Noticias

Boletim Matutino da VICE 31/01/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
31 Janeiro 2020, 11:53am
mcmgo_abr_09051915376

Brasil

Líder de Bolsonaro no Senado é dono de concessionária que recebeu propina, diz PF

A Polícia Federal afirma que o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB/PE), líder do governo Jair Bolsonaro, é o verdadeiro dono de uma concessionária da Jeep apontada por delatores como destinatária de propinas ao parlamentar, que também teria atuado pela concessão de benefícios fiscais à marca até 2025 no Nordeste do País. A suspeita já existia e foi reforçada após a análise de documentos apreendidos no gabinete do senador, além de conversas dele com familiares e empresários no aplicativo WhatsApp. Bezerra Coelho foi alvo de buscas e apreensões no dia 19 de setembro, na Operação Desintegração, que mira em supostas propinas de R$ 5,5 milhões de empreiteiras à época em que ele foi ministro da Integração do governo Dilma Rousseff. Nesta quarta-feira (29) o Estadão revelou que a PF está investigando negócios do senador em um paraíso fiscal norte-americano com um dos empreiteiros suspeitos de pagamentos de propina. – UOL

Jair Bolsonaro passa por exames no Hospital das Forças Armadas

O presidente Jair Bolsonaro passou por exames no começo da noite desta quinta-feira (30) no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Ele voltou à capital federal depois de visitar as cidades atingidas pelas chuvas em Minas Gerais. De acordo com fontes do hospital, ele passou por exames de rotina que estavam programados e deixou o local por volta das 20h30. A assessoria do Planalto não confirmou a ida de Bolsonaro ao hospital, mas o presidente cancelou a tradicional live nas redes sociais que faz às quintas-feiras. E, até o momento, a agenda do presidente não possui compromissos oficiais para esta sexta. Representantes da Presidência da República e ministros do governo não responderam quando procurados para comentar o motivo da ida do presidente ao hospital. – Veja

Secretário de Educação Superior do MEC pede demissão do cargo em meio a crise do Enem

O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Arnaldo Barbosa de Lima Junior, pediu demissão do cargo nesta quinta-feira (30). A informação foi divulgada pelo Estadão. Lima é servidor de carreira do Ministério do Planejamento – atual Ministério da Economia – e deve voltar à função que ocupava. Economista de formação, ele foi nomeado por Abraham Weintraub para coordenar uma das maiores subpastas do ministério. Até a publicação desta reportagem, o Ministério da Educação ainda não tinha anunciado um substituto para o cargo. Segundo o organograma disponível no site do MEC, não há um secretário-adjunto nomeado na área de educação superior. – G1

Regina Duarte quer demitir presidente da Funarte que ligou rock a satanismo

Uma das primeiras medidas de Regina Duarte no comando da Secretaria Especial da Cultura será trocar a presidência da Funarte, órgão público de investimento direto na área cultural. A atriz, que nesta quarta (29) aceitou entrar para o secretariado do governo Bolsonaro, já está sondando um outro quadro, Humberto Braga, que presidiu a mesma Fundação Nacional de Artes durante o governo Temer, em 2016. Com a medida, e se Braga disser "sim", cai o músico Dante Mantovani, atual presidente da fundação, cuja nomeação por Roberto Alvim, o secretário demitido após associação com o nazismo, gerou polêmica. Mantovani foi associado ao terraplanismo por ter participado de eventos em que o assunto foi tratado e também fez ligações entre o rock e o satanismo. – Folha de S. Paulo

Governo tem 115 projetos e quer leiloar ao menos 6 estatais em 2020

A carteira de projetos já anunciados que o governo Bolsonaro pretende transferir para a iniciativa privada soma atualmente 115 ativos. Desse total, a promessa é que ao menos 64 sejam leiloados ainda neste ano, incluindo a venda de 6 estatais, o leilão do 5G, além de concessão de aeroportos, rodovias, ferrovias e até parques nacionais. O número de leilões previstos para 2020 é maior que o realizado em 2019, quando o governo conseguiu tirar do papel 47 projetos (13 terminais portuários, 1 ferrovia, 1 rodovia, 12 aeroportos, 14 projetos de energia, 4 de óleo e gás e o leilão da Lotex). Nesta semana, o governo decidiu mudar, pela segunda vez em um ano, a pasta que comanda as privatizações. O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) deixou a Casa Civil do ministro Onyx Lorenzoni e, conforme foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31), passou a ser coordenado pelo Ministério da Economia de Paulo Guedes. – G1

TJRJ assegura escolta para mais de 20 juízes ameaçados por milicianos

Pelo menos 22 magistrados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) passaram a andar escoltados depois de receber ameaças de milicianos. A proteção da integridade dos juízes tem sido uma das tarefas da 1ª Vara Criminal Especializada no Combate ao Crime Organizado, criada no ano passado. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (30) pelo presidente do TJRJ, desembargador Claudio de Mello Tavares. Ele disse que o grupo, que foi alvo da Operação Intocáveis II, deflagrada nesta quinta-feira (30), é um dos que tentam intimidar juízes. Tavares afirmou que a 1ª Vara Criminal Especializada no Combate ao Crime Organizado tem se mostrado capaz de dar uma resposta aos milicianos. Ela é composta por três juízes que podem inclusive assinar sentenças em conjunto. – Agência Brasil

