Publicidade
Noticias

Garotinho foi preso ao vivaço em seu programa de rádio

Mais uma cena espetacular protagonizada pelo ex-governador do RJ acusado de compra de votos.

por Equipe VICE Brasil
13 Setembro 2017, 5:39pm

Garotinho, preso mais um vez, acusado de compra de votos no RJ. Foto: Agência Brasil

Garotinho foi preso de novo. Depois da mais espetacular cena de 2016, quando o ex-governador do Rio de Janeiro foi conduzido, numa maca, a Bangu, Anthony Garotinho teve seu programa de rádio, o Fala Garotinho, interrompido ao receber voz de prisão. No momento da prisão, o político surgia falando que 70% dos casais que se separam após os 40 anos tem problema com sexo — e fazia a propaganda de um remédio afrodisíaco.

O político foi conduzido pela Polícia Federal, na manhã desta quarta (13), até o IML de Campos dos Goytacazes, de onde seguirá para a prisão domiciliar, sendo monitorado via tornozeleira eletrônica.

Enquanto ocupou uma secretaria municipal no município fluminense de Campos dos Goytacazes, Garotinho teria se beneficiado do sistema de assistência social da prefeitura local. A PF acusa o político de usar o Cheque Cidadão para comprar votos — o programa teria sido inflado artificialmente para incluir 18 mil beneficiários, que em troca prometeriam votar em Rosinha.

A nova ordem de prisão, como informa o G1, é do juiz Ralph Manhães, da 100º Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes. De acordo com Manhães, o réu praticou uma série de atos para impedir o avanço da ação penal.

Ao assumir o programa de rádio, o locutor Cristiano Santos informou que "o nosso Garotinho até tentou, mas a voz foi embora e que a orientação médica é se cuidar até melhorar".

A prisão domiciliar de Garotinho permite que ele mantenha contato com a esposa, a ex-governadora Rosinha Matheus, com os filhos, netos e a mãe, assim como com os advogados.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .