Noticias

Morre adolescente agredido por PMs em SP

Segundo familiares, Gabriel Paiva de 16 anos foi espancado por PMs com uma enxada. O caso está sendo investigado e os PMs acusados foram afastados.
2.5.17
Imagem: Reprodução/TV Globo.

A morte do adolescente Gabriel Paiva de 16 anos, na noite de quinta-feira (20), no Hospital Regional Sul, zona Sul de São Paulo, levanta suspeitas sobre ação truculenta da Polícia Militar.

Gabriel estava na UTI gravemente ferido, após ter sido espancado por PMs com um cabo de enxada na tarde de domingo (16). A informação é dos familiares do jovem. A morte de Paiva, diz laudo, foi ocasionada por um parada cardíaca. Relatos da família dão conta de que o adolescente foi espancado por militares do 22º Batalhão da Polícia Militar na Cidade Ademar, periferia da zona Sul da capital.

Segundo o portal G1, o caso foi registrado pelos policiais dois dias depois, como ocorrência de prestação de socorro a um acidente que Gabriel teria sofrido. Os policiais envolvidos no caso estão afastados, segundo nota da Secretaria de Segurança de São Paulo (SSP) ao portal G1.

O caso está sendo investigado pela Ouvidoria e Corregedoria da PM, Polícia Civil e Comissão da Criança e do Adolescente do CONDEPE (Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo).

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.