Damares discursa em evento no Chile e plateia vira de costas em protesto

A ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, foi alvo de protestos durante a 14ª Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe, no Chile. Enquanto Damares discursava, um grupo de mulheres na plateia se levantou e ficou de costas para ela. O caso aconteceu na noite de ontem. Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível ouvir a ministra brasileira falando sobre o combate à violência contra a mulher no Brasil e ver parte do público de pé e de costas. Damares continuou discursando mesmo assim. No Twitter, opositores e críticos ao governo e à ministra repercutiram o ocorrido. – UOL

Lorena Vieira relata caso de racismo em agência do Itaú

Na tarde de hoje, a jovem Lorena Vieira contou ter sido vítima de racismo em uma agência bancária do Itaú, no Rio de Janeiro. Segundo Lorena, que é noiva do músico Rennan da Penha, ela foi retirada do banco pela Polícia Civil e "esculachada". A modelo relatou nas redes sociais que os funcionários do banco suspeitaram de fraude, pediram para ela esperar até o problema ser resolvido e chamaram a polícia. O DJ também se manifestou sobre o caso e explicou que a suspeita dos funcionários aconteceu porque na foto do documento de identidade ela está com os cabelos lisos e chegou na agência com os cabelos cacheados. Lorena contou que seu dinheiro está retido pelo banco e que quase foi presa. "Não é porque eu sou preta e humilde que eu sou criminosa", encerra. Ela foi levada até uma delegacia para prestar esclarecimentos, de acordo com Rennan. O músico afirmou ainda que pretende processar o banco. – UOL

Cliente chama garçom de restaurante em SP de 'negrinho' e 'preto sujo'

Funcionários de um restaurante em Santos, no litoral de São Paulo, foram vítimas de racismo por parte de um cliente. Revoltado com a situação, o proprietário do estabelecimento resolveu expor a situação nas redes sociais. Dario Costa, que foi semifinalista de um reality show culinário, afirmou nesta sexta-feira (30) que entrará com um processo por danos morais e que o cliente está proibido de frequentar o restaurante. O episódio, relatado por Dario em diversos vídeos publicados em uma rede social onde tem mais de 81 mil seguidores, aconteceu na noite da última terça-feira (28) no restaurante Madê. Segundo ele, o cliente, de aproximadamente 50 anos, chegou ao restaurante com a esposa e o neto. Desde o início do atendimento, ele tratou a equipe com grosseria. – G1

Acusado de atentado contra Porta dos Fundos decide ficar na Rússia

A defesa do economista Eduardo Fauzi, de 41 anos, acusado pela Polícia Civil do Rio de ser um dos responsáveis pelo ataque com coquetéis molotov à produtora do grupo humorístico Porta dos Fundos, na madrugada de 24 de dezembro, afirmou em nota divulgada nesta quinta-feira, 30, que, diante da decisão judicial que manteve a ordem de prisão contra Fauzi, ele deve permanecer na Rússia, onde está desde 29 de dezembro. O economista tinha passagem aérea para retornar ao Brasil nesta quinta-feira, mas não voltará. "A defesa orientou Eduardo a não retornar ao Brasil, haja vista haver sérias discussões acerca da legalidade da decretação da sua prisão temporária. A orientação visa assegurar seu direito à liberdade e impedir que Eduardo seja segregado de forma ilegal, o que seria um erro insanável, diante da condição de presumivelmente inocente", afirma a nota, assinada pelos advogados Diego Rossi Moretti e Jonas de Oliveira. – UOL

Instituto de direita acusa Havan de usar sua marca sem permissão em vídeos infantis

Personagens infantis são protagonistas de uma disputa de marcas no Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) que envolve o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, e uma entidade educacional de direita sediada em Goiânia, o Instituto Liberdade e Justiça. Hang, conhecido por seus ternos extravagantes e pela proximidade com o presidente Jair Bolsonaro, lançou no ano passado a Turminha da Liberdade, uma série vídeos de animação num canal no YouTube. Uma pequena Estátua da Liberdade, símbolo da cadeia de lojas, canta musiquinhas infantis com seus amiguinhos, no estilo Galinha Pintadinha. O problema é que já existia, desde 2018, outra Turminha da Liberdade, criada pelo advogado Giuliano Miotto, presidente do instituto goiano. – Folha de S. Paulo

Mundo

Província registra 42 novas mortes e casos de coronavírus passam de 9,7 mil na China

