Noisey

Morre Pete Shelley, líder do Buzzcocks, aos 63 anos

Um dos precursores do punk inglês, o músico faleceu de um ataque cardíaco em sua casa na Estônia.
07 Dezembro 2018, 1:33pm
Pete Shelley
Foto via Flickr

Nessa quinta-feira (7), o vocalista e guitarrista da banda inglesa de punk rock Buzzcocks, Pete Shelley, foi encontrado morto em sua casa na Estônia. Segundo o irmão de Pete, que anunciou sua morte no Facebook, ele foi vítima de um ataque cardíaco. O músico tinha 63 anos.

Destes, mais de 40 foram de contribuição inestimável ao punk a partir de sua carreira solo e, principalmente, do Buzzcocks, formado por ele e Howard Devoto em 1976. Depois da saída de Devoto no ano seguinte, Shelley assumiu a liderança do que seria uma das mais influentes bandas da primeira onda do punk britânico, junto a nomes lendários como Sex Pistols e The Clash. Entre as maiores canções da banda, estão o grande hit "Ever Fallen In Love (With Someone You Shouldn't've)" e "Why Can't I Touch It".

Antes de gravar o que seria seu quarto álbum de estúdio, a banda acabou em 1981, mas se reuniu várias vezes desde então para lançar discos e fazer turnês. Enquanto isso, Pete embarcou numa carreira solo, que manteve o pé no punk mas experimentou também com música eletrônica e krautrock. Em 2014, o Buzzcocks lançou seu oitavo álbum de estúdio, The Way, e em 2016 fizeram uma turnê para comemorar os 40 anos do grupo; mesmo ano em que Shelley lançou seu último álbum solo, Cinema Music & Wallpaper Sounds.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.