Publicidade
Outros

Más notícias: Corey Feldman não vai mais dar festas por minha causa

No comunicado, o escritor diz que Corey está eliminando a parte de festas da empresa Corey's Angels, pois minha cobertura de uma festa em 2013 prejudicou a marca e fez os eventos se tornarem “medíocres”.

por Jamie Lee Curtis Taete
23 Setembro 2015, 10:30am

Alguns anos atrás, escrevi uma matéria sobre uma festa de aniversário deprê que Corey Feldman deu em sua casa. No começo deste mês, quase dois anos depois, o ator anunciou num comunicado à imprensa que não ia mais dar festas, tudo por causa dos danos que causei à sua marca.

A festa aconteceu em 2013 numa McMansão alugada em Serman Oaks, onde Corey teria dado calote no aluguel. O ingresso custava US$ 250 para homens, mas mulheres entravam de graça – desde que mandassem fotos de roupa de baixo para que o Corey aprovasse e usassem lingerie durante o evento.

No público, estavam os anjos do Corey, um grupo de mulheres que era parte de uma empresa montada por ele, a Corey's Angels. Na época, o ator descreveu o evento como uma "experiência interativa 360º". Ainda hoje, não está claro o que isso significava.

Pontilhando a casa esparsamente mobiliada de Corey, havia cartazes dos filmes estrelados por ele nos dias de glória. As molduras eram das mais vagabundas. Do tipo que você consegue por 5 paus extras na Amazon. Elas criavam uma representação perfeita da realidade atual de Corey.

A festa, sem surpresa, foi triste. Prometi a Corey que ele faria a edição final da minha cobertura; então, escrevi comentários positivos que só ele não perceberia que eram piadas. O ator assinou o texto, chamando isso de "matéria ótima!". Quando percebeu que as pessoas estavam rindo da cara dele, Corey ficou muito puto comigo e tentou destruir minha reputação na internet.

Apesar disso, Corey continuou dando suas festas. E, julgando pelo que um colega contou sobre uma dessas festas no ano seguinte, elas continuaram a ser tão deprês como aquela em que estive.

Ele e seus anjos passaram por alguns maus bocados ultimamente. Em julho, um time de basebol se desculpou publicamente pela qualidade de um show da banda formada por Corey e seus anjos durante um de seus jogos.

Aí, no mês passado, ele e dois de seus anjos apareceram num episódio de Celebrity Wife Swap [o Troca de Esposas com celebridades], no qual ele trocou Courtney, seu principal anjo, pela noiva do comediante Tommy Davidson.

No episódio, Corey descreveu o que exatamente a Corey's Angels fazia. Ele disse que tudo começou porque ele percebeu que tinha ajudado muitas mulheres em suas carreiras sem ganhar nada em troca. "Elas fizeram sucesso, e o que eu ganhei com isso? Pouca coisa. Por isso, criei essa empresa", ele contou. Então, para nunca mais fazer nada altruísta na vida, o ator criou "uma empresa de gerenciamento, produção e desenvolvimento", cujo público-alvo era as mulheres jovens e bonitas que quisessem entrar na indústria do entretenimento.

Parte do contrato que Corey fazia seus anjos assinarem. Screenshot via YouTube.

Ele explicou que, quando as mulheres assinavam com a Corey's Angels, elas tinham de se mudar para a casa dele e concordar em viver segundo regras austeras: nada de álcool, nada de visitantes do sexo masculino, exercícios obrigatórios, código de vestimenta (principalmente lingerie), regulamentações de dieta (a principal namorada de Corey só comia frutas), trabalho doméstico obrigatório e o quesito vago e sinistro de que "os anjos devem ser treináveis e dóceis".

Um modo de vida com um ou mais itens citados no guia do Centro Nacional de Pesquisa de Tráfico Humano para facilitar o reconhecimento de vítimas de tráfico humano.

