Mercenários por trás da tentativa de golpe na Venezuela alegam ter feito a segurança de Trump

Num post no Instagram e num vídeo promocional da Silvercorp, Jordan Goudreau diz que a empresa fez a segurança de um comício de Trump em novembro de 2018.
Traduzido por Marina Schnoor
06 Maio 2020, 1:42pm
Mercenários Venezuela

A Silvercorp, a empresa mercenária pega no domingo numa tentativa bizarra de derrubar o governo venezuelano, alega ter feito a segurança para o presidente Trump dois anos atrás em um de seus comícios na Carolina do Norte.

Comandada por Jordan Goudreau, ex-soldado das forças especiais dos EUA, a empresa de segurança da Flórida virou manchete quando dois de seus funcionários, segundo o presidente venezuelano Nicolás Maduro, estavam entre 13 terroristas detidos pelas forças venezuelanas enquanto tentavam uma incursão armada no país. (Oito pessoas teriam morrido na tentativa fracassada de invasão.) Uma foto postada no Instagram pela empresa parece ter sido tirada dos bastidores de um comício do presidente Trump em outubro de 2018 em Charlotte, Carolina do Norte.

“Protegendo nossos maiores ativos”, dizia a postagem. Um homem de terno usa um ponto na orelha ao fundo de um comício com outros dois indivíduos. A mesma foto é usada no site oficial da empresa, com a cabeça aumentada da figura em preto e branco, destacando o fio do ponto atrás da cabeça.

Um funcionário da Silvercorp num comício de Trump.

Um dos vídeos promocionais da empresa mostra um funcionário da Silvercorp entre a segurança atrás do presidente Trump naquele mesmo comício em Charlotte. No vídeo, Trump está falando com uma multidão atrás de um pódio. A Motherboard confirmou de maneira independente que o vídeo foi feito no comício de Charlotte, comparando as pessoas que aparecem no vídeo postado pela Silvercorp com fotos da imprensa do mesmo comício.

A Associated Press informou que Goudreau foi apresentado a Keith Schiller, o guarda-costas de longa data de Trump, e o acompanhou numa reunião em Miami com representantes da figura de oposição venezuelana Juan Guaidó em maio de 2019.

Captura de tela de um vídeo promocional da Silvercorp mostra um funcionário da empresa (frente) atrás de Trump.

Em outro post de novembro de 2018, Goudreau aparece sentado num restaurante de Houston com vários outros homens, com um boné “Make America Great Again” ao lado dele. Trump fez um comício em Houston antes das eleições de meio de mandato em 2018. Outra postagem de março de 2019 mostra Goudreau caminhando para um jatinho particular, com a legenda “#potussecurity”, uma referência ao presidente.

No domingo, a Silvercorp tuitou que uma força-tarefa estava invadindo a Venezuela, tagueando o presidente americano:

A Casa Branca não respondeu imediatamente os pedidos de comentário da Motherboard sobre sua ligação com a Silvercorp.

Joseph Cox contribuiu com esta reportagem.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.