Ilustração com brasileiros diversos
Artigo 2º: 1. Todo ser humano tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, idioma, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. 2. Não será também feita nenhuma distinção fundada na condição política, jurídica ou internacional do país ou território a que pertença uma pessoa, quer se trate de um território independente, sob tutela, sem governo próprio, quer sujeito a qualquer outra limitação de soberania. Ilustração: Mello
arte

A Declaração Universal de Direitos Humanos ilustrada é linda

Artistas recifenses, parte do coletivo Mutirão, elaboraram uma edição ilustrada do documento que celebra 70 anos.

Na última segunda-feira (10), a chapa vencedora de Jair Bolsonaro (PSL) foi diplomada, o último passo para que possa tomar posse no dia 1º de janeiro. Por coincidência (ou "trágica ironia", como disse Fernando Haddad), também foi o dia em que a Declaração Universal dos Direitos Unidos, adotada e proclamada pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro 1948, completou 70 anos de existência. O documento foi aprovado imediatamente pelos Estados-membro da ONU, incluindo o Brasil, cuja Constituição Federal de 1988 é bastante norteada pela declaração.

Publicidade

Para celebrar as sete décadas do documento, o coletivo Mutirão, formado por ilustradores do Recife (PE), elaborou uma edição ilustrada do documento. Cada uma das 30 artes coloridas em formato de pôster representa um dos artigos que garantem nossos direitos de ir-e-vir, à vida, à liberdade e à igualdade. "Qualquer tentativa de sintetizar o conteúdo aqui compreendido em dois ou três parágrafos seria uma falha já anunciada", escreve o diretor geral, Celso Filho, no site do projeto. "As mensagens que realmente importam estão espalhadas por todas as páginas, em interpretações incríveis, feitas por diferentes vozes, traços e cores. Basta ler as figuras."

Você pode ver outras artes abaixo, e o resto do projeto está disponível no site.

1544549600624-declaracao-universal-dos-direitos-humano-5

Artigo 26º: 1. Todo ser humano tem direito à instrução. A instrução será gratuita, pelo menos nos graus elementares e fundamentais. A instrução elementar será obrigatória. A instrução técnico-profissional será acessível a todos, bem como a instrução superior, esta baseada no mérito. 2. A instrução será orientada no sentido do pleno desenvolvimento da personalidade humana e do fortalecimento do respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais. A instrução promoverá a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações e grupos raciais ou religiosos, e coadjuvará as atividades das Nações Unidas em prol da manutenção da paz. 3. Os pais têm prioridade de direito na escolha do gênero de instrução que será ministrada a seus filhos. Ilustração por Isabela Stampanoni

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter, Instagram e YouTube.