O resto do episódio mostrou o Corey sendo Corey. Em uma cena, ele criticou sua nova esposa por usar calça jeans ("Lingerie é sempre bom"). Em outra, ficou bravo porque ela falou a dois anjos que ambos deviam fazer faculdade ("Elas já estavam fazendo faculdade, e a faculdade se chama Corey's Angels"). Ele também criticou o corpo dela ("Se cortasse a carne, você teria um corpo que nunca sequer sonhou depois de ter filhos").

O pessoal do Twitter, previsivelmente, meteu o pau no episódio. Corey tuitou algumas vezes se defendendo, dizendo que os produtores do programa usaram truques de edição para fazê-lo parecer um cara mau. Mas Corey é um cara que vive com um bando de mulheres que assinaram contratos prometendo obedecer a ele na esperança de ficar famosas. Não existe editor na face da terra que possa usar esse material para fazer o Corey parecer legal.

Essa nova onda de escárnio público só podia ser explicada pela matéria de dois anos atrás que escrevi sobre as festas dele; logo, Corey decidiu publicar um comunicado à imprensa anunciado os cancelamentos.

O autor do comunicado à imprensa não está especificado, porém, como o texto se refere a Corey como "um dos atores e músicos favoritos do mundo" e alguém "adorado por todos", podemos assumir que ele estava envolvido de alguma maneira na sua feitura.

No comunicado, o escritor diz que Corey está eliminando a parte de festas da empresa Corey's Angels, pois minha cobertura de uma festa em 2013 prejudicou a marca e fez os eventos se tornarem "medíocres". Devo apontar que, dessa vez, a Corey's Angels é descrita como sendo "conhecida por criar um ambiente no qual as mulheres que passaram por abuso e tortura podem viver numa atmosfera livre de julgamento e críticas, se sentindo apreciadas e belas".

Leia o comunicado na íntegra abaixo:

Um dos atores e músicos favoritos do mundo tem sido vítima de negatividade da imprensa. Corey Feldman é adorado por todos por seus papéis icônicos em blockbusters, como Gremlins, Goonies e Conta Comigo, mas agora Feldman está declarando publicamente que se sente traído por um meio de comunicação.

Feldman recebeu exposição internacional por sua entidade de gerenciamento, desenvolvimento e produção 360º chamada "Corey's Angels". A empresa é conhecida por criar um ambiente no qual as mulheres que passaram por abuso e tortura podem viver numa atmosfera livre de julgamento e críticas, se sentindo apreciadas e belas.

Em 2011, a Corey's Angels passou a realizar eventos exclusivos na mansão de Feldman. Os ingressos se esgotavam quase que instantaneamente, e as festas estavam cheias de mulheres bonitas, clientes VIP e várias celebridades. Segundo uma declaração postada por Corey em seu site (CoreyFeldman.net) dois anos atrás, ele concordou em permitir que um membro da imprensa acessasse seu mundo muito particular, e "parece que eles estavam numa missão secreta para destruir o mundo que criei".

Os ataques brutais da mídia "fizeram o mundo especial que criei ser severamente prejudicado.
"Esses danos tornaram os eventos seguintes medíocres", e agora Feldman está eliminando essa porção de sua empresa. Apesar disso, Feldman está empolgado com os sucessos recentes da Corey's Angels, incluindo os picos de audiência de seu episódio no Celebrity Wife Swap, da ABC; a turnê nacional da banda Angel; a nova série de TV da Corey's Angels; e o lançamento do CD duplo Angelic 2 the Core.

Corey é conhecido por ser otimista e sempre fazer o possível para deixar uma nota positiva; e, por isso, ele quer que todo mundo se lembre de seus eventos assistindo a este vídeo do aniversário do astro. Para mais informações, contate Kerry Knight, do Nati Celebrity Services, pelo e-mail KerryKnightPT@gmail.com.

Adeus, festas do Corey. Foi divertido* enquanto durou.

*involuntariamente

Siga o Jamie Lee Curtis Taete no Twitter.

Tradução: Marina Schnoor

Tagged:
corey feldman
festa
Vice Blog
festa deprê