Tecnologia

Estas esculturas colossais de lixo eletrônico morrem cedo por uma boa causa

Com suas obras hiperrealistas de apenas um dia, o artista Benjamin Von Wong quer chamar atenção para a questão do refugo digital.

Todos os dias mais de 100.000 computadores vão pro lixo nos EUA, um número assombroso. No Brasil, a situação não é diferente: descartamos mais de 1,2 milhão de toneladas de eletrônicos. De acordo com relatório lançado em dezembro passado pela Universidade das Nações Unidas e Sindicato Internacional de Telecomunicações, essa categoria de lixo é o que mais cresce no mundo todo. A maior parte dele, como é de se imaginar, não é reciclado. É simplesmente descartado, desperdiçando bilhões de dólares em materiais que poderiam ser recuperados.

Publicidade

Para chamar atenção e conscientizar quanto a este problema em expansão, o artista Benjamin Von Wong decidiu criar esculturas a partir de eletrônicos descartados.

O material usado nas esculturas veio da Dell, que opera o maior programa global de reciclagem do mundo ao reciclar gratuitamente refugos eletrônicos em mais de 80 países. A empresa coleta componentes valiosos – como ouro e plástico – a partir destes aparelhos e os utiliza para fabricar mais eletrônicos.

Von Wong recebeu cerca de duas toneladas de lixo eletrônico para trabalhar, quantia média de lixo eletrônico gerado por um norte-americano ao longo da vida, de acordo com dados do relatório mencionado anteriormente.

As esculturas foram criadas em um armazém em Dallas, nos EUA, por voluntários ao longo de dez dias. As obras ficaram de pé apenas por um dia e então foram devolvidas à Dell para reciclagem.

Uma das três esculturas de lixo eletrônico. Crédito: Benjamin Von Wong

Clara Cloutier posando como ciborgue para uma das esculturas. Crédito: Benjamin Von Wong

Benjamin Von Wong conferindo sua matéria-prima. Crédito: Benjamin Von Wong

Benjamin Von Wong salta sobre uma de suas esculturas. Crédito: Benjamin Von Wong

Uma das três esculturas feitas de lixo eletrônico, composta quase que inteiramente de teclados. Crédito: Benjamin Von Wong

Para mas informações sobre o projeto e fotos das esculturas, visite o site de Von Wong.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal MOTHERBOARD .
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .