©2014 VICE Media LLC

    The VICE Channels

      O Que Realmente Aconteceu na Rússia Semana Passada?

      February 18, 2013

      Como você provavelmente já deve ter ouvido falar, porque todo mundo tem pelo menos uma amigo no Facebook que pira em conspirações, no final iminente do planeta e no colapso da sociedade, um meteoro explodiu acima da região de Tcheliabinsk na Rússia na sexta-feira. O incidente feriu mais de 900 pessoas, pelo menos duas seriamente.

      Desde então, a internet foi inundada por vídeos de painel de carro que mostravam o meteoro cruzando o céu antes de explodir, mandando uma onda de choque que estilhaçou janelas e derrubou pessoas no chão. Não se soube imediatamente o que tinha causado a explosão, com alguns especulando se aquilo tinha sido um OVNI, um teste de míssil que deu errado ou — segundo a galera mais equivocada — os Estados Unidos invadindo o país 25 anos depois.

      Outros viram o evento como uma oportunidade perfeita para fazer propaganda, como os produtores do Crysis 3, da empresa Crytek, que promoveu o jogo em cima da hashtag #RussianMeteor com o subtítulo “O Fim dos Tempos Chegou”. É assim mesmo que se acalma as massas em pânico, Crytek:

      Relatórios frenéticos começaram a chegar pela blogosfera russa, com vários blogueiros detalhando suas experiências quase aterrorizantes. Efrosine escreveu: “Meu marido, que estava no centro de Tcheliabinsk, disse que os gatos estão realmente se cagando de medo. Quando ele chegou em casa do trabalho, os gatos pularam em cima dele chorando”. Obrigado, Efrosine — bom saber que alguém está pensando nos gatinhos.

      O Alexander de Moscou escreveu para nós apontando o dedo para a Coreia do Norte: “Os militares tomaram a área do acidente. Agora a população tem que viver sob toque de recolher. A TV russa mente que a culpa é dos americanos. Meteoro? Você está brincando? Não pode ser, com certeza isso tem a ver com uma operação militar. Talvez seja a DPRK (Coreia do Norte) peidando seus mísseis defeituosos em cima da gente”.

      Conversei rapidamente com o Jamal, do grupo de rap russo Triagrutrika, que me disse: “Acordei com a minha esposa gritando 'É um milagre!'. Eu não tinha a menor ideia do que estava acontecendo, e ela disse 'Tudo estava claro, mais brilhante que o sol.' Não notei muito pânico nas ruas, as pessoas perceberam que todo mundo já estaria morto se aquilo fosse uma bomba.

      “Nunca vamos saber a verdade, o governo disse que era um meteoro e todo mundo acreditou. Nosso governador está dizendo que isso será melhor abordado em alguns dias, como se não fosse grande coisa. Mas os noticiários dizem que isso pode ser só o primeiro pedaço de um asteroide que vai passar extremamente perto da Terra esta noite. Francamente, ainda estou muito preocupado.”


      Imagem do suposto ponto de impacto próximo da cidade de Chebakul, na região de Chelyabinsk.

      É claro que a gente sempre pode contar com os líderes russos para dar uma explicação sensata e tranquilizadora para um evento, né? Vladimir Zhirinovsky, o líder do Partido Liberal Democrata da Rússia (LDPR), vice-presidente da Duma Federal e membro da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa disse: “Isso não foi o choque de um meteorito, foi o teste de uma nova arma dos norte-americanos. John Kerry (o secretário de Estado norte-americano, que não conseguiu falar com o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante a semana inteira) queria alertar Lavrov na segunda-feira, mas Lavrov estava viajando. Ele queria avisar que isso seria uma provocação e que poderia afetar a Rússia. "Lá [no espaço] nada nunca cai. Quando cai é pelas mãos das pessoas.” E você achando que um cara desses tinha que ser sensato.

      E o clero? O arcebispo de Tcheliabinsk, Igor Shestkov, chamou a explosão de uma visita de Deus: “É assim que o Senhor nos visita no dia da Candelária”.