A província chinesa de Hubei, epicentro da epidemia do coronavírus 2019 n-CoV, registrou 42 novas mortes e mais 1.220 casos confirmados. Com esses registros, 213 pessoas morreram devido à doença na China, com 9.720 infecções. Mais cedo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência de saúde internacional. Os Estados Unidos tiveram a primeira transmissão local do vírus. Itália, Índia e Filipinas registraram os primeiros casos confirmados, totalizando 20 países. No Brasil, o Ministério da Saúde monitora 9 pacientes com suspeita da doença. Na China já são 5.806 casos confirmados, 804 deles graves. 2.639 estão na cidade de Wuhan, onde ocorreram as primeiras infecções, em mais de 32 mil pessoas estão em observação. – G1

OMS declara emergência de saúde pública internacional por coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta quinta-feira (30) emergência de saúde pública internacional em decorrência do surto da nova mutação do coronavírus (2019-nCoV), primeiro reportada na cidade de Wuhan, na China, em dezembro de 2019. “Não sabemos que tipo de dano esse vírus poderia causar se se espalhar em um país com um sistema de saúde mais fraco, e que esteja mal preparado para lidar [com o surto do 2019-nCoV]. Temos que agir agora”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom. Adhanom ressaltou que o principal motivo para a declaração de emergência internacional não é a transmissão do novo coronavírus dentro do território chinês, mas sim o que “está ocorrendo em outros países”. Nesta quinta, os Estados Unidos confirmou o primeiro caso de transmissão do 2019-nCoV entre pessoas em solo americano. Alemanha, Japão e Vietnã já haviam confirmado casos de transmissão. – Veja

Greta Thunberg é novamente indicada ao Nobel da Paz

A jovem militante sueca contra as mudanças climáticas Greta Thunberg e seu movimento “Sextas-Feiras para o Futuro” foram indicados ao Prêmio Nobel da Paz em 2020 por dois deputados suecos, anunciaram os parlamentares nesta quinta-feira (30). “Greta Thunberg é ativista climática e a principal razão pela qual merece o prêmio Nobel da Paz é que, apesar de sua juventude, não deixa de alertar os líderes da crise climática”, escrevem Jens Holm e Håkan Svenneling, do Partido da Esquerda no parlamento, em um e-mail enviado ao Comitê Nobel da Noruega. “Sextas-feiras para o Futuro (‘Fridays For Future’) é o movimento criado em torno de Greta Thunberg. Sem ele e Greta Thunberg, a questão climática não teria ganhado tanta importância”, explicaram no documento. Greta Thunberg tem 17 anos e seu nome já estava entre aos candidatos ao Nobel da Paz no ano passado. – Exame

Interpol recusou 'alerta vermelho' contra Morales, mas Bolívia retomará pedido

A Interpol recusou um pedido de "alerta vermelho" contra o presidente Evo Morales, mas o Ministério Público boliviano "solicitará novamente a ativação" dessa medida, informou nesta quinta-feira (30) o procurador-geral Juan Lanchipa. O selo vermelho é "um aviso internacional sobre pessoas procuradas, mas não significa uma ordem de prisão", segundo a página do Interpol. "Esperamos a resposta da Interpol para que nos aponte de forma concreta qual o motivo para não ter aceitado a nossa solicitação", disse Lanchipa, em resposta a jornalistas. No final de novembro, a Justiça boliviana afirmou que tinha ativado um "alerta azul" na Interpol para que Morales fosse investigado no México, onde recebeu asilo após renunciar no último 10 de novembro. Em seguida, no mês de dezembro, ele foi asilado em Buenos Aires. – UOL

Havaí é o 26º estado dos EUA a descriminalizar a maconha

Posse de cannabis em poucas quantidades, até três gramas, não é mais crime no Havaí. O estado é o 26º dos EUA a descriminalizar o uso da maconha. O portador de uma quantidade maior do que estipulada por lei, terá que pagar multa de US$130, sem possibilidade de prisão. Embora a quantidade limite de porte seja bem menor do que outros estados, os defensores da emenda são otimistas que este seja um dos primeiros passos para uma reforma mais ampla. A expectativa na política americana é que outros estados tenham reformas similares ainda neste ano. Em Nova Jersey, por exemplo, o governador Phil Murphy declarou recentemente que legisladores comecem a pensar detalhes de uma possível lei para ser votada em novembro. – Hypeness

E mais

SP cancela bloco de Anitta por segurança; produção procura outro lugar

A prefeitura de São Paulo cancelou o Bloco das Poderosas, da cantora Anitta, que seria realizado na região da Berrini, zona sul da capital paulista, conforme decisão publicada no Diário Oficial de hoje. O motivo da revogação ocorreu por medida de segurança. A assessoria da cantora confirmou a informação, mas garantiu que a produção está procurando outro local para fazer o desfile em segurança. Além do Bloco das Poderosas, outros três blocos também foram cancelados. São eles: Bloco Batuntã, Bloco Navio Pirata e Bloco Troça Elétrica. A prefeitura também decidiu mudar o trajeto de outros 100 blocos, segundo informação da TV Globo. – UOL