Publicidade
filme

'1994': uma série documental na Netflix sobre os crimes que mudaram o México

25 anos após o assassinato do político Luis Donaldo Colosio, a história que mostra a crise de poder que marcou uma geração é contada.

por Equipe VICE
11 Abril 2019, 10:00am

Foto via Netflix.

Em 1994, Luis Donaldo Colosio, o candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI) à presidência do México, foi assassinado no bairro de Lomas Taurinas, em Tijuana. Sua morte e os eventos que se desencadearam a partir dela marcaram uma geração e fizeram de 1994 um ano chave ao revelar a crise de poder que mudou a história do México moderno. Já fazem 25 anos e você pode não lembrar disso ou nem tinha nascido, portanto, a Netflix estreia 1994, uma série documental produzida pela VICE Studios que aborda os eventos que abalaram o país e cujas consequências ainda estão muito vivas.

Raúl Salinas de Gortari. Foto por Hans-Maximo Musielik/Netflix.

O documentário busca evidenciar a complexidade e as irregularidades contidas nas diversas investigações judiciais dos crimes políticos mais graves cometidos dos últimos anos no México. Foram consultadas milhares de fontes — oficiais e não-oficiais — que deram origem ao material inédito que você verá ao longo dos episódios da série.

Subcomandante Galeano. Still de '1994' via Netflix.

Com acesso único às informações e testemunhos inéditos daqueles que definiram e continuarão definindo o destino do México, 1994 busca explicar a implacável luta pelo poder no país naquele período. Pela primeira vez, o ex-presidente do México, Carlos Salinas de Gortari, divide uma entrevista com o Subcomandante Galeano (antes Marcos) para falar sobre a insurreição do Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN); a promulgação do Tratado de Livre Comércio e o assassino de Luis Donaldo Colosio. A série também conta com depoimentos exclusivos de outros personagens chave nesta história como Raúl Salinas de Gortari, irmão de Carlos Salinas; Luis Donaldo Colosio Rojas, filho de Donaldo Colosio; Afonso Durazo, Othon Cortez e outros promotores que investigaram o assassinato do candidato à presidência.

1994 foi dirigida por Diego Enrique Osorno, ganhador do Prêmio Nacional de Periodismo do México e ganhador do Ariel na categoria de melhor documentário em 2018, e será lançada globalmente no dia 17 de maio na Netflix.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter , Instagram e YouTube .

Tagged:
mexico
NETFLIX
assassinatos
Política
documentários
1994
assassinato
EZLN
Luis Donaldo Colosio
VICE Studios