      Fiquei em dúvida entre as teorias míssil/OVNI/a mão de Deus, então falei com Brendan Owens, um astrônomo do Observatório Real de Greenwich, na sexta-feita para ter uma ideia melhor do que aconteceu.

       

      VICE: Então, o que foi que explodiu no céu da Rússia na sexta? Um meteoro? Um asteroide? Um OVNI?
      Brendan Owens: Me parece que foi um grande meteoro. Quando temos um particularmente grande, nós os chamamos de bolas de fogo, o que é muito maior do que uma estrela cadente normal. Vai ser interessante quando as pessoas começaram a achar pedaços que sobreviveram à entrada na atmosfera, porque aí vamos poder saber se a composição dele era rochosa ou mais metálica, o que pode nos dizer mais sobre o objeto original que entrou na atmosfera.

      Como ninguém sabia que isso estava vindo? Achei que tinha gente observando o céu o tempo inteiro.
      É, foi uma coisa meio que aleatória. Infelizmente não dá para dar conta de tudo e, em se tratando de objetos menores, eles podem ser complicados de notar. Além de tudo, isso na verdade veio da direção do sol, então um astrônomo amador não teria como ver.

       


      Pule para 1:20 para ver a onda de choque.

      O que causou a explosão em pleno ar? Foi quando o meteoro quebrou a barreira do som?
      Isso ainda está sendo debatido. O objeto definitivamente estava viajando rápido o suficiente para quebrar a barreira do som, então haveria mesmo uma explosão sônica, mas algumas gravações mostram outra explosão, indicando que foi mais o objeto que explodiu. Algo similar aconteceu no Evento de Tungaska, em 1908. Um meteoro veio se chocando com a atmosfera, mas numa área muito menos povoada, explodiu acima do solo e derrubou árvores numa área de mais de 2 mil quilômetros quadrados.

      Então a onda de choque veio da explosão e foi isso que causou a maioria dos danos?
      Eu diria que boa parte dos danos estruturais — apesar de não ter visto muitas fotos — indicam que um objeto ou objetos se chocaram com os prédios, além da onda de choque.


      A fábrica Chelyabinsk Zinc, que sofreu danos por causa do meteoro.

      Bom, uma fábrica de zinco explodiu.
      É, eles ainda estão investigando se alguma coisa dentro do prédio causou a explosão, então não temos como saber isso ao certo. Mas dependendo da quantidade de fragmentos, isso seria o equivalente a halteres caindo do céu, o que obviamente causaria muito estrago.

      Vocês têm uma estimativa do tamanho provável desse meteoro em particular?
      O conselho científico russo estima cerca de 10 toneladas, mas o objeto original deveria pesar bem mais. Estão são 10 toneladas de meteoro viajando a 53.000 km/h.

      É um pensamento engraçado. E agora as pessoas estão dizendo que pode ter mais de onde veio esse.
      É improvável que haja outros. Parece ser uma coincidência cósmica — não há ligação física entre o asteroide (DA14) que passou o perto de nós na sexta de noite e o meteorito que se chocou com a Terra de manhã. Eles estão numa trajetória completamente diferente, então é mesmo só uma coincidência muito incrível. Outra coisa é que esse asteroide vem sendo rastreado pela NASA desde o ano passado, então sabemos que ele não vai atingir, digamos, nenhum satélite de comunicação ou qualquer coisa assim.

      O que aconteceria se o DA14 se chocasse com a Terra?
      Sabemos que o DA14 2012 é um asteroide rochoso de uns 50 metros de diâmetro. Então, dependendo das tensões em ação quando ele passasse pela atmosfera, ele poderia chegar ao chão grande o suficiente para causar uma grande devastação numa cidade. Mas ele não seria o final da civilização, os danos seriam relativamente localizados.

      Agradecimentos a Gleb Timofeev e Alina Khametova.

      Siga o Henry no Twitter: @Henry_Langston

      Mais episódios onde as pessoas acharam que o fim estava próximo:                         

      Analisando Cenários do Apocalipse

      Festa do Apocalipse

      Organizando Casamentos/Eventos Apocalípticos

       

       

      -

      Tópicos: Rússia, meteoro, meteorito, fim do mundo, Apocalipse, conspirações, Russos, astronomia

      Comentários