanço dos casos de covid-19 divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo (12) aponta 1.223 mortes e 22.169 casos confirmados. No sábado (11), havia 1.124 mortes e 20.727 casos confirmados. São 1.442 casos (alta de 7%) e 99 mortes (alta de 9%) a mais, em 24 horas. O total de mortes mais que dobrou desde a semana passada. Na segunda-feira(6) eram 553 mortes. O aumento em relação ao total divulgado neste domingo foi de 121%. Apesar de os números divulgados mostrarem o crescimento de casos de contaminação e de mortes no Brasil, Jair voltou a diminuir a gravidade da pandemia neste domingo (12), contrariando tudo o que os especialistas vêm dizendo. Durante um evento com religiosos, na internet, Bolosnaro afirmou que "40 dias depois, parece que está começando a ir embora a questão do vírus." – G1

Com direito a caixão e meme, carretadas pró-morte avançam em SP

Dezenas de apoiadores do negacionista biológico Jair Oblasnoro fizeram uma carretada na tarde do sábado dia 11 pelas ruas de São Paulo para mostrar apoio a ele na condução da crise da covid-19 e na aceleração do colapso do sistema de saúde em todo o país e criticar a Rede Globo, a TV Bandeirantes, a China e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O protesto foi convocado pelo WhatsApp em grupos de caminhoneiros e motociclistas e seu ponto de maior adesão foi no começo da noite, quando a avenida Paulista teve trânsito congestionado em um dos sentidos. Muitos buzinavam e bandeiras do Brasil apareciam por toda a parte. Os discursos eram contra a quarentena e houve bastante reclamação contra o governador de São Paulo. A economia era a principal preocupação das pessoas e o motivo apontado para relaxar o distanciamento social. Entre os protestos em favor do colapso do sistema de saúde esteve gente aparentemente comemorando que o número de mortes por covid-19 mais que dobrou n Brasil ao som do meme dos carregadores de caixão de Gana. – UOL

Banco Mundial prevê retração de 5% no PIB do Brasil em 2020

O Banco Mundial divulgou neste domingo (12) um relatório em que estima uma retração de 5% no PIB do Brasil em 2020. Já a previsão para o PIB do Brasil em 2021 e 2022 é de 1,5% e 2,3%, respectivamente. Essas estimativas estão no relatório "A economia nos tempos da Covid-19", publicado neste domingo. As informações são da France Presse. Ainda de acordo com o documento, o PIB da região da América Latina e Caribe deve encolher 4,6% neste ano – o cálculo não considera a Venezuela. O documento prevê ainda que uma crise mergulhará todos os países da região em recessão – exceto a Guiana, que crescerá, e a República Dominicana, que permanecerá estável. O relatório também aponta que o momento exige "respostas de políticas em diversas frentes para apoiar os mais vulneráveis, evitar uma crise financeira e proteger os empregos". – G1

Taxa de isolamento social em São Paulo chega a 55% neste sábado – ideal seria 70%

Após ter subido dez pontos percentuais entre quinta-feira (9) e a sexta-feira Santa (10), a taxa de isolamento social caiu de novo no sábado (11) e chegou a 55% no estado de São Paulo, segundo o sistema de monitoramento inteligente do governo estadual feito com base nos dados dos celulares da população. Na segunda (6) e terça (7), o estado tinha taxa de 54% de isolamento, que caiu para 49% na quarta e chegou a 47% na quinta (9), menor taxa já registrada desde o início da quarentena. Na sexta, o índice subiu para 57% e caiu para 55% neste sábado. Segundo o governo estadual, para controlar a disseminação da covid-19, o índice ideal é de 70%. O estado nunca chegou a esta taxa: o ápice da quarentena em São Paulo ocorreu no último domingo (5), com 59% de adesão. O governador João Doria (PSDB) prometeu tomar medidas mais rígidas na segunda-feira (13), inclusive com prisão para quem desrespeitar as orientações, caso o isolamento não chegue a mais de 60% neste final de semana. – G1

Prefeito do RJ que não quis fechar templos tá com coronavírus numa unidade de tratamento semi-intensiva

O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, testou positivo para coronavírus. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do município da Baixada Fluminense neste domingo (12). Ele já estava internado no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na Zona Sul da capital, desde a véspera, onde realizou o exame. Reis está na unidade de tratamento semi-intensiva, com "evolução satisfatória", de acordo com a Prefeitura de Caxias. Em um vídeo publicado no fim de março, Washington Reis defendia que as igrejas permanecessem abertas. Naquela época, um decreto do governador Wilson Witzel (PSC) suspendia eventos com aglomerações e, segundo a assessoria de imprensa do estado, com efeito também em templos. "Nossa orientação desde a primeira hora foi manter as igrejas abertas porque a cura virá de lá, né? Dos pés do Senhor. Vamos, se Deus quiser, orar. Agora mesmo estou indo para o monte, daqui a pouco. Estamos buscando... Duque de Caxias tem uma proteção de Deus para que escape dessa epidemia que vem ceifando milhares de vidas pelo mundo afora", disse o prefeito no fim do mês passado. – G1

