Publicidade
noisey meets

A música dos Whales a entrar na vida adulta

Depois de, em 2016, ganhar o Festival Termómetro e de passar por vários palcos importantes do País, a banda leiriense enfiou-se na sala de ensaios. Trabalhar, trabalhar e trabalhar. A adolescência ficou lá atrás. Bem-vindos ao futuro.

Por Sérgio Felizardo
01 Agosto 2017, 11:30am

Em 2016, os Whales foram Novos Talentos Fnac e venceram o Festival Termómetro, o mais antigo e prestigiado concurso de música em Portugal. Estrearam-se com o single "Big Pulse Waves", pela Omnichord Records e correram o País. Tocaram em salas e festivais como o Musicbox Lisboa, Maus Hábitos, NOS Alive e Indie Music Fest.

Depois, enfiaram-se na sala de ensaios. A trabalhar. Muito. À procura de um som que seja deles, a experimentarem, a tocarem afincadamente e com uma vontade inabalável, como confidenciam à VICE Portugal nesta entrevista, em mais um episódio da nossa série "Noisey Meets".

Recentemente, os Whales editaram um novo single, "How Long", onde juntam de forma sólida a electrónica ao rock cósmico de toada espacial. Tudo carregado de emoção. A banda de Leiria está a crescer, a descobrir-se, a apontar baterias para um futuro brilhante. Esse futuro começa agora.

Aproveitámos a presença da banda no espaço Second Home, em Lisboa, para uma actuação a convite da VICE Portugal e Monkey Shoulder e sentámo-nos com o Pedro Carvalho, o Vasco Silva e o Roberto Oliveira para conversar sobre as origens dos Whales, a música que os inspira, groupies, como é ser uma banda de Leiria e sobre a busca incessante pelo som que os define.


Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.

Tagged:
Features
Noisey
Portugal
rock
Electronica
Entrevista
música
bandas
Patrocinado
Documentário
Portugal Portugal
monkey shoulder
Omnichord Records
Leiria
Second Home Lisboa
músic portuguesa