Entretenimento

Facebook se desculpa mais uma vez por explorar emoções dos usuários

“Desculpa, desculpa, estou tentando dar um jeito.”
02 Maio 2017, 8:06pm
Crédito: Flickr/The Crunchies!

No domingo, parte das pesquisas realizadas pelo Facebook sobre o estado emocional de seus usuários caiu nas graças do público. É tudo bem assustador, e a empresa mais uma vez pediu desculpas pelo que sempre faz e não quer que seu público pense a respeito.

O motivo da polêmica foi o vazamento de um documento interno de 23 páginas da companhia que detalhava o comportamento (medos, anseios, estados emocionais) de grande parte da base de usuários jovens e de idade escolar da plataforma. O conteúdo seria apresentado a um banco australiano. No meio do caminho, porém, o jornal The Australian teve acesso aos pormenores e os publicou numa reportagem.

O mesmo documento supostamente descrevia como o Facebook pode determinar quando os usuários estão se sentindo "imprestáveis" ou de alguma forma insatisfeitos consigo mesmos. Isso é preocupante porque dá aos anunciantes a possibilidade de usar as inseguranças das pessoas para afetá-las.

Leia o resto da reportagem em Motherboard.