Presidente de Câmara Municipal em Pernambuco tem morte confirmada por covid-19

O vereador Cícero Pinheiro (PTB), presidente da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, no Grande Recife, teve a morte confirmada pelo novo coronavírus no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde neste domingo (12). Além de Pinheiro, outras 12 mortes foram confirmadas e Pernambuco chegou a 85 óbitos por covid-19 e 960 casos confirmados. O político morreu na sexta-feira (10), após três dias internado no Hospital da Polícia Militar. Na nota divulgada no sábado (11), a Polícia Militar já havia informado que ele tinha "quadro clínico compatível com covid-19", mas que ainda era aguardado o resultado do exame. O vereador foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na quinta-feira (9). Pinheiro, que era policial militar da reserva, tinha 42 anos e deixou esposa e três filhos. Segundo a assessoria do político, ele era diabético e hipertenso. – G1

Carro funerário muda caminho para mãe dar adeus ao filho no AP

A terceira vítima decorrente do novo coronavírus no Amapá, o motorista Moacyr Silva, 56, não contou ontem com velório, por determinação do protocolo das autoridades de saúde, mas a mãe dele, Maria Silva, 90, conseguiu ter um pedido seu atendido pela funerária. O carro que levava o caixão ao cemitério aceitou mudar o percurso para passar em frente à casa dela. Assim, ela pôde se despedir do filho, ainda que à distância. O gesto da funerária também serviu de consolo aos amigos de Moacyr. Ao entrar na rua onde a mãe da vítima mora, o carro ligou a sirene e os vizinhos saíram das residências para aplaudir. O veículo parou em seguida em frente à casa da idosa, que ao lado de familiares pôde dar o último adeus. – UOL

PM é acionada para dispersar baile funk na Zona Leste de SP durante quarentena

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que a Polícia Militar foi acionada na madrugada deste sábado (11) para intervir em um baile funk que aconteceu na Zona Leste da capital. “A Polícia Militar foi acionada para intervir em um baile funk ocorrido na madrugada deste sábado (11), na Rua Edson Danillo Dotto, Cidade Tiradentes, Zona Leste da Capital. Equipes da Força Tática foram ao local e dispersaram a multidão. A PM notificou a prefeitura sobre o ocorrido”, informou em nota a SSP. O ex-prefeito regional de Cidade Tiradentes, Ozziel Souza, postou um vídeo nas redes sociais na noite da sexta (10) mostrando várias pessoas e carros circulando na Rua Edson Danilo Dotto, conhecida pelos moradores como Rua da Sorte. – G1

Em SP, 70% das vítimas de feminicídio em 2019 foram mortas em casa

Um estudo feito pelo Instituto Sou da Paz mostra um crescimento de 40% nos casos de feminicídios cometidos dentro de casa entre 2018 e 2019. Em comparação com o total de vítimas fatais, 70% delas foram assassinadas dentro de seus lares. "O fato de a maioria ser dentro de casa dificulta muito que os serviços policiais acessem essa vítima e joga luz em outra questão: como se estrutura a rede de acolhimento por parte de outros serviços? Como o sistema de saúde, que precisa prestar serviço psicológico, pode atuar? E a assistência social?", afirma a diretora do Instituto Sou da Paz, Carolina Ricardo. A ONG analisou os registros criminais de todo o estado de São Paulo, tendo como base os números disponibilizados pela SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública de São Paulo) e pelas corregedorias das polícias Civil e Militar. Os dados totais englobam os crimes consumados — 130 e 173 em 2018 e 2019, respectivamente — e tentados — sete nos dois anos. – UOL

Mundo

EUA contabilizam 1.514 mortos por coronavírus em 24 horas

Os Estados Unidos registraram 1.514 mortes relacionadas à pandemia de coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com uma contagem da Universidade Johns Hopkins às 20h30 (horário local) deste domingo (12). A informação é da agência France Presse. O número de mortes foi menor do que o número do dia anterior, de 1.920. A pandemia já matou pelo menos 22.020 pessoas nos EUA, mais do que qualquer outro país. Os Estados Unidos são o país com o maior número de casos e mortes no mundo. Neste domingo, os dados da Johns Hopkins contabilizam 555 mil casos confirmados e 22 mil mortes. – G1

