Publicidade
VICE News duplicate

O apocalipse do papel higiênico de Taiwan.

Consumidores estão em pânico e a “culpa” é do Brasil e do Canadá.

por David Gilbert; Traduzido por Marina Schnoor
27 Fevereiro 2018, 2:10pm

Imagem via Departamento de Proteção ao Consumidor de Taiwan (crédito: Taiwan Central News Agency).

Problemas de produção no Brasil e incêndios florestais no Canadá estão causando um “apocalipse do papel higiênico” em Taiwan.

Os taiwaneses passaram o final de semana estocando papel higiênico, antes de um aumento previsto para os preços que pode chegar a 50%.

Muitos mercados viram suas prateleiras de papel higiênico esvaziadas, levando a mais pânico enquanto as pessoas achavam que o suprimento ia acabar totalmente.

Segundo o canal de compras para o lar de Taiwan, ET Mall, seis dos 20 itens mais vendidos foram papel higiênico – e a procura foi 10 vezes maior que o normal.

O Departamento de Proteção ao Consumidor tem tentado acalmar o medo de uma crise dizendo que os supermercados vão conseguir reestocar suas prateleiras.

O problema tem raízes no custo da polpa de celulose de fibra curta, que é usada na fabricação de papel higiênico. Segundo o Ministério da Economia de Taiwan, o preço da base subiu de uma média de US$ 650 por tonelada para mais de US$ 800 em fevereiro – o resultado de problemas de produção no Brasil e incêndios florestais no Canadá.

O YFY Inc., um dos maiores fornecedores de papel higiênico de Taiwan, disse que o aumento no preço da polpa fez o custo subir mais de 50% desde o meio de 2017.

Numa tentativa de impedir o pânico, o Departamento de Proteção ao Consumidor disse no domingo que recebeu garantias dos quatro maiores revendedores de papel higiênico do país de que os preços não vão subir até o meio de março.

Um empreendedor até colocou pacotes de papel higiênico numa máquina de garra, com as fichas custando 20 novos dólares taiwaneses (US$ 0,68).

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .