A Polícia Militar não deixou o MPL protestar