Quantcast

Documentos apontam caixa 2 em campanha do vereador Fernando Holiday

Uma planilha divulgada pelo BuzzFeed mostra pagamentos a 26 cabos eleitorais supostamente não declarados à Justiça Eleitoral.

Equipe VICE Brasil

Foto: Agência Brasil.

Uma planilha divulgada nesta segunda (13) pelo BuzzFeed aponta para um possível caixa 2 na campanha do vereador e líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Fernando Holiday (DEM). Os pagamentos teriam sido feito para cobrir custos com panfletagem na região da Av. Paulista e Faria Lima, em São Paulo, durante a corrida eleitoral de 2016.

Os dados mostram que 26 cabos eleitorais foram contratados e pagos com dinheiro não declarado à Justiça Eleitoral. Foram oferecidos R$ 60 como pagamento pela diária de panfletagem. Os pagamentos seriam realizados em um shopping na região da Paulista, onde as pessoas recebiam um envelope com o dinheiro e assinavam a lista de presença.

Os gastos declarados à Justiça Eleitoral com panfletagem na campanha de Holiday seriam feitos por intermédio de uma empresa chamada Classe A, que dispõe de funcionários próprios para realizar a distribuição de santinhos. Já os cabos eleitorais ouvidos pelo BuzzFeed dizem ter respondido à convocação da função por meio do Facebook.

A empresa Classe A informou ao BuzzFeed que os funcionários contratados para as atividades de panfletagem do então candidato a vereador usavam uniformes da empresa e nunca receberam dinheiro de imediato. As pessoas ouvidas pelo site, no entanto, disseram usar camisetas da campanha do próprio Holiday e terem recebido o pagamento ao fim do dia de trabalho.

Por meio de nota, Fernando Holiday informou que a prestação de contas de sua campanha foi entregue e aprovada pela Justiça Eleitoral, conforme a legislação vigente e que como não há qualquer acusação formal por parte do órgão, considera válida a aprovação de suas contas.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.