FYI.

This story is over 5 years old.

Diário de Ibiza do Solomun - Parte 1

"Em Ibiza existe uma regra: você não pode falar sobre os afters, mas uma coisa eu posso dizer, é quase tudo verdade."
12 June 2015, 4:00pm

Bem-vindo ao meu Diário de Ibiza, com o qual você ficará por dentro da minha vida na ilha durante minha residência no Solomun +1 neste verão na Pacha.

Toda semana, vou trazer uma visão de dentro da temporada inteira da vida em Ibiza. Depois, vou escolher meu convidado da ilha para te mostrar um pouquinho mais sobre o coração pulsante da nossa querida ilha — as pessoas. E, por último, vou escolher a faixa que, na minha opinião, tomou conta do lugar. Tem muita coisa rolando, e em se tratando de Ibiza, você costuma esquecer rápido. E é por isso que quis escrever um pouquinho sobre o assunto!

Uma foto aérea de Dalt Vila, onde as festas anuais do IMS estreiam a temporada de Ibiza.

Meu começo no verão de Ibiza deste ano foi ótimo: junto com a minha equipe de gestão jantamos com o Sven Väth e sua equipe Cocoon em um restaurante incrível na Marina Botafoch, chamado Il Giardinetto. Já que uma das garçonetes é uma alemã chamada Gabi, nós sempre nos referimos ao lugar como "Chez Gabi".

Depois do jantar, fomos juntos ao Dalt Villa, a parte antiga de Ibiza que é considerado Patimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, onde as festas do IMS sempre marcam o início da temporada por aqui. Toquei depois do Damian Lazarus e seu novo projeto ao vivo fantástico e antes do Sven. Como sempre, foi ótimo ver tantos rostos conhecidos da indústria e, é claro, vários amigos.

Fotos do Solomun + 1, na Pacha onde o Adriatique se apresentou no Diynamic na semana passada.

E a abertura da minha residência Solomun + 1 na Pacha no domingo seguinte foi impressionante. Não teria como descrevê-la. Para mim, foi como voltar para casa, e é por isso que quis muito que os caras do Adriatique fossem meus convidados para essa noite — eles são como uma família para mim.

Depois da Pacha fomos para uma casa de campo muito agradável em Es Cavalet para uma afterparty. A casa fica em cima de uma montanha e tem uma visão panorâmica incrível do oceano. Tomamos sucos, água de coco, comemos e, é claro, ouvimos música. O que mais aconteceu na afterparty? Em Ibiza existe uma regra: você não pode falar sobre os afters, mas uma coisa eu posso dizer, é quase tudo verdade, menos o que é mentira.


Apresentando Alex Goldbaum, oconvidado do Solomun

"O Alex parece ser uma das únicas pessoas nessa ilha que está sempre sóbria. Ele toma conta dos clientes e por isso costuma levar muitos deles para passear pela ilha e dar uma olhada nos imóveis, então é bom que ele esteja sóbrio mesmo. Ouvi dizer que ele se dá muito bem com as garotas. Acho que é compreensível. Ele é bem atraente, na minha opinião. Acho que ele tem várias coisas para contar — vamos ver se ele está de bom humor hoje".

De onde você é?
De uma região perto de Sotchi, na Rússia. Quando tinha 16 anos de idade, me mudei para a Alemanha com meus pais. Com 24, dirigi pela Europa em um ônibus hippie e acabei ficando em Ibiza.

Por que Ibiza?
Me senti em casa imediatamente.

Por que uma festa do Solomun?
Primeiro por causa da música e por vários amigos meus estarem lá, então é meio que um encontro familiar acima de tudo. E vários clientes meus amam a festa também.

O que você vai fazer depois que terminar essa entrevista?
Vou encontrar alguns clientes e espero que depois eu consiga ir para a praia nadar porque hoje está quente demais.

Alex e a Experiência da Festa com o Solomun:

"Depois da afterparty, nós estávamos relaxando juntos no terraço da casa. Do lado de fora, a música estava bombando e fazia muito calor na pista de dança, então a maioria das pessoas estava dançando e se escondendo embaixo de um toldo improvisado.

O Solomun obviamente precisava descansar um pouco depois de discotecar a noite toda, mas queria socializar, então foi meio que uma vibe família sem que nenhum dos dois precisasse falar nada para se entenderem. Depois desse intervalo, o vi com uma garrafa de vinho na pista, rindo com a galera. Para mim, foi um dos momentos mais intensos do after e tenho certeza de que não sou o único que achou isso.

Tenho outra memória incrível dele, de quando ele tocou numa festa privada no ano passado para o aniversário de um grande amigo. Foi uma das melhores festas que eu já fui. Eram mais ou menos 40 pessoas do lado de fora da casa e todo mundo estava dançando a noite inteira embaixo de um céu estrelado.

Eu poderia falar muita coisa da Pacha, mas sinceramente, não quero fazer isso. Porque a frase engraçadinha "O que acontece em Ibiza, fica no Facebook" obviamente não é verdade, por exemplo: na área VIP da Pacha não é permitido filmar, acredito que isso destruiria alguns casamentos depois da festa".


A"Faixa da Semana de Ibiza" do Solomun

"Nós não só ouvimos essa faixa nas festas como também anteontem à tarde numa balada na praia. E tenho que admitir: é uma faixa que funciona em qualquer lugar".

Semana que vem, Dubfire se junta ao Solomun na Pacha, e nós nos aprofundamos ainda mais nessa festa eterna que é a temporada de verão de Ibiza.

Solomun está no Facebook // Twitter // Instagram // SoundCloud

Tradução: Stefania Cannone