Noticias

Boletim Matutino da VICE

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.
Reprodução / Facebook Lula

Brasil

Por 6 votos a 5, STF decide contra habeas corpus preventivo de Lula

Com o voto de Minerva da presidente do Supremo Carmen Lúcia e sob pressão do comando do Exército, o STF decidiu na madrugada desta quinta-feira (5), por 6 votos a 5, negar o pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula, condenado a mais de 12 anos de prisão em segunda instância pelo chamado caso do tríplex do Guarujá. Agora a prisão de Lula depende do Tribunal Federal da 4ª Região. Segundo o ex-presidente do STF e advogado de Lula no caso, Sepúlveda Pertence, com a decisão “enterrou-se uma garantia fundamental”. – UOL

Publicidade

Incêndio em penitenciária no interior do RS deixa ao menos cinco mortos

Um incêndio na Penitenciária Estadual de Rio Grande, no interior do Rio Grande do Sul, na madrugada desta quinta-feira (5) deixou pelo menos cinco mortos. O fogo começou por volta das 3h30 no anexo onde ficam apenados do regime semiaberto. As causas ainda são apuradas. Todos os mortos seriam detentos. Entre os feridos está um agente penitenciário, que foi socorrido e levado a um hospital com outros nove presos para atendimento. – G1

Um ano depois, acusados de linchar e matar travesti Dandara vão a julgamento

Um ano e 49 dias após o assassinato da travesti cearense Dandara dos Santos, de 42 anos, cinco dos 12 envolvidos na execução vão a julgamento nesta quinta-feira. Os réus serão julgados por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima), além de corrupção de menores. Dandara foi espancada em plena rua, em Fortaleza, no dia 15 de fevereiro de 2017. Em seguida, foi morta a tiros. O assassinato chocou o mundo quando o vídeo de sua execução viralizou nas redes sociais 18 dias após a sua morte. As imagens mostravam a travesti ensanguentada no chão, recebendo pauladas, chutes e sendo xingada por pelo menos quatro homens. – BBC

Casal de pastores é preso em SC durante culto após condenação por estupro de 5 filhos

Um casal de pastores de Foz do Iguaçu (PR) foi preso no fim de um culto religioso pela Polícia Civil de Chapecó (SC) na noite de terça-feira (3). O marido de 41 anos e a mulher de 40 foram condenados em 2015 em Foz do Iguaçu pelo estupro de seus cinco filhos. Eles estavam foragidos. "O pai despia as crianças em uma espécie de ritual e abusava de três filhos e duas filhas. A mãe era conivente com os abusos e foi condenada por omissão”, detalhou o delegado Elder Arruda Chaves da Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Chapecó. – CGN

Publicidade

Homem é preso com mais de 80 mil arquivos de pornografia infantil no Recife

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante com cerca de 80 mil arquivos de pornografia infantil nos dispositivos eletrônicos utilizados em seu quarto, num edifício no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife. Divulgada nesta quarta-feira (4), a prisão ocorreu no dia 27 de março. Durante o depoimento prestado à Polícia Civil, o homem alegou sofrer de depressão. Ao todo, foram apreendidos dois computadores, três HDs externos, dois pen-drives e um aparelho celular com os arquivos ilícitos, adquiridos através da “deep web”. – G1

Polícia fecha ‘Casa da Moeda falsa’ em São Paulo

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo fecharam uma fábrica de moedas falsas em Cidade Tiradentes, no extremo da zona leste da capital paulista. A ação, realizada na tarde desta terça (3), prendeu dois suspeitos em um imóvel da rua Andorinha, onde funcionava a produção clandestina. Luciano Dias Ferreira e Francieudo Batista Souza foram autuados pelo crime de falsificação de moedas. Segundo as investigações, a fábrica produzia moedas de R$ 0.50 e R$ 1 e contava com equipamentos sofisticados para beneficiar metais. Em uma investigação que visava localizar um depósito de armas na região, os policiais acabaram descobrindo a larga produção de moedas falsas. – Folha de S. Paulo

Jovem do DF é agredida por advogado ao vender revista criticando religiões

Publicidade

Uma designer de 23 anos procurou a Delegacia da Mulher, em Brasília, para denunciar um advogado por agressão. Um vídeo publicado na página da artista na internet mostra o momento em que o homem empurra um grupo de pessoas, aos gritos, até ser contido por uma mulher e retirado do local. A designer disse que, além de agredi-la, Leonardo Gomes Pereira rasgou três exemplares de uma revista que custavam entre R$ 20 e R$ 10. A designer explicou que decidiu denunciar o advogado mesmo após a mãe dele ter se oferecido para arcar com o prejuízo. – G1

Mundo

Facebook diz que dados de 87 milhões de usuários foram vazados para Cambridge Analytica

O diretor de tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, informou nesta terça-feira (5) que, dos 87 milhões de perfis violados de forma imprópria com a consultoria Cambridge Analytica, 443.117 são de usuários brasileiros. O país está entre as dez nações em que a rede social reconhece que houve brechas devido ao programa. A maioria está nos EUA (70.632.350), seguido por Filipinas (1.175.870), Indonésia (1.096.696) e Reino Unido (1.079.031). – Folha de S. Paulo

E mais

Grindr compartilhou status de HIV de usuários com outras empresas

O aplicativo de relacionamentos gay Grindr compartilhou dados de usuários, inclusive os status de HIV, com outras empresas. A denúncia foi originalmente feita pela ONG norueguesa SINTEF e publicada pelo site Axios. A informação sobre HIV era enviada pelo Grindr junto com dados de GPS, telefone e e-mail do usuário, para duas companhias contratadas para monitorar como o programa é usado e desenvolver formas de aprimorá-lo. O Grindr confirmou que, de fato, compartilhava estes dados com as empresas Apptimize e Localytics e defendeu que essa é uma prática comum na indústria de aplicativos para lançar novas funcionalidades e resolver problemas. – BBC