Noticias

215 dias sem ela: Mangueira levará Marielle à Sapucaí

Escola de samba trará as histórias das Marias brasileiras. Mais de mil pessoas recebem placas da Rua Marielle Franco no Rio de Janeiro.
Manifestantes erguem placas com logradouros de Marielle Franco, no Rio. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Manifestantes erguem placas com logradouros de Marielle Franco, no Rio. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Com o enredo "História pra ninar gente grande", a Estação Primeira Mangueira contará as histórias das Marias brasileiras e uma delas será Marielle Franco, vereadora carioca assassinada em 14 de março, juntamente com o motorista Anderson Gomes.

Trecho do refrão conta que "chegou a vez de ouvir as Marias, Mahins, Marielles, Malês". O tema escolhido pela comunidade mangueirense trará em suas alegorias da escola em 2019 a história do país que a história não conta.

Publicidade

Vale lembrar que Marielle também será homenageada pela escola de samba carioca União do Parque Curicica em 2019. Com o enredo Eu vi Deus, ela é negra!, o desfile contará as histórias de mulheres negras do passado ao presente, incluindo a vereadora.

Mil placas à Marielle

No último domingo (14), na Cinelândia, no Rio de Janeiro, um encontro reuniu mais de mil pessoas. O ato organizado pela internet distribuiu mais de mil placas com o logradouro Marielle Franco. A ação foi uma resposta a atitude de dois recém-eleitos deputados estaduais do PSL, ligados ao candidato Jair Bolsonaro, (Rodrigo Amorim e Daniel Silveira) que publicaram nas redes sociais uma imagem de uma placa de rua destruída, que tinha um adesivo como Rua Marielle Franco.

O encontro aconteceu na mesma data em que o crime contra Marielle e Anderson marcou setes meses, que até o momento, não há respostas das autoridades sobre os executores e mandantes da execução. "É muito gratificante, é um dia de muita dor, de muita tristeza, mas vamos resistir. Cada dia que um público vem se manifestar em memória da minha filha, é saber que ela existe e que vai continuar existindo", contou à Rede EBC, Marinete Silva, mãe de Marielle Franco.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.