VICE Sports

O emocionante arquivo do fotógrafo japonês dos Mundiais de futebol

Masahide Tomikoshi esteve em todos os Campeonatos do Mundo de Futebol entre 1974 e 2010 e em todos os torneios continentais de clubes que aconteceram no Japão entre 1981 e 2016. Agora, abre o baú em nome da memória do futebol.

Por Bruno Romani
13 Novembro 2018, 12:05pm

Marcação de livre de Raí, do São Paulo, na final do Mundial de Clubes contra o Barcelona em 1992. Todas as fotos por Masahide Tomikoshi.

Este artigo foi originalmente publicado na VICE Brasil e parcialmente adaptado ao português europeu.

Desde Abril último, há um perfil no Instagram que tem vindo a deixar fãs de futebol de todo o Mundo alucinados, com fotos belíssimas e inéditas de Mundiais e de Mundiais de Clubes. Todos os grandes nomes do futebol dos últimos 45 anos estão lá: de Pelé a Maradona, passando por Cruyff, Eusébio, Messi e Edcarlos.

O herói sem capa e dono do perfil é Masahide Tomikoshi, fotógrafo japonês de 71 anos. Super veterano da cobertura desportiva, esteve em todas os Campeonatos do Mundo entre 1974 e 2010 e em todos os Mundiais de Clubes que aconteceram no Japão entre 1981 e 2016 (ou seja: nada do Mundial de 2000 do Corinthians, ou dos vexames de Inter e Atlético-MG, em 2010 e 2013).

Num inglês meio complicado, tentámos trocar algumas ideias com o homem. E, de uma forma bastante simples, ele disse que resolveu libertar esras fotos no Instagram como uma forma de agradecimento ao futebol e a adeptos de todo o Mundo.

1542053696554-42080518_466623997165881_1693592850878742944_n
Zico com a camisola do Flamengo, na vitória de 3 a 0 sobre o Liverpool.

"Desde 1971 que vou à Europa e à América do Sul para cobrir futebol e conheci muitos adeptos amáveis. Estou feliz que eles estejam a gostar das fotos", explica.

Tomikoshi começou como fotógrafo em 1967, aos 19 anos, ao registar a participação de uma amiga numa competição de salto em altura - como forma de pagamento recebeu um anel. Depois de ver o Mundial de 1970 pela televisão, ficou fã de nomes como Pelé, Rivelino, Beckenbauer e Banks e decidiu que tinha de fotografar o mais popular dos desportos.

1542053722458-37665245_1946963405595102_75880007557185536_n
Pelé a treinar pelo Santos, em 1973.

Em pouco tempo, já estava a trabalhar como freelancer para revistas japonesas. As fotos que fez de Cruyff, com aquela pinta de líder de banda indie, no Barcelona, são maravilhosas (sim, o craque holandês nunca disputou um Mundial de Clubes pelo clube catalão, mas as fotos de Tomikoshi não se limitam a essa competição).

Maradona jovem, saudável e "pré-pó" pelo Boca numa excursão pelo Japão e Pelé a um pé da reforma do Santos em digressão por Inglaterra são alguns dos destaques. Há ainda espaço para os Ronaldos, Platini, Zico... "De todos os grandes nomes, faltou o Di Stefano. E o meu grande ídolo é o George Best", diz.

MUNDIAL DE CLUBES, A PAIXÃO BRASILEIRA

Para os brasileiros, o ponto alto do Insta são as fotos das equipas nacionais nos Mundiais de clubes. O Flamengo de Zico, por exemplo, ganha finalmente cores vívidas, já que os vídeos daquela coça ao Liverpool são bastante desbotados.

Ele já postou também dois dos três títulos do São Paulo e os vices de Palmeiras (99) e Santos (11). Faltam ainda os títulos de Corinthians (12), Inter (06) e Grêmio (83), e os vices de Vasco (98), Cruzeiro (97) e Grêmio (95). Tomikoshi diz que postará tudo em breve - e mais jogos de Mundiais.

1542053937963-41677615_264220050962716_8212792564768110859_n
Hugo Sotil com a camisola do Barcelona, contra o Ajax, em 1975.

Tentámos fazer-lhe uma provocação, perguntando-lhe o que achava da validade da Taça Intercontinental enquanto fenómeno mundial, mas ele esquivou-se. De qualquer maneira, o impacto da competição parece claro. Entre os clubes dos quais ele diz "gostar" (na realidade, disse que não torce por ninguém) está o São Paulo, que deixou boa impressão no Japão. Os outros clubes que ele curte são Boca Juniors, o Real Madrid, o Manchester United e o Urawa Reds.

1542053762653-43187927_256318451733866_2814776988162113409_n
Maradona com camisa do Boca em 1982.

E quem pensa que Tomikoshi é só um gajo reformado a viver um pico de nostalgia, não podia estar mais errado. Ele continua a cobrir a J-League. Em toda esta cena, tem apenas uma pequena reclamação: "A FIFA reserva um lugar muito pequeno para nós trabalharmos". Mas, se ele fez tudo isto com pouco espaço, imagina se pudesse trabalhar mais à vontade...

Abaixo podes ver mais fotos (e alguns posts de Instagram) deste precioso arquivo.

1542054640988-41468635_2123142507935926_7211424220776594818_n
Masahide Tomikoshi em Buenos Aires, na Argentina, em 1977.
1542054191366-42970929_246823956187116_1463245737082025210_n
O francês Michel Platini, da Juventus, divide uma bola num jogo contra o Argentinos Juniors, em 1985.
1542054175056-43913650_583817555399177_7281051498237806134_n-1
Equipa do Vélez Sarsfield, depois de vencer o Milan no Mundial de Clubes de 1994.
1542054325632-43018284_2529182607107068_9129055136736164179_n
Figueroa, do Chile, e Müller, da Alemanha, enfrentam-se em jogo do Mundial de 1974.
1542054268019-43146221_253195948676317_7726252437707779669_n
Raí em jogo do São Paulo contra o Barcelona, em 1992.
1542054525567-43986219_324456175002949_1312075749069500418_n
Jogo na neve entre o Futebol Clube do Porto e Peñarol, em 1987.
1542054485320-37970501_567601140303702_5739225383006371840_n
Zico e Maradona, em jogo de Brasil e Argentina no Maracanã, em 1979.
1542054375186-44752222_1848084015289105_3056364534878715768_n
Equipa do Barcelona em 1975 posa para foto antes de enfrentar o Real Madrid.
1542054917053-37881286_226940221490907_3642007244804980736_n-1
Rivelino contra a Itália em 1971.
1542054859480-39803819_259201231381024_7343191940727937212_n
Ronaldo no Mundial de 1994, aos 17 anos.
1542054777654-40295075_896091580601433_8170901523430965841_n
Valderrama no Mundial de 1990.
1542054719730-39881765_319625328587321_3175558213285721883_n
O guarda-redes colombiano Higuita, no Mundial de 1990.
1542055090053-36113602_1750632091671191_1366788258649866240_n
Ronaldinho a dar uma entrevista em 2006, com a camisola do Barcelona.
1542054992044-37906938_271361736781998_4473665221440831488_n
Cena do clássico entre Milan e Fiorentina, em 1971.
1542055231349-36568307_250579888873838_1001185008733388800_n
Didier Deschamps e Zvonimir Boban, na semi-final do Mundial de 1998.
1542055150815-37408744_423863874784757_7651428570752876544_n
Günter Netzer, do Borussia Mönchengladbach, em jogo contra o Hamburgo SV em 1971.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.