Publicidade

XXXTentacion é declarado morto, segundo TMZ

O rapper foi baleado no sul da Florida nessa segunda (18).

por Amanda Cavalcanti
18 Junho 2018, 8:45pm

Segundo o TMZ, o rapper de 20 anos XXXTentacion foi morto após ser baleado nessa segunda-feira (18) em Miami durante a tarde. Um vídeo de XXX após ser baleado, ainda dentro de seu carro, foi publicado no Twitter. As imagens são fortes.

O áudio de chamada da ambulância conseguido pelo TMZ informa que XXX foi levado ao hospital em coma. Testemunhas disseram aos policiais no local que uma bolsa da Louis Vuitton foi roubada do veículo do artista.

Rappers e amigos de XXX fizeram homenagens ao artista nas redes.

XXXTentacion se tornou conhecido em janeiro de 2017, quando seu single "Look At Me!", que havia sido lançado originalmente em dezembro de 2015, começou a subir nas paradas da Billboard após o rapper ser preso por uma acusação de violência doméstica. Desde então, XXX se envolveu numa longa batalha legal e numa carreira de sucesso estrondoso e breve.

Enquanto era preso e consecutivamente solto diversas vezes pela agressão à sua ex-namorada, além de ter a mantido em cárcere privado, adulterar provas e assediar a testemunha, XXX se tornava um dos rappers mais populares daquele ano. Após ser escolhido como um dos freshmen da XXL, revista norte-americana que seleciona uma vez ao ano dez novos nomes do hip hop para representarem uma nova geração do gênero, seu disco de estreia, 17, lançado em agosto de 2017, chegou a ficar em segundo lugar na Billboard e foi elogiado por Kendrick Lamar e J. Cole. O segundo álbum, ?, estreou em primeiro.

O rapper se envolveu em algumas polêmicas durante esse curto período. Além de ter acusado Drake de ter roubado seu flow em "Look At Me!" na música "KMT", XXXTentacion foi agredido fisicamente pelo MC Rob $tone, com quem sustentava uma rixa. Em 10 de maio de 2018, o Spotify tirou as músicas de XXX – junto com a de outros artistas acusados de crimes graves, como R. Kelly – das playlists curadas por eles, mas voltaram atrás na decisão depois de protestos de nomes como Kendrick Lamar (que ameaçou tirar seu próprio catálogo da plataforma) e Punch, dono da gravadora Top Dawg Entertainment.

Leia mais no Noisey , o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter, Instagram e YouTube .

Tagged:
Noisey
Miami
TMZ
xxxtentacion