Equador retira quase 800 corpos de residências de Guaiaquil, foco da pandemia

O governo do Equador anunciou ontem que retirou quase 800 corpos corpos de pessoas que morreram em suas residências nas últimas semanas em Guaiaquil, epicentro do coronavírus no país, após o colapso dos hospitais e das funerárias pela pandemia. "A quantidade que coletamos, com a força-tarefa nas casas, excedeu 700 pessoas" mortas, disse Jorge Wated, que lidera uma equipe de policiais e militares criada pelo governo diante do caos desencadeado em Guaiaquil pela covid-19. Ele informou em sua conta no Twitter que a força-tarefa conjunta, que atua há três semanas, fez o balanço legal de 771 mortos em residências e 631 em hospitais, que têm os necrotérios lotados. As autoridades, que agora enfrentam denúncias de pessoas que exigem os corpos de parentes mortos durante a pandemia, sepultaram quase 600 vítimas fatais da doença. – UOL

França relata problemas cardíacos e mortes em quem usou hidroxicloroquina

Na França, pacientes com coronavírus tratados com hidroxicloroquina apresentaram problemas cardíacos e quatro deles morreram, informou a Agência Nacional de Vigilância de Medicamentos francesa, a ANSM. A agência francesa iniciou em 27 de março uma pesquisa sobre efeitos colaterais de drogas utilizadas experimentalmente no tratamento do coronavírus, para investigar possíveis efeitos colaterais das drogas. A agência francesa informou ter identificado ao menos 43 pacientes com complicações cardíacas após o uso de hidroxiloroquina no tratamento, isoladamente ou em associação com a azitromicina. Sete dos pacientes sofreram paradas cardíacas e, entre esses, quatro morreram, segundo o jornal francês L'Express. – UOL

Boris Johnson deixa hospital após ficar na UTI por causa do novo coronavírus

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, hospitalizado há uma semana com covid-19, deixou o hospital neste domingo (12). Ele não vai voltar ao trabalho imediatamente e permanecerá em recuperação em casa. O balanço da universidade americana Johns Hopkins até as 9h50 deste domingo aponta que o Reino Unido tem 79,8 mil casos confirmados e 9,8 mil mortes devido à pandemia. Johnson, de 55 anos, foi levado ao hospital St. Thomas, em Londres, no dia 5 de abril. Dez dias antes, ele havia testado positivo para o Sars-Cov-2, o novo coronavírus. O político passou três noites em terapia intensiva (UTI) antes de seguir para uma ala de cuidados na quinta-feira (9). – G1

Vulcão Anak Krakatau entra em erupção na Indonésia

O vulcão Anak Krakatau, que em 2018 causou a morte de 439 pessoas ao provocar um tsunami na Indonésia, entrou em erupção novamente neste sábado, 11. Autoridades do país afirmaram que, além do magma, o 'filho do Krakatoa' também provocou nuvens de cinzas e fumaça de mais de 500 metros de altura. O serviço de vulcanologia da Indonésia divulgou um comunicado informando que o Krakatua, um dos vulcões mais ativos do país, entrou em erupção por duas vezes durante a noite, ficando em atividade por quase 40 minutos. As autoridades do país informaram que seguem supervisionando uma possível nova erupção do vulcão. Descoberto em 1927, o Anak Krakatau emergiu das águas mais de meio século depois da grande erupção do lendário vulcão Krakatoa, que foi destruído por uma série de erupções massivas em 1883. Os efeitos da atividade vulcânica intensa foi sentida ao redor do mundo por semanas e custou a vida de 36 mil pessoas. – Estadão

Durante quarentena EUA registram maior consumo de maconha da história

Uma pesquisa revelou que o consumo de maconha disparou nos EUA durante a quarentena. O levantamento, que ouviu 2,5 mil pessoas, foi feito pela empresa Cowen & Co., que atua no ramo dos investimentos. Em março, 33% dos entrevistados afirmou já ter experimentado a droga em algum momento da vida. No mês anterior, apenas 12,8% disseram a mesma coisa. O índice de 2019 era de 12,8%. As vendas do produto flutuaram em março. Primeiro, dispararam com pessoas que correram às lojas e mercados para estocar produtos, segundo a consultoria. Na segunda semana do mês, chegou a 64%, a maior taxa já registrada desde o início de 2019. Depois, diminuíram nas últimas semanas do mesmo mês. – Extra

E mais

Colegas pedem demissão de apresentador que sugeriu 'campos de concentração' para infectados

Os jornalistas do SBT enviaram na sexta-feira (10) uma carta de repúdio às declarações do apresentador Marcão do Povo, do "Primeiro Impacto", que na última semana sugeriu "campos de concentração" para pessoas que estivessem com o coronavírus. Os jornalistas querem que Marcão seja dispensado da emissora após os 15 dias de suspensão que foram impostos a ele. Na carta os jornalistas acusam Marcão do Povo de não seguir as recomendações de higiene recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e determinadas para a redação do SBT, colocando em risco a vida dos colegas. Além disso, a carta, enviada por e-mail e WhastApp, afirma que a fala de Marcão é inadmissível e não condiz com a história do SBT, concluindo que ele não é digno de ser contratado pela emissora paulista. – UOL