Publicidade
Este artigo tem mais de 5 anos.
cenas

Cinco séries para ver quando o calor aperta

O vosso cérebro também tem direito a entrar de férias.

Por Alexandra Mendes
08 Julho 2013, 10:30am

Por esta altura, só deves pensar em banhos frescos à beira de uma piscina. Nestas noites em que o mercúrio do termómetro já evaporou, aposto que andas a sonhar com um lago qualquer — o que me lembra que é uma boa semana para rever o

Lagoa Azul

. Se calhar, nunca como hoje uma praia nudista te pareceu tão boa opção. Eu percebo-te: este fim-de-semana andei a afogar-me na minha banheira, imersa em água gelada (ou semi-gelada — btw, alguém me consegue explicar por que é que a água sai quente? Não quero pagar mais gás do que o suposto). Adiante. De qualquer modo, entre as pausas refrescantes, precisei de refrescar o meu cérebro com coisas que não exigissem intelecto. Às vezes cansa ler Dostoievski ou Gogol numa base regular.

A silly season não diz apenas respeito ao cinema. Infelizmente. Já tenho saudades de ver as minhas séries favoritas, tipo o Modern Family ou a Good Wife. Ainda assim, tenho aqui algumas sugestões para refrescares o cérebro. Porque a vida não se faz só de Tarkovski ou Tati.


Adivinha: qual destes é a enfermeira boa?

THE GLADES
Isto é a versão do CSI passada numa zona tropical, mas com mais humor. Há a enfermeira boa, o polícia gozão, o médico legista latino e o adolescente em plena fase do armário. Se isto é bom? Não. Mas faz sentido para arrefecer o cérebro.


Pior foto de sempre.

RIZZOLI AND ISLES
A menina detective imatura e corajosa faz parelha com a médica rato-de-biblioteca. São a dupla invencível. Se tem assunto? Nop, nem por isso. Serve, apenas e somente, para te evadires da cidade quente durante 40 minutos.


Até arranjaram uma versão gira da Sarah Jessica Parker.

CARRIE DIARIES
Bem, esta não é nova. Aliás, até está “de férias”. Partindo do princípio que não a conheces, é uma boa forma de matares saudades da Carrie do Sexo e a Cidade. A Carrie Diaries é, supostamente, uma prequela à série mais feminina de sempre e mostra a vida da Bradshaw (claro) aos 16 anos. Até a vemos a experimentar, pela primeira vez, uns Manolo. Tão girly. Tão bom. <3



HOW TO LIVE WITH YOUR PARENTS (FOR THE REST OF YOUR LIFE)

Terrível. Péssima. Afoga a cabeça na água antes de veres isto. A miúda do Scrubs é uma mãe divorciada, burra todos os dias, e adivinha… voltou a viver com os pais. De rir, para não chorar.


Meninas, não está demasiado calor para estes trapinhos?

PRETTY LITTLE LIARS
Esta não contra, porque já aqui tinha falado dela. Mas agora, na quarta temporada (acabadinha de estrear), o mistério mantém-se. E ganhou todo um novo interesse, depois de uma das miúdas ter andado a pavonear-se de biquíni no Spring Breakers.


"Ei malta, matei a minha tia!"

TWISTED
Uma versão da Pretty Little Liars com um gajo giro. A cena é: em criança, aos 11 anos, o Danny matou a tia (assassino precoce, tão giro!). Depois de passar cinco anos na choldra, ele regressa à cidade onde tudo se passou. Ao que parece, há muita coisa por explicar. Nunca os segredos pareceram tão sensuais.

Deves ter ficado desiludida por não haver Game of Thrones nesta lista. Achei que seria desnecessário.