Games

É assim que 'Super Mario' roda a 380.000 quadros por segundo

É tão lento que você vê as linhas da TV criando a imagem.

A tecnologia que possibilita a existência de nossas tevês é um milagre por si só. Diferentes tipos de luz atravessam pixels constituídos de verde, vermelho e azul para criar incríveis imagens em movimento.

Esse movimento é uma ilusão criada pela televisão ao gerar quadros dezenas de vezes por segundo (ou mesmo centenas caso use um monitor de ponta). Aí cabe a pergunta: e se pudéssemos ver uma partida de Super Mario Bros. em, digamos, 380.000 quadros por segundo num televisor antigo?

Publicidade

Os YouTubers The Slow Mo Guys foram lá e fizeram isso. O canal de Gavin Free e Dan Gruchy’s no YouTube é especializado em usar uma câmera caríssima pra deixar tudo muito mais lento. (As legendas em português podem ser acessadas ali embaixo.)

Seu último vídeo trata da tecnologia por trás dos televisores e oferece uma excelente explicação por trás do passatempo favorito da garotada. Em seguida, ele usam suas câmeras perante uma antiga TV de tubo com o Super Mario Bros. original e é aí que a magia acontece.

Televisores mais antigos geram uma imagem ao desenhar um quadro inteiro de cima a baixo em velocidades imperceptíveis ao olho humano, mas bastante visíveis às câmeras de Free e Grunchy: mal podemos entender onde está o Mario a 380.000 quadros por segundo, mas é impressionante ver raios de luz ao longo de uma tela em câmera em lenta, construindo, aos poucos, o Reino do Cogumelo que todos conhecemos e amamos.

É realmente de se admirar ver como tudo funciona em câmera lenta – cabe comentar que as TVs antigas criam o bigode do Mario em menos que um 1/380.000º de segundo.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal MOTHERBOARD .
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .